Amor de Cordel - Andrea Marques

21 junho, 2016

Aos 38 anos de idade, Carolina Borges achava que tinha a vida perfeita. Casada com Miguel, era feliz mesmo sem ter realizado o sonho da maternidade. No entanto, a convivência com o marido e seu bom desempenho profissional a deixavam satisfeita e segura. O destino lhe prega uma peça e, sem esperar, ela vê sua vida se modificar significativamente. Seu casamento chega ao fim, e sua carreira como terapeuta ocupacional, que sempre lhe proporcionou alegrias, passa a torturá-la. Isso acontece quando o jovem arquiteto Alexandre Bastos entra em seu consultório pela primeira vez, despertando em Carol sentimentos conflituosos que a farão repensar seus valores e a obrigarão a sair de sua zona de conforto para se arriscar em terrenos desconhecidos que poderão colocar em risco sua própria vida. Permeado por traições e intrigas, Amor de cordel é um romance contemporâneo que traz à tona assuntos do universo feminino, além de despertar a paixão até nas mulheres mais modernas e independentes.


Carolina Borges pode ser vista como uma mulher realizada, e se sente assim. Aos trinta e oito anos, ela é casada com Miguel há quatorze anos, e mesmo não tendo filhos (um sonho dela) os dois são felizes juntos; no âmbito profissional ela também não tem do que reclamar, atua como terapeuta ocupacional em uma clínica particular e em um hospital público.
Tudo estava muito bem até que um belo dia Miguel chega em casa e pede o divórcio. O motivo? Ele se apaixonou por outra mulher.
No início da separação tudo é muito difícil, boa parte de sua vida ela passou ao lado de Miguel e apesar de ser financeiramente independente, reaprender a viver sozinha requer algum esforço, mas passado o baque inicial, Carolina retoma sua vida. Para ajudar no processo ela faz uma lista de coisas de precisa fazer, dentre as quais um item relacionado ao amor - que ela logo risca por achar que isso não vai acontecer.
Aos poucos tudo volta ao normal, Carolina retoma as rédeas de sua vida com direito a um lugar novo para morar e acalma seus pensamentos focando a atenção nos pacientes. Até começar a atender Alexandre.
Onze anos mais jovem, Alexandre chega ao consultório de Carolina depois de uma fratura no punho e ele é exatamente o sonho de toda mulher: mais do que um corpo escultural e olhos verdes, Alexandre é carismático, simpático e divertido. O pacote completo. Um pacote que flerta com ela já na primeira consulta e cada vez se mostra mais irresistível.
Mas, por questões éticas, Carolina não pode ceder a tentação, além do mais, ele é muito mais novo.
No entanto, quando é para ser o destino se encarrega de dar certo.

Amor de Cordel não é um romance qualquer.
O livro é narrado em primeira pessoa, mas ao invés de limitar o escopo do livro, afinal só sabemos o que Carolina sabe, a autora nos mostra todas as contradições de Carolina (inerentes as mulheres),: apesar de satisfeita com o trabalho, o fato de o marido a deixar por outra mulher abala sua autoestima além do fato de Alexandre ser muitos anos mais novo, o que sempre desperta incertezas.
Abordando diferentes fases de um relacionamento, Amor de Cordel explora desde as tristezas que uma separação causa aos empecilhos para recomeçar sozinha e, mais para frente, põe em pauta o tabu de um relacionamento com uma mulher mais velha, os preconceitos e atropelos que eles precisam enfrentar com os próprios parentes e amigos para poderem ser felizes juntos.
Um romance adulto muito bem escrito, o livro é extenso e no início a excessiva descrição de Carolina para as coisas tornava um pouco lenta a leitura, mas bastou superar os capítulos iniciais para me adaptar a escrita da autora e ao ritmo da história e a leitura deslanchou.

7 comentários:

  1. A capa, o título e a sinopse parecem não "casar", nem sei explicar, eu já tinha visto o título e a capa e não tinha me interessado nem em ler a sinopse, vendo aqui no site li a sinopse e a resenha e a história parece até interessante e trata de temas atuais, traição, recomeços e diferença de idade, enfim, depois de ler a resenha vou pesquisar mais sobre o livro e ver se incluo nos livros que quero ler :)

    ResponderExcluir
  2. O que achei bacana nele é por ter essa retratação bem real da vida e seus relacionamentos. Aquelas realizações e desilusões, sei lá. Isso me chamou atenção nele, que fale de relacionamentos como fala. Não parece ser aquele romance clichê com final clichê, tudo manjado e tal. Ele tem esses tabus, mas explora a coisa do "amor não tem idade" e da vida como ela é: difícil, complicada...
    Parece que isso é bem feito mesmo ali no livro e ele é um romance adulto e bem real. Uma boa dica.

    ResponderExcluir
  3. É uma história que me chamou a atenção logo que vi a publicação. À princípio estava gostando, mas muitas coisas me incomodaram: num belo dia, a protagonista chega em casa e seu marido a avisa de que gosta de outra... Oi? Não dava pra ter uma conversa mais sensível ou os tantos anos casados não valeram nem isso?! Aí, saí de algo ruim pra entrar em algo ainda pior: curti muito quando Alexandre entrou na história, mas ele passou a mostrar uma faceta chata, a de ciumento, possessivo e em alguns momentos agia de forma infantil. Não sei se foi insegurança de ambas as partes pela diferença de idade, mas acabou a história pra mim.

    ResponderExcluir
  4. Um romance que ultrapassa barreiras, quebrando vários tabus, achei muito importantes os temas que foram abordados, principalmente por saber o que a personagem pensa, está na lista de desejados

    ResponderExcluir
  5. Oi.
    Eu amei essa capa, confesso que não comprarei só pela diagramação, não consigo mais ler livros com letra pequena e sinceramente tenho medo dele acabar tornando-se cansativo.
    Mas eu amei a premissa e confesso que a curiosidade está bem grande.
    Boa Noite.

    ResponderExcluir
  6. Pelo título, imaginei que seria outra coisa. Muito interessante essa temática da separação e do posterior recomeço.

    ResponderExcluir
  7. Adorei a resenha, mas confesso que não sentir aquela curiosidade fundamental pra eu querer um livro, o que é uma pena, pois o livro parece ser maravilhoso :/
    Mas vou anotar o nome, vai que eu sinta vontade de ler mais lá pra frente?! Beijo!

    ResponderExcluir

Comentários e elogios são sempre bem-vindos. Críticas são construtivas, agora, insultos e xingamentos são falta de respeito.
Desde já, obrigada pra quem comenta.

© Coisas da Amanda Todos os direitos reservados.
Criado por: Amanda.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo