Absoluto (Trilogia da Lei #01) - M. S. Fayes

07 julho, 2016

Ela era um fenômeno, como estudante de direito.
Ele era o advogado mais temido do estado.
Prestes a se formar com honras, Kate se viu imersa no mundo do Direito civil, antes mesmo de estar com seu diploma em mãos. Conhecendo o trabalho do Dr. Gabe Szaloki, ela foi pega, inesperadamente, em uma onda avassaladora de atração, mas ainda assim relutou a se permitir viver esse tórrido romance. Porém, Gabe não era imbatível apenas nos tribunais. Ele queria Kate a qualquer custo e mostraria a ela porque ele sempre saía vitorioso em seus casos.
Em meio a casos jurídicos, os dois se enfrentam em um duelo de palavras, que serve apenas para acender a chama incandescente que Gabe sente por Kate. Kate se vê seduzida pouco a pouco pelo poderoso advogado, entregando seu coração de maneira despretensiosa.
Maquinações invejosas, um conflito e um mal entendido fazem com que os dois se afastem. E quando a verdade vem à tona, Gabe tem que provar que seu amor por Kate é simplesmente absoluto.

Kate Campbell é brilhante. Em busca de conquistas por mérito próprio ela se mudou para Boston para cursar direito em uma conceituada universidade (ainda que não fosse Harvard, como ela sonhara) e com o apoio de suas melhores amigas trilhou um brilhante caminho desde elaboração de artigos a trabalhos excelentes em sala de aula, antes mesmo de formada Kate já estava pronta para mergulhar no mundo da advocacia.
E isso de fato aconteceu.
Selecionada para um período de experiência em um grande escritório, Kate começa a trilhar seu caminho, inspirada pelas vitórias do Dr. Gabe Szaloki. Gabe é um advogado que apesar de muito jovem tem se mostrado imbatível nos tribunais, cheio de charme ele cativa a atenção de todos, e com seu raciocínio rápido e palavras ferozes tem destruído um oponente atrás do outro. Até enfrentar a própria Kate.
Em oportunidades anteriores eles já haviam cruzado o caminho um do outro, e a química fora instantânea, mas depois de se enfrentarem no tribunal, a excitação ganhou escalas ainda maiores e a partir foi impossível resistir. Encontros furtivos, jantares românticos, até mesmo feriado em família... aos poucos estabeleceram uma rotina sedutora e entregar o coração era inevitável. Mas Kate tem um caso mal resolvido de um passado não muito distante que promete colocar em risco esse romance.

Absoluto me conquistou já nas primeiras páginas com seus embates jurídicos e a atmosfera de faculdade e tribunal pela qual tenho um fraco.
É muito comum encontrar livros nos quais o casal principal ocupa lados opostos no trabalho, seja em empresas ou tribunais, mas na maioria isso é um mero detalhe, em Absoluto essa luta faz parte da essência do enredo, e com conhecimento de causa a autora explorou esse universo com afinco transformando cada batalha no tribunal em um show a parte.
Se no tribunal Kate e Gabe soltam faíscas, fora dali não é diferente. São intensos, apaixonados e apaixonantes. Kate conquista por sua vontade de vencer por seus próprios méritos, ela poderia muito bem ter continuado em sua cidade natal e ingressado nos negócios da família, mas com seus ideais foi para faculdade em Boston e trilhou seu caminho; já Gabe, além de ter trilhado seu próprio caminho de forma majestosa, conquista por seu jeito de cavalheiro e pelo amor a sua família e as tradições que eles mantém.
Um romance envolvente e intenso, com diálogos acalorados e uma pitada de bom humor tornam a leitura rápida e muito prazerosa, transformando o livro em mais que uma simples história clichê.

4 comentários:

  1. Apesar de já ter visto a capa deste livro e lido a sinopse, ainda não tinha lido uma resenha dele e gostei do que li, o livro tem uma capa linda e o romance parece ser intenso com toda essa rivalidade dentro dos tribunais. Vou adicionar nos livros que quero ler ;)

    ResponderExcluir
  2. Esse parece ser bem interessante, ainda mais se focar mais nessa parte jurídica dele. Aí faz leitura ter alguma coisa a que se agarrar, não só um romance ardente e tal. Gosto de livros com esse tema de justiça, é bom de ler aquelas partes de discussões acaloradas e coisas assim. E ele parece ter muito disso. Acho que leria e pode ser muito bom, penso que iria gostar também.

    ResponderExcluir
  3. Eu gosto muito dessa atmosfera de tribunais e afins, mas ela é rara nos romances que leio. Gosto de histórias assim, com personagens inteligentes, bons diálogos, sem mimimis. Além de tudo, ele é um homem de família ♥
    Amo essa capa!

    ResponderExcluir
  4. Achei bastante inusitada essa mistura de elementos eróticos e jurídicos. Não é um livro que eu compraria, mas leria se tivesse acesso.

    ResponderExcluir

Comentários e elogios são sempre bem-vindos. Críticas são construtivas, agora, insultos e xingamentos são falta de respeito.
Desde já, obrigada pra quem comenta.

© Coisas da Amanda Todos os direitos reservados.
Criado por: Amanda.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo