Em Chamas (Jogos Vorazes #02) - Suzanne Collins

11 outubro, 2016

Depois de ganhar os Jogos Vorazes, competição entre jovens transmitida ao vivo para todos os distritos de Panem, Katniss agora terá que enfrentar a represália da Capital e decidir que caminho tomar quando descobre que suas atitudes nos jogos incitaram rebeliões em alguns distritos. Os jogos completam 75 anos, momento de se realizar o terceiro Massacre Quaternário, uma edição da luta na arena com regras ainda mais duras que acontece a cada 25 anos. Katniss e Peeta, então, se veem diante de uma situação totalmente inesperada e, dessa vez, além de lutar por suas próprias vidas, terão que proteger seus amigos e familiares e, talvez, todo o povo de Panem.
Ambientado num futuro sombrio, a série é pioneira de uma tendência que vem ganhando força no mercado de best-sellers juvenis: a dos romances distópicos e pós-apocalípticos. As obras renderam à autora Suzanne Collins lugar na badalada lista de 100 personalidades mais influentes do ano da revista Time. Com narrativa ágil e ousada, os livros da trilogia foram traduzidos para 42 países e vêm atraindo leitores de diversas faixas etárias.
Inspirada pelo mito grego de Teseu e o Minotauro e bebendo nas melhores fontes da ficção científica, Suzanne Collins faz uma dura crítica à sociedade atual – ao sensacionalismo, ao desperdício e à violência – e prende a atenção do leitor da primeira à última página com um romance envolvente e perturbador.

A forma como Katniss Everdeen manipulou o Presidente Snow e todos os organizadores dos Jogos Vorazes nunca será esquecida, mas, pelo menos, com isso conseguiu salvar sua vida e a de Peeta, voltando os dois vitoriosos para o distrito doze. Só que o ato dela nos minutos finais dos jogos foi visto para muitos como o início de uma revolução, e o tordo que ela carrega consigo agora tem um novo significado, é o símbolo do poder de Katniss.
Rebeliões ocorreram em diversos distritos, levando o Capitólio a tomar medidas drásticas: toques de recolher e guardas para vigiá-los em todos os lugares são apenas algumas das consequências que essa revolução causou.
Como forma de ensinar uma lição a todos os distritos, uma mudança na 75ª Edição dos Jogos. É a hora de realizar o terceiro Massacre Quaternário, uma edição que acontece a cada 25 anos e promete mudanças nos jogos, para esta edição os vencedores das edições anteriores serão sorteados em cada distrito para voltarem a arena.
"Você subestima meu poder."
Sendo a única mulher a vencer pelo distrito doze, Katniss não tem escapatória a não ser retornar para a arena, agora numa luta com outros jogadores tão bons e fortes quanto ela.

Em continuidade a história que atraiu milhões de leitores pelo mundo, Suzanne Collins mantém a mesma fórmula do primeiro livro: a primeira parte do livro, A Fagulha, começa de forma morna, situando os personagens no retorno ao distrito doze; mas desde o início é tudo muito interessante, principalmente o contraste social tão claramente abordado, enquanto pessoas no distrito doze morrem de fome, Peeta e Katniss têm cada um a sua própria mansão na Vila dos Vencedores, que ainda que modesta se comparado aos excessos do Capitólio, poderia abrigar algumas famílias do distrito que estão desamparadas.
A farsa de amor vendida nos jogos continua, e Peeta e Katniss devem continuar posando para as câmeras como um casal apaixonado e vitorioso - mesmo que ela continue dividida entre Gale e Peeta, para as câmeras eles têm que ser um casal perfeito.
Não demora para a história ganhar o ritmo alucinado do primeiro livro, com uma tensão ainda maior já que todos que estão nos jogos não são mais principiantes.
Mas levá-la de volta para a arena não é o bastante, enquanto Katniss luta para sobreviver em campo, os distritos preparam ataques cada vez maiores, prontos para se unirem contra o Capitólio e acabar com o poder de Snow. E essas cenas são adrenalina pura!

Muito bem estruturado, a autora mantém refém todos os seus leitores, numa ânsia enorme pela continuidade da trama que, a cada página, se torna mais e mais empolgante, em um nível que é impossível largar antes do fim!

6 comentários:

  1. Eu gostei bastante desse livro, eu não lembro se gostei mais desse ou do primeiro. Mas eu lembro que tinha adorado toda a história, e quando li também não conseguia largar haha

    Beijos!

    ResponderExcluir
  2. Oi.
    Eu comecei a ler essa trilogia, mas confesso que quando percebe que teria um triângulo amoroso desistir na hora, justamente por que dessa enrolação para saber quem ela vai escolher e tudo mais, enfim adorei a resenha mas esse não é um livro para mim.
    Boa Tarde.

    ResponderExcluir
  3. Eu amo os filmes, mas não tenho coragem de encarar os livros... é sofrimento demais. Prefiro sofrer 2h com o filme e pronto. Tbm me incomoda narrativas em 1a pessoa.

    ResponderExcluir
  4. Nossa, lembro que quando li eu devorei o bendito. Coisa que nunca tinha feito. Mas é ler e ler e não conseguir parar MESMO, de tanta adrenalina e emoção que ele tem. Acho que é o melhor da série em termos de leitura, porque tem tanta coisa acontecendo ali que nem dá pra respirar entre uma cena e outra. Muito bom!

    ResponderExcluir
  5. Oi!
    Faz um tempo que li esse livro mas adorei essa historia, depois de jogos vorazes achei a autora não você consegue impor o mesmo ritmo a leitura mas ela conseguiu criar um livro ainda mais interessante, envolvente e cheio de momentos marcantes, gosto muito desse livro !!

    ResponderExcluir
  6. Oi! Fazem uns anos que eu li esse livro. Eu curti bastante, mas acho q não tanto como o primeiro e mais que o terceiro ahahhaha É uma boa distopia, mas apesar de ser a mais famosa não é a melhor que eu li

    ResponderExcluir

Comentários e elogios são sempre bem-vindos. Críticas são construtivas, agora, insultos e xingamentos são falta de respeito.
Desde já, obrigada pra quem comenta.

© Coisas da Amanda Todos os direitos reservados.
Criado por: Amanda.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo