A Fofa do Terceiro Andar - Cleo Busatto

08 outubro, 2015





Primeiro juvenil da escritora Cleo Busatto, autora de mais de 20 livros, a maioria infantis. A fofa do terceiro andar é a história de Ana, uma menina acima do peso, mas cheia de opinião, que se muda para uma escola nova, começa a sofrer bullying dos colegas e acaba desenvolvendo uma depressão. Quando o ano recomeça, ela muda de turma e conhece um menino que não se importa com o peso dela e eles começam a namorar. A família dele é meio hippie e ele ensina a ela que, mesmo fora dos padrões ela é bonita.







Ana não é igual a todas as meninas de sua idade, e isso não tem a ver com os quilinhos a mais em seu corpo, enquanto as meninas de quatorze anos preferem sair por aí, fazer compras, conhecer lugares, o universo de Ana fora da escola se limita ao seu quarto com muita música e livros. Não importa sua forma física, e sim que ela se sinta bem, e Ana sempre tem um sorriso no rosto - mas, aos poucos, ela conta através de seu caderno/diário que esse sorriso algumas vezes não deveria estar lá, é uma reação automática que nem sempre reflete o que ela sente, e ultimamente o que ela mais sente é tristeza.
No início da adolescência parece que algumas crianças despertam seu "lado do mal" e Ana, com seus quilinhos a mais, é sempre o foco dessas maldades, praticamente não tem um dia em que ela não sofra bullying, até o dia que ela resolve mudar por si mesma. Alguns quilos a menos fazem maravilha em sua autoestima, mas é quando Ana conhece Francisco, um garoto que não liga só para a sua aparência, e descobre o amor que ela realmente começa a se aceitar como é.

Com pouco mais de cem páginas, esse livro retrata - infelizmente - o que muitas garotas sofrem no colégio por estarem acima do peso, mas tem um desfecho feliz, Ana um dia decide mudar por si mesma, não só pela estética, mas por sua própria saúde, decide cuidar mais de si mesma e, aos poucos, ela finalmente vai se aceitando.
O livro é curtinho e com poucos personagens, mas os que estão ali fazem toda diferença. Temos a mãe de Ana, que é psicóloga e um exemplo, ela mostra que está sempre ali para a filha e não fica exigindo que Ana mude quem é, que faça dietas e entre em forma, porque ela entende que não é só o peso na balança que vai definir quem sua filha é. Temos Francisco, que compartilha dos mesmos gostos de Ana e aos poucos a ajuda a ver o mundo com outros olhos, com olhos melhores, menos críticos.
Uma leitura rápida que tira o leitor da sua zona de conforto com as declarações sinceras de Ana e o retrato de sua vida, em poucos capítulos acompanhamos uma mudança completa conforme ela amadurece, complementado com referências a livros nacionais e estrangeiros, alguns atuais outros clássicos, que tornam a leitura para um leitor voraz ainda mais interessante.

10 comentários:

  1. Adorei essa capa ,não conhecia o livro ,mas achei bem interessante ,por tratar de um assunto pelo ql muitas oessoas passam espero ter a oportunidade de lê-lo.

    ResponderExcluir
  2. Olá! A Fofa do Terceiro Andar me deu a impressão de ser um livro juvenil, romântico e com um final feliz. Mas, percebi a contrariedade em algumas partes. Nunca imaginei que Ana seria uma garota adolescente com quilos a mais e com um grande histórico de bullyng, realmente a estória trata mais de um assunto real. Me encantei com o livro, quero muito.

    ResponderExcluir
  3. Essa capa é fofa mesmo, né? *_____*
    A história é uma graça. É o que acontece quando há todo um trabalho de conscientização e quebra de preconceitos.

    ResponderExcluir
  4. adorei conhecer o livro, pelo jeito ele passa uma mensagem bem especial pra quem ler, fora que é bem pequeno e deve ser super divertido.

    ResponderExcluir
  5. Este não me interessou muito. Já li coisas bem positivas do livro, mas o enredo não me conquistou.
    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir
  6. Gostei do enredo apesar de ser meio clichê, seria uma boa leitura, espero ter oportunidade de ler ele.
    Parabéns pela resenha!!

    ResponderExcluir
  7. Oi!
    Esse livro parece ser muito bom! Tanto pela capa fofinha quanto pela história que apesar de bonitinha onde tudo da certo no final, infelizmente acontece.
    É um livro que eu leria com certeza!

    ResponderExcluir
  8. Legal que além da história o livro ainda passa uma mensagem de conscientização.

    ResponderExcluir
  9. OI! Histórias sobre bullying sempre tem uma carga pesada, você sempre sai dela um pouco tonta e até mesmo com um pouco de culpa na consciência, ou por ter praticado ou por ter se calado perante aquilo. Todos se bateram pelo menos uma vez no colegial com uma situação como essa e muitos por medo de virarem o centro das agressões não reagiram, é triste. Esse livro parece ser interessante, até porque aborda esse assunto, mas não deixa o livro pesado, o título já deixa claro que no livro vamos encontrar uma personagem que vamos ter muita vontade de botar no colo e acarinhar.

    ResponderExcluir

Comentários e elogios são sempre bem-vindos. Críticas são construtivas, agora, insultos e xingamentos são falta de respeito.
Desde já, obrigada pra quem comenta.

© Coisas da Amanda Todos os direitos reservados.
Criado por: Amanda.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo