Tensão - Gail McHugh

11 junho, 2015

Após a morte da mãe, a vida de Emily Cooper vira de cabeça para baixo. Ela precisa de um novo começo, e Dillon Parker, seu namorado, a convence a se mudar para mais perto dele a fim de passarem mais tempo juntos.
Em Nova York, Emily arranja um emprego temporário como garçonete em um restaurante no centro de Manhattan. Ao sair para fazer uma entrega logo no primeiro dia de trabalho, ela esbarra em Gavin Blake, um empresário sexy e bem-sucedido. Assim que seus olhares se encontram, há uma tensão no ar, mas nenhum dos dois consegue entender ou explicar essa forte conexão. Atormentada, Emily tenta não pensar muito naquele desconhecido que mexeu tanto com ela.
Porém, ela descobre que Dillon e Gavin são amigos e que terá de conviver com ele muito mais do que poderia ter imaginado. Perdida em sentimentos confusos, Emily sente o desejo por Gavin crescer e se tornar mais ardente a cada vez que se encontram. Será que os dois vão resistir à tensão ou se entregar a essa paixão, apesar de todas as consequências?

Após a morte da mãe não há mais nada que prenda Emily a sua antiga vida, por isso se mudar para Nova York e ficar mais próxima do namorado parece uma ótima ideia, porém nem tudo pode ser nos seus próprios termos. Emily convenceu Dillon a deixá-la morar com sua melhor amiga antes deles dividirem o apartamente, e o convenceu também a deixá-la trabalhar... e é justamente nesse trabalho que toda a relação deles sobre um baque.
Logo na sua primeira noite como garçonete, Emily se dispõe a fazer uma entrega já que o motoboy não apareceu, e isso a leva até os braços de Gavin Blake. Ele é exatamente o que uma garota deseja: é lindo, é sexy, sedutor. Ele exala charme e riqueza. Como uma garota normal, Emily fica abalada. E mais abalada assim quando, em outra ocasião, Dillon os apresenta: Emily, sua namorada, Gavin, um grande amigo.
Incapaz de se intrometer nessa amizade e grata por tudo que Dillon fez por ela, por toda a ajuda que ele prestou nos momentos mais difíceis de sua vida, Emily não percebe que está cada vez mais envolvida com Gavin, e quando se dá conta o sentimento entre eles já é forte demais.
Emily não quer ferir os sentimentos de ninguém, mas em algum momento isso se torna inevitável.

Esta aí um livro que o título reflete exatamente o espírito da história: pura tensão! Desde o primeiro momento tem uma química incrível entre Gavin e Emily, e logo de cara o Dillon não cai bem, mas os sentimentos que unem os três tornam o enredo interessante enquanto buscava pelo desfecho. Mas do que se apaixonar por Dillon, Emily tem por ele uma gratidão enorme, quanto a si própria ela não enxerga todo seu potencial; na relação ela é submissa, se Dillon a culpa, ela concorda, ela acata. E justamente o que torna Gavin tão interessante é que ele desperta o melhor dela, ele a respeita, a trata como ela merece e busca saber os interesses dela. Dillon quer uma mulher bonita que possa desfilar pelos eventos sociais, Gavin quer uma família. Visto de fora, a escolha é óbvia, mas o modo como essa escolha pode e deve ser feita é o que torna a história tão interessante.
Um enredo new adult empolgante, com uma escrita que fisga o leitor desde o primeiro capítulo!


6 comentários:

  1. Essa daí tá encrencada rs. É como se ela tivesse que escolher entre razão e emoção... Curioso pra saber no que é que dá.

    ResponderExcluir
  2. Olá
    não sou muuito fã desse tipo de livro, acho que você já sabe, mas eu gostei da proposta desse dai, não ei por que, achei a capa bem legal, espero poder compra-lo o quanto antes
    Bjks

    ResponderExcluir
  3. é uma historia interessante porém nao gosto de personagens submissos nao,e essa parte do triangulo amoroso é o que torna Emily uma personagem que nao sabe o que quer.

    ResponderExcluir
  4. Mais um livro do gênero com um triângulo amoroso em que um dos homens tem muitos defeitos e o outro é um santo. Entre eles, uma mocinha "mosca-morta" indecisa. Pelo que vi, criatividade e originalidade passou longe, mas, por outro lado, a narrativa se sobressaiu, tanto é que a atmosfera de tensão esteve presente durante todo o livro. Dica anotada.

    @_Dom_Dom

    ResponderExcluir
  5. Vamos começar falando desta capa... que linda! A história é bem clichê e como adoram matar mães de mocinhas com qlqr coisa terminal é incrível! O tema já tá bem batido, enxurrada de livros do gênero, mas uma narrativa bem feita valoriza demais. Eu prefiro narrativas em 3a pessoa e gosto muito de saber os pontos de vista dos personagens principais, então, segundo sua resenha, eu vou gostar do livro hahahahahahaha
    Tbm não gosto de triângulos amorosos, mas qdo um cara é lindo e fofo e o outro é uma peste, fica fácil relevar o tema.

    ResponderExcluir
  6. Confesso que é a primeira resenha que leio em relação a este livro, e parece que é uma historia bem clichê e isso não me anima muito, pois este gênero ainda não me chama muito a atenção. Não sei se leria. Mas achei interessante a resenha, bem escrita.

    ResponderExcluir

Comentários e elogios são sempre bem-vindos. Críticas são construtivas, agora, insultos e xingamentos são falta de respeito.
Desde já, obrigada pra quem comenta.

© Coisas da Amanda Todos os direitos reservados.
Criado por: Amanda.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo