Em Busca de Abrigo - Jojo Moyes

06 janeiro, 2016

A nova edição do romance de estreia da autora vencedora do prêmio RNA com A casa das marés Na noite da Coroação da Rainha Elizabeth II, em 1953, a comunidade de expatriados de Hong Kong se reúne para celebrar o evento com uma festa. Enquanto os convidados tentam ouvir a cerimônia em um rádio antigo, Joy, uma jovem de 21 anos, se apaixona. Menos de vinte e quatro horas depois da festa, ela já está prometida em noivado ao rapaz, mas só tornará a se encontrar com o noivo um ano depois. Em 1980, um ato de rebeldia faz Kate, aos 18 anos, fugir do Condado de Wexford, na Irlanda, com sua filha ilegítima. Quinze anos mais tarde, Sabine deixa Hackney, o elegante bairro onde mora, em Londres, para visitar os avós que jamais conheceu e descobre que Wexford parece ter parado no tempo. Quando Sabine, sua mãe e sua avó voltam a se encontrar, um segredo de família cuidadosamente guardado é descoberto, bem como algumas verdades importantíssimas: o conflito entre o amor e o dever, as escolhas que as mulheres são obrigadas a fazer e o relacionamento entre mães e filhas.


A história se inicia em 1953, na noite de coroação da Rainha Elizabeth II um grande jantar é oferecido aos ingleses que vivem nas colônias, ao qual Joy comparece acompanhada da mãe - que não vê a hora da filha casar, mas já está perdendo as esperanças. Uma noite que Joy definitivamente gostaria de esquecer depois do fiasco que cometeu, mas, para surpresa de todos, o mesmo jovem que a viu em seu pior momento nessa noite reaparece no dia seguinte e lhe propõe matrimônio, porém, pelo cargo que ele ocupa os dois só voltam a se encontrar um ano depois.
Na segunda parte da história temos Kate enviando sua filha adolescente Sabine para a Irlanda para conhecer os avós maternos, o que para ela soa como uma punição, afinal está sendo afastada de toda a vida que conhece em Londres para ficar - literalmente - no meio do mato no interior da Irlanda, cercada pela avó durona e pelo avô que está doente. A princípio é tudo um grande incômodo para todos, Kate não tem mais contato com a mãe, e por isso Sabine acabou crescendo sem conhecer a avó, o que torna muito mais difícil qualquer relação entre elas.
Fatos e atos acabam por colocar Joy, Kate e Sabine - as três gerações da família - em um mesmo ambiente novamente, e apesar de todos os contratempos e divergências, em algum momento terão que solucionar os conflitos existentes entre elas para que possam recuperar ainda que seja um resquício do relacionamento familiar enquanto há tempo.

Intercalando a narração ora pelos olhos de cada uma das três personagens principais, Em Busca de Abrigo é um relato intenso de uma relação familiar conturbada. Esse foi um dos primeiros livros da autora Jojo Moyes e ganhou vários prêmios na época do seu lançamento, sendo que essa edição da Editora Bertrand é um relançamento da obra.
Apesar de ter ouvido falar muito bem da autora esse foi o primeiro livro que li e confesso que cativou meu coração, porém demorou um pouco para isso acontecer. No início a leitura foi confusa, algumas mudanças no ponto de vista acabaram me confundindo e levava um tempinho para me situar novamente na estória. O interessante é a forma como Jojo conseguiu formar um enredo interessante e intenso utilizando personagens tão diferentes, enquanto Joy é rígida, exigente, Kate parece largada na vida, enquanto Sabine é um meio termo, com eventuais crises de rebeldia típicas da adolescência.
Mas se foi um livro confuso, por que me cativou? Pelo tema. Por mais comum que sejam os livros que exploram as relações familiares, a forma como a autora soube delinear a trama e a intensidade da sua escrita que levam o leitor a analisar o seu próprio jeito de ser.
Ainda que não tenha sido uma leitura fácil nem rápida, esse é um daqueles livros que te deixa pensativo, preso a sua mensagem, mesmo semanas depois de concluir a leitura e, por isso, acaba sendo brilhante.

10 comentários:

  1. Eu gosto de narrativas alternadas, porque não deixam o leitor preso a um só personagem. O enredo parece ser legal. Nunca li nenhum livro dessa autora, mas só vejo elogios a ela na internet afora.

    ResponderExcluir
  2. Eu sou fascinado pela Jojo Moyes, mas confesso que este não é um dos melhores livros dela. Na verdade, o livro é muito bom, 4 estrelas, mas o que o fez diminuir a nota foi o começo lento. Em contrapartida, a história possui tudo de bom e uma "guerra" entre gerações de famílias é bem intrigante para a leitura. Gostei da resenha.

    ResponderExcluir
  3. Sinto que me identificarei bastante com a escrita da Jojo Moyes, leio várias resenhas de livros da autora e me apaixono com cada um, com Em Busca de Abrigo não foi diferente. Gostei muito das relações entre as três gerações de mulheres de uma família, percebemos que elas possuem um vínculo, mas também personalidades distintas. Só não curti muito a mudança drástica de ponto de vista da narração.

    ResponderExcluir
  4. Uma amiga vem há tempos insistindo pra que eu leia os livros da Jojo Moyes. Ela até já disse pra eu esquecer os lenços, que o negócio é um lençol de tanto que o livro é "chorável"... mas é isto que me apavora: livros tristes demais. Situações difíceis e tristes não são pra mim.

    ResponderExcluir
  5. Que honrosa menção à Rainha Elizabeth no livro, me identifiquei de cara por isto e pelo ano em que se passa, gosto de livros com cenários antigos. Não estou super animada devido a narração lenta e bagunçada, mas com certeza vou dar uma chance, também pelo fato de envolver problemas familiares.

    ResponderExcluir
  6. Nossa, acabei de assistir um episodio da segunda temporada de Doctor Who que era exatamente sobre o dia da coroaçao da Rainha Elizabeth II, em 1953! haha Muita coincidencia vir ler sobre um livro que trata do mesmo assunto no mesmo dia xD

    Eu li "Como eu era antes de voce" da Jojo Moyes, gostei bastante e fiquei com muita vontade de ler mais coisas da autora. Quero ler esse daí também. E essa capa tá uma gracinha :3

    ResponderExcluir
  7. Li Como eu era antes de Voce sem muitas expectativas mas no decorrer da leitura me peguei muito curiosa e o fato de a narrativa ser intercalada entre as histórias das 3 personagens femininas só me agradou ainda mais.

    ResponderExcluir
  8. Até o momento não tinha lido nenhuma resenha desse livro, mas fiquei curiosa para ler esse livro, parece ser emocionante!

    ResponderExcluir
  9. Oi!
    Já ouvi muitos elogios a escrita da Jojo Moyes e já tenho alguns livros dela que quero ler e gostei dessa historia por temos varias gerações da mesma família o que achei interessante mais não foi uma historia que me conquistou !!

    ResponderExcluir

Comentários e elogios são sempre bem-vindos. Críticas são construtivas, agora, insultos e xingamentos são falta de respeito.
Desde já, obrigada pra quem comenta.

© Coisas da Amanda Todos os direitos reservados.
Criado por: Amanda.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo