Coração Perverso - Leisa Rayven

07 outubro, 2016

Elissa Holt tem uma regra quando se trata de relacionamentos: ela não namora atores. Sua bem-sucedida carreira de diretora de palco em Nova York a ensinou que eles não são confiáveis, e isso se comprova quando ela conhece Liam Quinn.

Eles tiveram um breve, porém intenso romance há seis anos, pouco tempo antes de Liam se mudar para Hollywood, fazer sucesso em grandes produções de cinema e quebrar o coração de Elissa ao começar a namorar Angel Bell, a atriz queridinha da América.

Agora o casal do momento está em Nova York para estrelar a peça A megera domada, de Shakespeare, da qual Elissa será, coincidentemente, a diretora de palco. Apesar de o cenário ser completamente diferente, tudo o que aconteceu entre eles – e o que poderia ter acontecido – vem à tona.

Mesmo Elissa sabendo que se entregar a Liam de novo poderia gerar uma tragédia, fica claro que o amor e o desejo nem sempre seguem o script...

Seis anos atrás Elissa Holt conheceu Liam Quinn, antes mesmo que ele começasse a atuar. Amor à primeira vista, desses com direito a choque elétrico, fagulhas e fogos de artifício. E quando o viu num palco pela primeira vez, Elissa se apaixonou ainda mais. Por um breve período, entre cenas e ensaios, eles viveram um intenso romance, até que cada um seguiu um caminho.
Elissa se formou na faculdade e tem sido um sucesso como diretora de palco. Liam Quinn fez seu nome em Hollywood e se tornou um dos maiores atores da atualidade. Em lados opostos do país, podiam esquecer da existência um do outro e tentar seguir em frente, Liam fez isso, tornando-se o noivo de Angel Bell, a nova queridinha da América, mas Elissa jamais o esqueceu.
E agora o destino os colocou no mesmo caminho novamente.
A fim de explorar o universo artístico além das câmeras de Hollywood, Liam e Angel acertaram um contrato para estrearem A Megera Domada, uma peça de Shakespeare, na Broadway, na qual a diretora de palco é ninguém menos que Elissa.
Como é tarde demais para mudar de ideia, Elissa se apega a sua regra número um de não namorar atores, somada à sua ética de jamais se relacionar com alguém no trabalho, além do mais não deve ser um problema dirigir Liam, afinal ele já seguiu em frente e a história entre eles é passado.
Mas basta estarem no mesmo lugar de novo para todos os fantasmas do passado voltarem a atormentá-los Cada dia pode ser um suplício pela situação em que se encontram, mas também pode ser a única chance de Elissa finalmente colocar "para fora" todos os sentimentos e a mágoa sufocada nesses seis anos.

"(...)Venha pra casa comigo. Se você não quer transar, tudo bem. Fale comigo. Me toque. Seja lá o que for que faça você se sentir á vontade. Só fique comigo. Por favor. Não temos muito tempo. E eu tenho um forte pressentimento de que ter parte de vcê será melhor do que ter tudo de outra pessoa."

Leisa Rayven partiu meu coração mais uma vez.
No enredo de Ethan e Cassie a história foi super intensa, mas Ethan era problemático, o tipo de bad boy por quem todo mundo se apaixona a primeira vista, mas quando o primeiro deslumbramento passa, é possível perceber quão cruel ele podia ser. Com Liam não tem isso. Ele é simplesmente um amor. Claro que Liam não é perfeito, ele tem sua quota de segredos misteriosos, mas as suas atitudes e o seu carisma o tornam um dos melhores homens do mundo. A mistura entre fragilidade pelo que já enfrentou no passado e os problemas que ainda o assombram, somado a um enredo bem delineado de forma a liberar um pouquinho de informação a cada vez, tornam essa leitura irresistível.

“[...] Na maior parte da minha carreira, não tive problema algum em seguir minhas próprias regras, mas existe uma coisa que consegue fazer todo o meu equilíbrio descer pelo ralo.
Bem, não exatamente uma coisa, mas uma pessoa.
Liam Quinn.” 

Um os romances mais forte e intenso que li nos últimos tempos, desses impossíveis de largar antes do fim! Sabia que a história seria boa, mas me surpreendeu a cada página com um enredo que mescla o passado e o futuro com maestria e muita sagacidade.

"[...] O amor é um canalha. Não se importa com os planos das pessoas. Nunca é conveniente. Sai de dentro de você nas horas mais ridículas e faz você senti-lo, gostando você disso ou não. Mesmo depois de um longo tempo em que você deveria ter aprendido a parar de amar alguém, o amor o mantém preso a ele. Não é?"

6 comentários:

  1. Acabei comprando os livros dessa série pra poder começar e de tanto ver falar bem, porque nem ia ler. Esse está sendo bem elogiado e parece mesmo ser desses livros que a gente nem consegue largar de tão bom. Espero que seja mesmo. O tipo desse está parecendo com histórias que gosto de ler, com fragilidade, sentimentos fortes e muito amor. Ansiosa pra começar essas leituras!

    ResponderExcluir
  2. Até agora só li o primeiro livro da série, e eu gostei muito dos personagens e da escrita da autora. Agora já estou doida pra ler esse livro. O Liam parece ser totalmente apaixonante. Gostei de saber que o romance é bem intenso e forte, com certeza já está na minha listinha e espero ler logo :)

    Beijos!

    ResponderExcluir
  3. Oi.
    Eu amei a resenha, quero muito ler o livro Meu romeu mais ainda não tive oportunidade, uma pena realmente, gostei da casal, mas a coisa toda do envolvimento deles é meio clichê, já vejo aquele senario pegando fogo kkkk, espero gostar.
    Boa Tarde.

    ResponderExcluir
  4. Li Meu Romeu, mas li com um pé atrás pq nunca curti a história de Romeu e Julieta. Acabei até gostando da história, mas mais pela autora quem tem uma narrativa legal e alfinetou o casal da história de Shakespeare o tempo todo na história dela. Mas não estou tão empolgada pelos próximos, não quero sofrer hahahahahaha

    ResponderExcluir
  5. Oi!
    Li os dois primeiro livro e quando soube que sairia um livro da Elissa fiquei bem curiosa para ler, pela resenha parece ser uma historia linda, e gostei muito de saber que o Liam não essa crueldade do Ethan que me irritou muito principalmente no segundo livro e esse livro está na minha lista de leitura !!

    ResponderExcluir
  6. Em geral eu não gosto de romances, acho que são todos a mesma coisa e tal, mas pelos trechos e pelo que você disse o livro é tão intenso que parece valer a pena ler

    ResponderExcluir

Comentários e elogios são sempre bem-vindos. Críticas são construtivas, agora, insultos e xingamentos são falta de respeito.
Desde já, obrigada pra quem comenta.

© Coisas da Amanda Todos os direitos reservados.
Criado por: Amanda.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo