À Flor da Pele - Helena Hunting

25 agosto, 2015


Tudo na tímida Tenley Page intriga o tatuador Hayden Stryker de um modo que ninguém jamais conseguiu: do cabelo longo e esvoaçante com aroma de baunilha até a curva suave do quadril... E o interesse dele só aumenta quando ela pede que ele tatue um desenho incomum em suas costas.
Com seu jeito durão, Hayden é tudo que Tenley nunca se atreveu a desejar. A química entre os dois é instantânea e desperta nela o desejo de explorar o corpo escultural que há por baixo de tantas tatuagens. Traumatizada por um passado trágico, Tenley vê em Hayden a chance de um recomeço. No entanto, o que ela não sabe é que ele também tem segredos que o impedem de manter um relacionamento por muito tempo.

Quando os dois mergulham em uma relação excitante e enfim passam a confiar um no outro, lembranças e problemas batem à porta — e talvez nem mesmo a paixão entre eles seja capaz de fazê-los superar seus traumas.


Tenley se mudou há pouco tempo, mas desde o primeiro dia reparou em Hayden, ainda que de longe. Quando ela consegue um trabalho em uma loja no térreo de seu prédio (loja de Cassie, proprietária do apartamento que Tenley aluga), mal sabia que seu caminho se cruzaria com Hayden quase diariamente, pois além dele trabalhar no salão de tatuagem do outro lado da rua, ele também é sobrinho de Cassie.
Eles são opostos, mas ao mesmo tempo são idênticos. Por fora são  distintos, Hayden é bruto, durão, com tatuagens e algumas roupas, ele certamente seria o tipo de homem que um pai aconselharia Tenley a manter distância, enquanto ela é mais angelical, mais delicada. Mas por dentro (e até mesmo por fora), ambos têm cicatrizes e tormentos do passado que os impedem de seguir em frente plenamente livres.
Mas Hayden ser um tatuador tem suas vantagens: por ser quem é ele passa a Tenley a confiança que ela necessita para por em prática o desejo de tatuar suas costas, é um trabalho elaborado que requer entrega dos dois, principalmente porque ao se colocar em uma situação que lhe causa dor, Tenley não imagina o quanto pode lhe afetar psicologicamente.
Nem tudo são flores, no entanto, no estúdio de tatuagem os rapazes têm uma regra: não se envolver com as clientes. Então a relação que começou com meras conversas na loja de Cassie deve ser, ao menos, suspensa enquanto durar o processo de fazer a tatuagem, o que pode levar longas semanas com muita intimidade envolvida em uma sala fechada.

Esse é um livro que desperta o prazer da leitura, ainda que muitos vejam o clichê do badboy com uma mocinha ao lerem a sinopse, a história me conquistou aos poucos, capítulo após capítulo quando, ao finalizar um, mal podia esperar para começar o próximo; isso porque a autora libera em doses quase homeopáticas trechos do passado de Tenley e de Hayden, momentos que os levaram a ser quem são hoje e estarem onde estão.
Com uma construção de personagens fortes, À Flor da Pele é um romance intenso, os personagens não sentem pela metade, ainda que guardem alguns detalhes para si, quando explode até o leitor é atingido, e por isso me conquistou de tal forma que estou ansiosa pela continuação.
A capa é simples, mas elegantes e condiz perfeitamente com a história; a diagramação está impecável e a revisão também; não tem como não se deliciar com esse livro.





9 comentários:

  1. Sou uma super fã de romances,e desde o lançamento deste livro fiquei encantada com sua historia e este romance. Amo tatuagens, então de cara me apaixonei por esta capa e enredo, sem dúvida já esta na minha lista de desejados.

    ResponderExcluir
  2. Eu já tinha visto só a capa desse livro, que cá entre nós, que arte gráfica é essa? A Suma sempre arrasando! Capa linda e maravilhosa!
    Achei tão legal os dois personagens se envolverem por terem em suas vidas um passado tão difícil, mesmo sendo tão diferentes.
    Me interessei e com certeza vai pra minha lista de leitura, porque tem uma trama mais original e fiquei curiosa para saber mais sobre os protagonistas ;)
    Bjs!!

    ResponderExcluir
  3. já li muuuitas resenhas desse livro, mas até agora eu noa tinha conseguido me decidir se leria ou não, pela resenha ele parece ser bem emocionante, me agrada livro assim.

    ResponderExcluir
  4. Foi o meu caso: à primeira vista, achei a sinopse mais do mesmo, plot batido como tantos outros que circulam por aí. Não sei, vou continuar lendo resenhas e assim decidir se leio ou não.

    ResponderExcluir
  5. Eu gostaria de ter esse livro mesmo ele me parecendo ser tão clichê, sei lá, ele me parece ter um romance bem arrebatador, o mocinho deve conquistar logo de cara e a mocinha deve também ser bem interessante de se ver. A capa também chama bastante atenção, espero ler esse livro algum dia.

    ResponderExcluir
  6. É tão bom quando um livro proporciona essa sensação de estarmos sempre ansiosa pra saber o que acontece no próximo capitulo e tal. Que bom que esse livro gerou isso em você. Mesmo ele me parecendo clichê eu me interessei em ler ele. A capa tá lindaaaa.

    bju

    ResponderExcluir
  7. À primeira vista parece bem clichê, mas fiquei curioso por esse "algo a mais" que percebi um pouco na sinopse e que você falou na resenha.

    ResponderExcluir
  8. À Flor da Pele é um livro que, de inicio, não havia me interessado. Achei que retratava uma simplória vida de um tatuador. Mas, após vários comentários positivos, principalmente nesta resenha, me rendi e irei ler este livro.

    ResponderExcluir
  9. Oie
    Amo esses NA que estão sendo lançados.Gostei bastante dos personagens desse e a história parece ser muito bem desenvolvida sem aquele amor instantâneo e sem explicações.Com certeza vou lê-lo assim que puder e sofrer até sair a continuação.

    ResponderExcluir

Comentários e elogios são sempre bem-vindos. Críticas são construtivas, agora, insultos e xingamentos são falta de respeito.
Desde já, obrigada pra quem comenta.

© Coisas da Amanda Todos os direitos reservados.
Criado por: Amanda.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo