Noites de Tormenta - Nicholas Sparks

18 fevereiro, 2016


Há três anos, Adrienne Willis perdeu as esperanças no amor quando o marido a trocou por uma mulher mais jovem. Tendo que cuidar sozinha dos três filhos adolescentes e do pai doente, ela acha que nunca será capaz de recuperar a autoestima e a vontade de viver.
Por isso, quando sua amiga Jean precisa fazer uma pequena viagem e lhe pede que tome conta de sua pousada, ela vê uma oportunidade para mudar de rotina. A previsão de tempestade iminente, no entanto, faz com que os próximos dias não pareçam muito promissores. Pelo menos até a chegada de Paul Flanner, o único hóspede com reserva para o fim de semana prolongado.
Aos 54 anos, Paul é um cirurgião bem-sucedido que enfrenta fantasmas parecidos com os de Adrienne. Nos últimos seis meses, a esposa pediu o divórcio e ele rompeu relações com o filho. Ao ver sua vida perder o rumo, Paul decidiu vender a clínica e a casa e ir à pequena cidade de Rodanthe para encerrar um doloroso capítulo de seu passado.
Logo Paul e Adrienne começam a descobrir suas afinidades e a se aproximar cada vez mais. Ao longo do fim de semana, a tempestade que toma conta de Rodanthe finalmente chega ao fim, mas o que nasce entre eles ressoará pelo resto de suas vidas, entrelaçando passado e futuro e dando um novo significado às palavras amor e perda.

Quando o marido de Adrienne a trocou por uma mulher mais nova, foi um grande baque em sua vida, afinal nos últimos anos tudo que ela fazia era em devoção à família: cuidava da casa, de Jack e dos três filhos. Por anos essa foi a sua vida e, de repente, não é mais.
Não foi fácil se reerguer, se rever como mulher e mãe, separando as duas coisas, tanto que Adrienne deixou de acreditar que seria possível voltar a amar alguém.
Quando sua amiga Jean lhe pede que cuide de sua pousada por um final de semana, Adrienne vê a oportunidade de (finalmente!) tirar um tempo para si, enquanto os filhos passam alguns dias com o pai, nem que seja só para colocar os pensamentos em ordem. A possibilidade de uma grande tempestade assolar a região da pousada mantém os hóspedes longe e tudo que ela tem é paz... até a chegada de Paul Flanner, um médico que tem assuntos a tratar na região antes de embarcar para uma longa viagem.
Um final de semana agitado pela tempestade é o suficiente para aproximá-los da forma mais íntima e intensa que pode existir, enquanto Adrienne se redescobre como mulher, Paul enfrenta alguns fantasmas e encontra ainda mais forças para seguir adiante com seus planos. Ao fim da viagem, uma promessa de que voltaram a se encontrar em um futuro próximo, e a expectativa floresce e cresce até chegar o grande dia.

Por ser um livro do Nicholas Sparks, era certo que haveria mais que um mero romance, no entanto Paul e Adrienne demoraram um pouco para me conquistar. Devo estar muito cética quanto ao amor, mas as histórias do autor normalmente me conquistam já de cara, com Noites de Tormenta demorei um pouco a "comprar" o romance.
Ambos os personagens são intensos e têm um passado conturbado de alguma forma, ambos aprenderam a seguir em frente e carregam as mágoas de um divórcio, quanto a isso é fácil de compreendê-los, mas a química entre os dois não foi tão forte, talvez por ser uma história rápida (não chega nem a duzentas páginas) de um romance que justamente começa rápido, mas não parece tão avassalador quanto o autor queria que fosse.
De todas as formas, Nicholas Sparks conseguiu manter o suspense pelo rumo desse romance até os últimos capítulos e, mais uma vez, usou da sua fórmula mágica de escrita para unir passado e presente em uma história de amor.
Um livro caprichado desde a capa e muito rápido de ler, para prender - mais uma vez - todos os fãs do autor em um novo romance.

10 comentários:

  1. Eu gosto de ler os livros do Nicholas embora não seja muito meu estilo de leitura. Já li alguns de seus romances mas esse, ainda não tive a oportunidade de ler.Espero que agora em 2016 eu possa finalmente ler. Sobre os clichês do autor, eu sinto um pouco de amor e ódio por ele, mas no fim tudo se resolve com a finalização de suas belas histórias. Gostei da sua resenha.

    ResponderExcluir
  2. já fazia um tempinho que eu não lia nenhum livro do autor e por isso depois que vi esse relançamento da Arqueiro com essa capa linda, resolvi comprar, li e gostei bastante, como sempre o livro me fez chorar, gostei bastante da resenha.

    ResponderExcluir
  3. Esse livro ainda nao tive oportunidade de ler, infelizmente, mas fiquei curiosa, porque né.. Tio Nick, tenho que ler.

    ResponderExcluir
  4. Genteee, minha melhor amiga é louca pelas obras do Nicholas, mas eu ainda não tive a oportunidade de conhecer nenhuma. Como, até pouco tempo, eu não era chegada em romances, achava que os livros dele não me agradariam. Eu não poderia estar mais enganada! Adorei o enredo dessa história. Ele parece ser realmente envolvente.

    ResponderExcluir
  5. Na boa? Tenho medo de Sparks. A fórmula dele é sempre a mesma - uma desgraça que une um casal e mais desgraças que os separam no decorrer da história. Assisto a uma adaptação, outra ali, mas há anos não leio nada dele.

    ResponderExcluir
  6. Também tive certa dificuldade de gostar desse romance, porque os outros dele já me conquistavam de cara e esse tem um clima diferente. Acho que é uma boa dica pra romances mais...maduros? Pra pessoas mais velhas, talvez. É bom, ele criou um livro bem legal e rápido de ler, além de um tanto diferente dos outros. Vale a pena conferir.

    ResponderExcluir
  7. Acho bem interessante o enredo desse livro, mas provavelmente eu iria me decepcionar , como já aconteceu outras vezes com livros do autor.

    ResponderExcluir
  8. Nunca li nada do Sparks, nem sei porque, já que todo mundo que leu me recomenda. Esse parece ser um bom livro pra eu começar, já que é uma leitura rápida.

    ResponderExcluir
  9. Oi!
    Só li um livro do Nicholas Sparks que gostei da historia mas não do final e gostei da historia do livro me deixando interessada, mas ainda não sei se irei ler !!

    ResponderExcluir
  10. Não são todos os livros do Nicholas Sparks que eu gosto, por isso te entendo quando diz que o casal demorou pra te conquistar. Esse eu ainda não li, lembro vagamente do filme, mas lendo sua resenha, não tive vontade de lê-lo. :/

    ResponderExcluir

Comentários e elogios são sempre bem-vindos. Críticas são construtivas, agora, insultos e xingamentos são falta de respeito.
Desde já, obrigada pra quem comenta.

© Coisas da Amanda Todos os direitos reservados.
Criado por: Amanda.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo