Nós Para Sempre (Forever #03) - Sandi Lynn

29 julho, 2016


Realizando um sonho que ambos acreditavam ser impossível, Ellery e Connor agora são três: chegou Julia, que nasceu para ser a grande alegria dos pais. Quando tudo corre bem para a nova família – Connor está prestes a ampliar a Black Enterprises e Ellery é convidada a expor na inauguração de uma galeria em Chicago –, duas bombas explodem na sua vida: Ashlyn acusa Connor no tribunal de tê-la torturado psicologicamente e arruinado sua sanidade, ameaçando destruir a reputação dele para sempre. Furiosa, Ellery resolve ter uma “conversinha” com Ashlyn – naturalmente, sem contar nada a Connor. E quando ela começa a receber torpedos indecentes de um homem misterioso, é a vez de Connor ficar uma fera e tentar resolver o assunto “à sua maneira” – e o resultado é a crise mais grave que o casamento dos dois já enfrentou.



"Nós Para Sempre" é a história depois do felizes para sempre, aquela que os livros normalmente não contam, mas que os leitores sempre se perguntam, principalmente porque não importa quão apaixonado seja o casal, há mil e um fatores no mundo que levam a crises e podem abalar um relacionamento.

Com Ellery e Connor não é diferente.

Casados e felizes, eles vivenciam a alegria do nascimento da primeira filha - algo que não imaginavam que aconteceria tão fácil - e vivem dia após dia em seu castelinho. Até que uma bomba ameaça acabar com esse clima de amor: Ashlyn, alguém do passado de Connor, volta a atormentá-lo, dessa vez nos tribunais, alegando que ele arruinou sua sanidade. Como Ellery nunca conseguiu se conter, ela busca satisfações com as próprias mãos - e então o circo está formado de vez.

E quando mensagens indecentes chegam no seu celular - que Ellery inocentemente pensava serem de Connor - é que tudo pega fogo e os dois vivenciam uma crise sem precedentes.


Connor e Ellery continuam não sendo meu casal preferido dos livros, e com as crises de ciúmes dela e o machismo dele, cada vez me agradam menos, mas a perspectiva de um livro que trata da relação depois de todo aquele "love" inicial foi o que me levou a continuar a leitura da trilogia, e ainda que não tenha mudado minha opinião, a satisfação de ter lido tudo foi boa - deixando claro que conclui a leitura porque apesar de todos os pontos negativos, o livro é curto, se fosse uma história muito longa certamente não tinha passado da metade.

O enredo continuou um pouco fraco e batido, com cenas de ciúmes e uma louca tentando separá-los; o gênio forte de Ellery também continua assim como as babaquices de Connor, muitas vezes dá vontade de bater na cara dele.

Mas se aparentemente foi tão ruim, por que continuar a leitura? Porque nesses defeitos está a vida real. Tem muito homem babaca por aí e muita mulher engolindo sapo para salvar o relacionamento, essa "realidade" presente no livro foi o que me motivou para chegar até a última página. E as cenas família, que mesmo sendo puro açúcar e muita babação, fazem o coração de toda romântica palpitar.

E digo mais, o epílogo faz os três livros valerem a pena!

Uma trilogia bem diagramada, as capas são harmoniosas entre si e as lombadas se completam, que é um detalhe bem fofinho, a fonte do livro é de um tamanho muito bom e a leitura é bem rápida. Cheio de altos e baixos, encerrei a trilogia Forever com a sensação de dever cumprido.

- Passamos por muita coisa ao longo dos anos, mas triunfamos e vamos continuar a triunfar. Sabe porquê? - Peguntou ela.
- Por quê?
- Porque o infinito é para sempre, e é isso que o senhor é para mim, Sr. Black: o meu infinito.

4 comentários:

  1. Eu tbm gosto muito de saber o que acontece depois do "felizes para sempre". Casamento é feito de percalços e ninguém vive feliz para sempre sem ter de enfrentar um perrengue ou outro. Mas agora fiquei bem curiosa com esse epílogo que vale pela série inteira.

    ResponderExcluir
  2. Essa trilogia não me convenceu e acho que iria me irritar muito. Porque ela parece ser bem rasa em todos eles e tem umas coisas que não curti. A história também me pareceu repetitiva. Sei não, só lendo mesmo pra ter certeza, mas não acho que iria gostar de ler =/

    ResponderExcluir
  3. Gostei da ideia de apresentar o que acontece depois do famigerado "felizes para sempre", leria só por isso.

    ResponderExcluir
  4. Oiee!
    Gosto muito desses livros, e mesmo com uma coisa ou outra incomodando ainda assim recomendo a leitura.
    Acho Ellery uma mulher muito forte com tudo o que passou e Connor um fofo (apesar dos pesares), nunca a abandonou. Enfim... gosto do livro, não é um preferido de todos os tempos, mas no geral é bem legal.
    Bjokas!

    ResponderExcluir

Comentários e elogios são sempre bem-vindos. Críticas são construtivas, agora, insultos e xingamentos são falta de respeito.
Desde já, obrigada pra quem comenta.

© Coisas da Amanda Todos os direitos reservados.
Criado por: Amanda.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo