A Garota do Calendário | Abril - Audrey Carlan

15 novembro, 2016



Mia Saunders precisa de dinheiro. Muito dinheiro. Ela tem um ano para pagar o agiota que está ameaçando a vida de seu pai por causa de uma dívida de jogo. Um milhão de dólares, para ser mais exato. A missão de Mia é simples: trabalhar como acompanhante de luxo na empresa de sua tia e pagar mensalmente a dívida. Um mês em uma nova cidade com um homem rico, com quem ela não precisa transar se não quiser? Dinheiro fácil. Parte do plano é manter o seu coração selado e os olhos na recompensa. Ao menos era assim que deveria ser... O cliente de abril é o astro do beisebol Mason Murphy, de Boston, que precisa de Mia a seu lado para melhorar sua imagem com os patrocinadores. Mason não está acostumado a ouvir “não” de mulher alguma, e Mia vai representar o desafio supremo para ele.




Chegou a vez do quarto cliente de Mia Saunders.
Depois de um ex-namorado machucar seu pai e ameaçar toda a sua família por causa de uma dívida de jogo, Mia conseguiu um prazo maior para pagar a dívida em nome do pai, agora ela tem um ano para juntar um milhão de dólares, o que levou a conseguir um emprego que não havia imaginado ainda: como acompanhante de luxo.
Isso, acompanhante. Ela não é uma garota de programa (oficialmente), mas se houver envolvimento sexual com o cliente ela recebe a mais por isso... Ou seja, um modo de conseguir juntar ainda mais dinheiro para quitar logo essa dívida.
Seu quarto cliente é Mason Murphy, um jogador de beisebol em Boston, que está na mídia no momento e precisa melhorar sua imagem com os patrocinadores, trocar o clichê de jogador festeiro e mulherengo, por um homem de uma mulher só, sério e comprometido. 
Apesar de ser estonteantemente belo, Mason é jovem e imaturo, e seus colegas de time não são muito melhores, ou seja, vive cercado de más influências, o que salva a situação é Rachel, sua relações públicas, cuja função é passar vinte e quatro horas por dia salvando Mason das escolhas ruins que faz.
"Esse cara ia ser um desafio. Ele era presunçoso, sexy pra caramba, irritante, sexy pra caramba, absolutamente grosseiro, sexy pra caramba e imaturo. Esqueci alguma coisa? Ah, sim. Sexy pra caramba."
A primeira vista Mason é insuportável! Mas conforme se relaciona melhor com Mia, ela, junto com Rachel, consegue além de melhorar a imagem de Mason, descobrir mais sobre sua personalidade e sobre os sentimentos que ele guarda escondido.
Infelizmente os pontos "infelizes" da história continuam sempre presentes, a começar pelo cliente maravilhoso. Fala sério, qual a chance de ser contratada para ser acompanhante de um grande diretor de cinemas, depois um artista, depois um empresário e agora um jogador de beisebol, todos com corpos malhados e deliciosos, sem mencionar o sex appel.
O envolvimento de Mia e Mason é diferente nesse livro do que costuma ser com os outros clientes, exceto com Anthony por razões óbvias; nesse livro o que "limita" a interação sexual dele é a presença de uma terceira pessoa, por quem Mason nutre reais e intensos sentimentos, e que acaba por transformar a missão de Mia sobre "melhorar a imagem de Mason" em "fazer dar certo entre Mason e certo alguém".
Apesar de manter um clichê nas características dos personagens, entre Mason todo bonito e famoso, e a mulher da sua vida ser normal e sem graça, mudar um pouco o foco do trabalho de Mia para realmente ser acompanhante dá um brilho diferente à história, e muito positivo.
Para manter o enlace entre os livros da série, nesse livro temos um breve retorno de um antigo cliente que ainda mexe muito com Mia - que cria uma expectativa sobre "será ele o seu grande amor?" (o auge da romantização dessa história, mas, ainda assim, um bom toque à história!).

Mesmo apontando os defeitos que permeiam essa série, como a romantização da prostituição e os clichês de clientes maravilhosos, continuo a leitura por dois motivos: os livros são curtos e rápidos (pouco mais de cem páginas!) e a curiosidade fala mais alto, preciso saber como vai acabar!

8 comentários:

  1. Apesar de não ser fã do gênero, gostei da trama e depois de saber que os livros são curtos fiquei mais animado, pois estes são perfeitos para ler em um único dia (chuvoso, de preferência).Beijos.

    ResponderExcluir
  2. Cheguei a achar esse mais interessante por ela exercer de verdade o papel de acompanhante. Se não fica só no sexo e mais sexo e tem uma outra história ali com o cliente deve ser legal pra quebrar um pouco o jeito dos outros livros. Estou achando que iria gostar mais desse.
    Ainda tenho que ver se arrumo esses livros para serem lidos...
    O legal é que são pequenos e deixa a gente curiosa mesmo pra saber onde isso tudo vai dar...

    ResponderExcluir
  3. Oi, Thays!
    Não li nenhum livro da série e confesso que não pretendo fazer, não faz meu estilo de leitura, não tenho curiosidade para ler sobre a vida da Mia, essa romantização da prostituição e os clichês de clientes maravilhosos não desperta minha simpatia, por isso prefiro não arrisca e passar longe dessa série...
    Abraços!

    ResponderExcluir
  4. Estou no final do mês de Agosto.
    Acho a série muito boa... pois, apesar de ser hot, carrega um enredo interessante... e foi por isso q comecei a ler. Sou apaixonada por muitos dos clientes dela. 😍😍😍

    ResponderExcluir
  5. Oi, Thays, nunca vi uma resenha dessa série com que eu concordasse tanto!
    Eu também acho isso tudo romantizado demais, irreal demais pra mim, além de ser absurdamente previsível. Eu realmente só leria se tivesse todos os livros à mão, pois não acho que vale tanto assim.

    ResponderExcluir
  6. Apesar de não gostar do gênero, abri uma exceção para essa série pois os livros são viciantes meu único medo é que os próximos volumes se tornem cansativos mas até agora tudo está muito bom. Beijos.

    ResponderExcluir
  7. Quanto mais leio suas resenhas, menos quero ler a série. Já tinha me feito esse questionamento, inclusive numa resenha, de qual a probabilidade de ela só conseguir clientes lindos e sarados. Um homem bem mais velho, careca ou barrigudinho, não precisa de acompanhante tbm?

    ResponderExcluir
  8. Thaís!
    Ando lendo muitas resenhas dessa série e talvez por ela estar em todo lugar, mesmo gostando do enredo e de livros com uma pitada hot, no momento não tenho vontade de lê-la, mesmo porque, me obriguei a só começar novas séries se tiver todos os exemplares na mão.
    Quem sabe amanhã compre o box com todos os livros a um precinho bom??kkkk
    “Só a mágoa deveria ser a instrutora dos sábios; Tristeza é saber.”(George Lord Byron)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    TOP Comentarista de NOVEMBRO com 3 livros + BRINDES e 3 ganhadores, participem!

    ResponderExcluir

Comentários e elogios são sempre bem-vindos. Críticas são construtivas, agora, insultos e xingamentos são falta de respeito.
Desde já, obrigada pra quem comenta.

© Coisas da Amanda Todos os direitos reservados.
Criado por: Amanda.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo