Os Príncipes Encantados Também Viram Sapos - Megan Maxwell

01 setembro, 2015



Kate e Sam se conheceram muito jovens, durante férias de verão na Califórnia, e se apaixonaram à primeira vista. O amor entre eles supera o tempo e a distância e, ao terminarem a faculdade, ele a pede em casamento.
Os anos se passam e o casal parece ter construído a vida perfeita: eles têm uma carreira de sucesso, duas filhas lindas e ainda são apaixonados. Sam, que cresceu em um orfanato, conseguiu com Kate tudo o que sempre quis: uma grande família. 
Até que um telefonema muda tudo...
Megan Maxwell, autora da série best-seller Peça-me o que quiser, conta uma história sobre amor, infidelidade e segundas chances. 





Kate e Sam viveram um amor à primeira vista quase como um romance de livros, se conheceram nas férias, tinham vidas diferentes, mas o amor falou mais alto e eles deram um jeito de fazer funcionar, casaram depois da faculdade, tiveram filhos e formaram a sua própria família.
Mas na vida real os romances não são como de cinema, e um acidente envolvendo uma mulher e duas crianças muda completamente a vida deles, trazendo a tona segredos do passado que envolvem ambos e podem colocar um fim nessa história de amor.

Megan Maxwell é uma diva dos romances eróticos, suas histórias buscam enredos diferentes e sua forma de escrever cativa o leitor, mas com esse livro não reconheci nenhuma das suas características que me fazem adorar tanto os seus livros.
A história de como Sam e Kate se conheceram é contada nos primeiros capítulos e logo estamos vinte anos depois, com as filhas crescidas e eles sendo advogados de sucesso em Nova York. Ok, não precisava se prolongar muito nisso já que a questão é justamente os problemas no casamento depois desses anos todos, mas com todo possível mistério que surge a autora o desvenda sem delongas, a dúvida surge, cresce a curiosidade, na página seguinte já estão todas as respostas.
Foi um livro que me fez estender a leitura por dias, uma escrita impessoal que não passou os sentimentos que os personagens queriam/deveriam estar sentindo, acabou por se tornar um livro sem expressão para mim.
Os personagens secundários foram os que salvaram a história, Terry e Michael, irmã de Kate e irmão de Sam, passaram esses vinte anos em uma história de gato e rato que arranca algumas risadas, mas boa parte do tempo Terry é louca, imatura e descontrolada, e só me dava vontade de bater nela. Então quem salvou a história? As filhas de Sam e Kate, Cat e Ollie, e Serena, a mãe de Kate, mas que sente um carinho enorme por Sam e é capaz de tudo para ver os dois felizes.
Esse não é um livro erótico, é um livro sobre traições e superações, vem mostrar o outro lado do mar de rosas, afinal a maioria dos romances acaba com um casamento e "eles viveram felizes para sempre", nesse livro o ponto é mostrar o que vem depois, como pode cair na rotina e como não é tão fácil lidar com o casamento, ainda mais depois de muitos anos juntos. O enredo é muito interessante, mas acredito que faltou profundidade na história para lidar com o drama em si, com o que levou cada evento a ocorrer.
Apesar da linda capa, da excelente diagramação e de uma sinopse que cativa, Os Príncipes Encantados Também Viram Sapos não me cativou tampouco convenceu, tornou-se uma leitura que eu prolonguei por dias e fiquei aliviada ao terminar, infelizmente.

13 comentários:

  1. Tentando entender o que essa flor tem a ver com a história mas tudo bem...
    É horrível quando prolongamos uma leitura né? Eu estou desse jeito com a série Crossfire
    Nunca li nenhum livro da Megan e, pela sua resenha, acho que esse não vai ser o primeiro
    Beijos!
    http://balaiodebabados.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Que pena! Conheço o trabalho da Megan e gosto da forma como ela escreve, mas este eu ainda não li, mas espero ler e comprovar;
    Bjs, Rose

    ResponderExcluir
  3. Pela sinopse achei que seria algo quase "baseado em fatos reais", mas na realidade não existe essa explicação tão rápida para tudo. E que chato deve ser um livro tão acerca de sentimentos sendo assim impessoal.

    ResponderExcluir
  4. Megan Maxwell está diversificando bastante suas histórias, né? Fugindo do erótico. Acho legal a autora ter se aventurado por outro gênero literário, apostando no romance! Pena que esse livro não foi um sucesso, e a leitura acabou sendo arrastada não só para você como para muitos em que tive a oportunidade de ler as resenhas.
    Eu gostei bastante do título desse livro, e achei que seria um assunto bem mais aprofundado com essa temática, de que não existe um companheiro perfeito, justamente por causa do nome dele.
    Resenha adorável!
    Abçs!!

    ResponderExcluir
  5. quando li a sinopse pensei que fosse algo diferente, já li algumas resenhas desse livro mas nao consegui gostar, fora a maioria das resenhas que não são lá muito positivas.

    ResponderExcluir
  6. Nossa, fiquei super curioso com essa sinopse cheia de suspense! Estou louco para ler, parece ter bastante drama e romance. A Megan Maxwell escreve super bem. Sua resenha está ótima, o livro parece realmente mostrar que nem todos os casais são perfeitos.
    Abraços :)

    ResponderExcluir
  7. Não funcionou comigo. Adorei a premissa, tanto que o quis de qlqr jeito qdo li a sinopse. Foi legal a autora mostrar que nem tudo no casamento é um mar de rosas, mas as atitudes dos envolvidos deixou a desejar e me senti lendo uma história na qual os personagens eram adolescentes e, olha que nas minhas contas, eles estavam beirando os 40.

    Tbm não consegui sentir empatia pelo casal principal. Não sei se pq o início do relacionamento foi contado muito rapidamente e eu custo a acreditar nessas paixões avassaladoras, amor à primeira vista, mas senti falta de afinidade aí.

    Achei os diálogos bobos - as crianças eram muito mais sensatas que os adultos - e muita coisa poderia ter sido resolvida com uma simples conversa, mas se tudo fosse resolvido com uma conversa não haveria história hahahahaha

    ResponderExcluir
  8. Que pena que a leitura não rolou....Ainda não conhecia o livro e apesar de amar romances este livro não me animou muito não....Ainda não tive oportunidade de ler nada da autora....Uma pena, mas interessante conferir a resenha.

    ResponderExcluir
  9. Oie
    Nos últimos tempos não tenho me dado muito bem com os livros da Megan.E por se tratar do tema traição os sentimentos do casal tinham que ser convincentes.Além dos personagens principais que pelo que você disse não cativam o leitor de forma alguma.Essa é uma leitura que eu passo.

    ResponderExcluir
  10. Achei a capa desse livro muito bonita. Acho que por não ser um livro erótico acredito que eu já gostar. Eu gostei do livro quando li a sinopse dele, mas pensei que era mais um livro adulto, saber que não é me anima a lê-lo. Adicionei a minha lista de leitura, espero gostar e que ela seja realmente uma boa autora.

    ResponderExcluir
  11. Olá! Os Príncipes Encantados Também Viram Sapos foi um livro que me atraiu pela capa, mas decepcionou-me com seu enredo, com pontos eróticos e românticos fortes, clichês e presentes em grande parte dos momentos da leitura, o livro acabou tornando-se chato.

    ResponderExcluir
  12. Eu já li o livro Peça-me O Que Quiser e fiquei de boca aberta. Agora pretendo ler todos os livros da autora.
    Vi que a obra não te agradou muito, espero que eu não tenha a mesma opinião. Não quero me decepcionar com a autora.
    Eu amei essa capa, achei ela muito linda.

    ResponderExcluir
  13. Vi que a leitura não te cativou, mas eu ainda sim quero ler esse livro.
    A premissa me deixou curiosa, e curiosa para ler esse livro. Espero gostar dessa leitura, se não ficarei muito decepcionada com a autora.
    Amo essa capa

    ResponderExcluir

Comentários e elogios são sempre bem-vindos. Críticas são construtivas, agora, insultos e xingamentos são falta de respeito.
Desde já, obrigada pra quem comenta.

© Coisas da Amanda Todos os direitos reservados.
Criado por: Amanda.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo