O Último dos Canalhas (Canalhas #02) - Loretta Chase

26 janeiro, 2016


O devasso Vere Mallory, duque de Ainswood, está pronto para sua próxima conquista e já escolheu o alvo: a jornalista Lydia Grenville. Só que desta vez, além de seduzir uma bela mulher, ele deseja também se vingar dela.
Ao se envolver numa discussão numa taverna, Vere foi nocauteado por Lydia e se tornou alvo de chacota de toda a sociedade. Agora ele quer dar o troco manchando a reputação da moça.
Mas Lydia não está interessada em romance, principalmente com um homem pervertido feito Mallory. Em seus artigos, ela ataca nobres insensatos como ele, a quem considera a principal causa dos problemas sociais.

Nesse duelo de vontades, Vere e Lydia se esforçam para provocar a derrota mais humilhante ao mesmo tempo que lutam contra a atração que o adversário lhe desperta. E, nessa divertida batalha de sedução e malícia, resta saber quem será o primeiro a ceder à tentação.


Lydia é uma jornalista já conhecida nas ruelas de Londres, se fosse da nobreza jamais lhe seria permitido tal audácia como ter uma profissão, mas como ela não é detentora de títulos nem tem um sobrenome de poder, faz a justiça da forma que entende correta, expondo nas páginas do jornal os escândalos e, "no seu tempo livre" luta por mais justiça para as mulheres, salvando jovens damas que chegam a cidade das garras das cafetinas.
Vere se tornou duque por acaso, jamais almejou o título mas quando todos os seus parentes homens faleceram em intervalo de poucos meses de diferença, o fardo acabou sobre ele, que tenta esquecer essas mortes se afogando na bebida, se distraindo com mulheres e com o jogo
O primeiro encontro entre eles é inusitado, no meio de uma rua em Londres numa região que um nobre não deveria ser visto, não bastasse o local, enquanto Vere tenta deter um dos planos de Lydia, ela se revolta e toma algumas decisões que acabam por humilhá-lo em público. Claro que um homem grande e descarado como Vere não se vê acanhado diante dos fatos, mas decide a partir de então que Lydia Grenville será sua próxima conquista, e haverá vingança quando ele conseguir essa mulher.
A mera presença de um homem não é o suficiente para parar Lydia em suas ambições, mas quando Vere acaba por segui-la ou encontrá-la em todos os lugares, e antes que ele destrua todos os seus planos, Lydia lhe conta o que pretende fazer e, assim, os dois passam a agir juntos - o que traz ainda mais intimidade a uma situação que era pura química em ebulição.

No jeito desregrado de viver de Vere há algo um pouco poético, como todos os duques anteriores morreram pouco tempo após assumir o título, é como se houvesse uma maldição ligada ao posto de Duque e, já que provavelmente o seu destino será a morte também, ele vive cada dia sem se importar com o amanhã.
A junção de dois personagens tão destemidos e de personalidades tão fortes transformou o romance em uma história empolgante e sensual, que sai dos salões de baile da nobreza londrina para mergulhar no subúrbio e mostra como algumas coisas atraem as pessoas independentemente da classe social a qual pertencem. Uma história empolgante e diferente do comum, que torna a leitura agradável e cativante.

9 comentários:

  1. "O Último dos Canalhas" me deixou intrigado por conta do personagem Vere nunca querer o posto que adquiriu e ter um passado nebuloso. Lydia me pareceu uma personagem forte e determinada. E este desejo de vingança veio para "apimentar" o livro.

    ResponderExcluir
  2. O Último dos Canalhas me chamou a atenção, principalmente, por Lydia, li uma outra história com uma personagem de mesmo nome e uma personalidade muito semelhante, logo me identifiquei com a leitura de O Último dos Canalhas. Vere também não fica para trás, mesmo com sua futilidade inicial, ele conquista o leitor. Cada um com suas dificuldades, sobressaem em sua própria história.

    ResponderExcluir
  3. Como disse no post anterior sobre este livro, meninas, eu adoro romances de época e o Vere me surpreendeu muito como personagem deste gênero literário, cheio de sagacidade ele sabe encantar todos os leitores e a sua não admissão do reinado é incrível. Lydia também é uma ótima personagem. Gostei como um todo.

    ResponderExcluir
  4. Li O Príncipe dos Canalhas na semana passada e fiquei apaixonada por Dain e Jessica. O pouquinho do que é contado sobre Vere e aquele encontro entre ele e Dain me deixaram em cólicas pelo próximo. Se segue no meso ritmo do primeiro, então vou amar tbm.

    ResponderExcluir
  5. Eu estou doida para ler esse livro, a curiosidade aqui é enorme, a autora parece ter construido bons personagens e o enredo é cativante.

    ResponderExcluir
  6. Oi!
    Quero muito ler essa serie, gosto muito de romances de época e os livros da Loretta me conquistam por suas mocinhas fortes e independentes e adorei saber que nesse livro vamos conhecer os subúrbio um lado diferente daquela sociedade que ainda não vi nos romances de época !!

    ResponderExcluir
  7. Li o primeiro livro sa autora lançado aqui no Brasil e adorei o jeito singular que a autora escreve, to mega curiosa para ler o livro O Último dos Canalhas e me divertir bastante.

    ResponderExcluir
  8. O legal desses romances históricos é que são sempre personagens deslocados dos costumes da época, o que torna tudo mais interessante.

    ResponderExcluir
  9. Eu achei a capa desse livro linda, super queria ler só por isso, mas aí li a sinopse e sei lá, fiquei meio com um pé atrás. Achei meio machista isso dele querer manchar a reputação dela, por uma vingancinha tosca. Especialmente quando a gente ainda vê nos dias atuais o quanto isso ainda é real e presente na nossa sociedade.

    Então, apesar da capa linda, infelizmente acho que vou passar a leitura. A menos que me ofereçam outros pontos de vistas. Estou aberta a discussões :)

    ResponderExcluir

Comentários e elogios são sempre bem-vindos. Críticas são construtivas, agora, insultos e xingamentos são falta de respeito.
Desde já, obrigada pra quem comenta.

© Coisas da Amanda Todos os direitos reservados.
Criado por: Amanda.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo