O Acordo (Amores Improváveis) - Elle Kennedy

26 outubro, 2016

Tocante, profundo, engraçado, sexy... ''O Acordo" é um romance que vai te encantar e surpreender a cada página.
Hannah Wells finalmente encontrou alguém que a interessasse. Mas, embora seja autoconfiante em vários outros aspectos da vida, carrega nas costas uma bagagem e tanto quando o assunto é sexo e sedução. Não vai ter jeito: ela vai ter que sair da zona de conforto Mesmo que isso signifique dar aulas particulares para o infantil, irritante e convencido capitão do time de hóquei, em troca de um encontro de mentirinha.
Tudo o que Garrett Graham quer é se formar para poder jogar hóquei profissional. Mas suas notas cada vez mais baixas estão ameaçando arruinar tudo aquilo pelo qual tanto se dedicou. Se ajudar uma garota linda e sarcástica a fazer ciúmes em outro cara puder garantir sua vaga no time, ele topa. Mas o que era apenas uma troca de favores entre dois opostos acaba se tornando uma amizade inesperada. Até que um beijo faz com que Hannah e Garret precisem repensar os termos de seu acordo.

Hannah Wells tem muitas características, mas popularidade no campus não está entre elas. Aluna do terceiro ano na Briar, Hannah busca uma carreira musical, por isso acaba se relacionando apenas com os alunos de matérias relacionadas a artes, o que, claro, não a impede de estar por dentro dos galãs do campus, muito menos impede seu estúpido coração de nutrir uma paixonite por Justin Kohl, um dos jogadores da universidade.
Certa de que ele nunca vai notar sua presença, Hannah segue sua vida acadêmica sem se abalar - e é justamente esse esforço acadêmico que atrai Garrett Graham para sua vida. Garrett é um dos ídolos do time de hóquei da faculdade, e preenche todos os requisitos clichês de como um aluno popular deve ser, exceto na inteligência. Contrariando a maioria dos paradigmas, Garrett realmente se esforça na faculdade e busca ter um diploma em história, assim vem conciliando os estudos e os esportes para ter sucesso em ambos. Até que uma matéria ameaça acabar com os seus dias de glória no gelo: se não tirar uma nota alta o suficiente para manter sua média equilibrada, Garrett será suspenso do esporte.
Como não pode deixar isso acontecer, Garrett busca um jeito de dar a volta por cima, e um papel com a resposta literalmente cai no seu caminho: o trabalho de Hannah, com uma bela nota estampada.
Agora só falta ele convencê-la a lhe dar aulas. A princípio não há nada que possa oferecer que faça Hannah mudar de ideia, até descobrir a paixonite dela por Justin.
Parece justo, ela o ajuda a conseguir notas melhores para continuar jogando enquanto ele a ajuda a melhorar sua imagem e sex appel para atrair a atração do galã da faculdade.
Mas para que dê certo, alguns limites têm de ser impostos... e quando cruzam essa barreira, o resultado pode fugir do controle.

O Acordo é o primeiro livro de uma série que conquista desde a primeira página.
Apesar do gênero new adult estar em alta, o que mantém as expectativas elevadas para cada obra, Elle Kennedy construiu um enredo impecável.
A primeira vista o casal parece clichê, Hannah é tímida, discreta, muito amorosa e incrivelmente talentosa, mas que busca se manter fora dos holofotes, enquanto que Garrett é o ídolo de todos no hóquei, filho de um grande jogador - ou seja, já nasceu sabendo patinar - além de ter uma aparência de um semi deus e conquistar quem quiser.
Mas não se resume a isso! Ambos têm muito mais conteúdo do que mostra no início, Hannah, por exemplo, carrega uma bagagem quando o assunto é sexo, experiências anteriores que a traumatizaram de uma forma que a faz pensar que nunca mais vai ser plenamente satisfeita nesse quesito - mas independentemente de como se deu a situação, ela jamais se vê ou se porta como vítima, ela não deixa que um evento a defina nem limite a sua vida, o que achei uma lição importantíssima! Quanto a Garrett, nem toda família perfeita é o que demonstra ser, pelo contrário, provavelmente quanto mais perfeita, pior, e a família Graham se inclui nessa categoria, mas apesar dos problemas familiares, ele busca seguir em frente e fazer acontecer por mérito próprio. Garrett não usa a carta de "meu pai é", ele se esforça para conseguir o que quer, além de ter uma personalidade completamente apaixonante. Divertido, sarcástico ao mesmo tempo, inteligente e muito muito muito sedutor, é o sonho de qualquer garota.

A partir do momento que Garrett e Hannah firmam um acordo, o ritmo da história fica ainda mais envolvente por contar com o entrosamento do casal principal com os personagens secundários - fundamental para manter a sincronia da série, já que os próximos livros (são quatro, no total) serão sobre os amigos de Garrett com quem ele divide uma casa.
Além dos amigos de Garrett, a autora explora todo o ambiente universitário (muito característico do new adult), desde o refeitório à sala de aula, e especialmente os dormitórios. Esqueça os filmes para adolescentes que se passam em universidades e despertam a paixão pelo ambiente, a riqueza de detalhes e todo o panorama universitário apresentado por Elle Kennedy é muito mais interessante!
Os livros new adult têm sido muito criticados pela quantidade excessiva de cenas sexuais, como se fosse o erótico dos adolescentes, mas com O Acordo a autora soube dosar na medida certa a sedução e o drama do enredo, para que nem um nem o outro pesasse demais.
A narrativa do livro acompanha tanto o ponto de vista de Garrett quanto de Hannah, o que torna possível ter conhecimento dos dois lados da história além de acrescentar mais detalhes e sentimentos a história, afinal sabemos o que cada um pensa.
Com uma capa bonita e uma escrita muito fluída, O Acordo me conquistou já no primeiro capítulo, desses livros que empolga para ler tudo de uma vez só e quando acaba deixa um gostinho de quero mais!

6 comentários:

  1. Eu ameeei esse livro! Eu amo NA, mas achei esse livro diferente dos outros que li. Amei toda a história, os personagens, a escrita da autora. Eu amei tudo <3
    E outra coisa que eu gostei muito é exatamente não ter esse excesso de cenas de sexo. Agora estou doida pra ler os próximos da série :)

    Beijos!

    ResponderExcluir
  2. Ando um pouco cansada desses tema batido: a nerd e o bad boy, ou o popular ou qualquer coisa. E a vida sofrida de um dos personagens, ou ambos, que têm sempre pais complicados ou com uma doença terminal. Eu gostei dos pontos ressaltados, por saber que não fazem o estilo coitadinhos ou abusam do direito de ser filho de uma pessoa poderosa. Querem conquistar por mérito próprio.

    ResponderExcluir
  3. Oi.
    Eu amei essa leitura, a mocinha é realmente é uma guerreira, a bagagem que ambos carregam é difícil, mas enfim esse livro é tão lindo e ensina uma linda lição de amor.
    Boa Tarde.

    ResponderExcluir
  4. Oi!
    faz um tempo que estou interessada nesse livro, gostei muito desse livro e principalmente desse casal que parece conquistar o leitor, fiquei curiosa para ver mais desse acordo e parece que a escrita da Elle Kennedy consegue trazer algo novo para essa historia !!

    ResponderExcluir
  5. Achei bem clichê quando vi pela primeira vez, mas depois conferindo resenhas comecei a pensar que iria gostar desse livro. Ele tem conteúdo mesmo, muitas coisas legais e situações que acho que dá pra ver acontecendo na vida real. É engraçado também. E não é só um romance bobinho. Parece ter uma escrita bem viciante, fácil e rápido de ler. Quero só ver se os próximos vão manter essa graça porque animei com a história e queria conferir a série.

    ResponderExcluir
  6. Apesar do cliche eu até estava achando o livro interessante, porém achei meio nadaver alguém de música e alguém de história fazerem a mesma cadeira. Quer dizer, tem optativas e eletivas e tal e ok, mas achei meio inesperado e eu achei meio fué. Não sei se eu leria, sinceramente.

    ResponderExcluir

Comentários e elogios são sempre bem-vindos. Críticas são construtivas, agora, insultos e xingamentos são falta de respeito.
Desde já, obrigada pra quem comenta.

© Coisas da Amanda Todos os direitos reservados.
Criado por: Amanda.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo