Gossip Girl #01 - As Delícias da Fofoca

01 maio, 2015



Neste primeiro volume, a estonteante loira Serena van der Woodsen volta de uma longa viagem que fez a Europa, depois de ter sido expulsa de seu colégio europeu. Mas parece que sua melhor amiga Blair Waldorf não está tão contente com sua volta. Só de pensar que a sua amiga iria tomar seu posto de mais popular do colégio já sentia calafrios. É então que uma série de fofocas e boatos sobre Serena começam a rolar pelo mundinho destes adolescentes, deixando-a afastada de todos. Era tudo o que Blair queria: ser o centro das atenções e manter seu namorado Nate longe da rival. Será que Serena irá aguentar tanta solidão? 







A “Gossip Girl” surge com o retorno de Serena van der Woodsen – S – a Manhattan. A loira está de volta e muitos rumores circulam pelo colégio de alto nível sobre o por que dela ter partido em primeiro lugar. São esses boatos que a esperam quando S retorna, e ao contrário do que imaginava, muita coisa mudou durante o tempo em que esteve fora... exceto por sua melhor amiga, Blair Waldorf, e seu namorado Nate Archibald.
Ou melhor, até Blair está diferente. Ela não parece contente com o retorno de Serena e o motivo logo fica claro: Blair gosta de ser a abelha rainha, e com Serena por perto, os holofotes se viram para a loira, principalmente quando os boatos começam a aumentar e ficarem mais apimentados. Quanto mais atenção Serena chama, mais Blair se distancia.
Elas já foram melhores amigas, mas Blair é insegura e não quer voltar a perder sua posição, ela fez seu caminho até o topo, superou as adversidades – como o divórcio de seus pais e a grande revelação de que seu pai é gay – e não quer ser atrapalhada agora, depois de tudo, assim como não quer a namoradeira Serena dando trela para o seu namorado.
Em paralelo, temos a história de Dan Humprey e sua irmã Jenny, eles moram no Brooklyn, mas estão trilhando seu caminho em Manhattan... Temos ainda a desconcertante Vanessa, que tem uma paixão platônica, e o excêntrico Chuck Bass, herdeiro de uma grande fortuna, que parece saber de algo que Blair ignora.

Gossip Girl é um retrato feito por Cecily von Ziegesar de jovens de classe alta que vivem nos endereços mais cobiçados do Upper East Side na maravilhosa ilha de Manhattan. Jovens repletos de compromissos sociais e outras coisas de igual frivolidade, alguns tentam seu caminho pelo conhecimento e pela ambição, mas o que move esse universo é o dinheiro e o poder, e mesmo tão jovens, já há uma briga na hierarquia social.
Um livro dirigido para os adolescentes, As delícias da fofoca introduz o leitor em um universo sedutor diferente da realidade a que estamos acostumados, por exemplo, com compras na quinta avenida e em lojas de alto padrão, desfiles de marcas, eventos sociais e grandes festividades, um mundo muito atraente, sem dúvidas.
No entanto, a história custa um pouco a desenvolver, afinal são tantos personagens que demora um pouco para se habituar a todos, sempre tendo a gossip girl como narradora.


Para quem é fã da série, do meu ponto de vista conseguiram fazer um trabalho muito superior ao do livro, o enredo na série se desenvolve melhor por um caminho diferente, inclusive alguns personagens têm características diferentes que só acrescentam e melhoram a série. Então, para quem acompanhou a série de televisão, o livro pode não ser tão envolvente!

11 comentários:

  1. Nunca assisti a série, por isso, e também porque não gosto dessas histórias de estudantes americanas preocupadas com a sua popularidade, não me interessei pelo livro.

    ResponderExcluir
  2. Ooiiêê!!
    eu não sou muito fã de series, portanto nunca assisti esse
    mas eu gostei bastante da sinopse do livro e talves eu vá compra-lo
    eu andei vendo os outros livros e são bem legais aparentemente..rsrs
    Bjks

    ResponderExcluir
  3. Infelizmente não acompanho ou acompanhei a série porque acompanho outras que acho melhor.
    Também não li o livro e acho que nem pretendo porque no momento tenho outras leituras prioritárias.
    Deve ser uma série boa para os adolescentes.
    Desejo uma semana de concretizações pessoais!
    “Compartilhar é uma das maiores qualidades espirituais. O milagre é que quanto mais você compartilha sua felicidade, mais você tem.” (Osho)
    Cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. conheço a serie mais nao assisto, ja ouvi dizer que é bem legal mas nao sabia que tinha livros, gostei e fiquei interessada em ler

    ResponderExcluir
  5. Eu não vi a série e nem li o livro. Mais acho um ponto super interessante que a autora aborda. Essa questão de retratar os jovens americanos na busca de poder, de reconhecimento é algo que pensamos que só existe em filme ou livro, mais a verdade é totalmente diferente...

    Beijos

    http://ventoliterario.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  6. Eu tenho que confessar que o enredo de Gossip Girl é bastante interessante, mas eu não tenho interesse em ler. Adorei sua resenha, mas, sei lá, acho a história bem feminina :/

    Bjs!

    Leitura Silenciosa | Blog | FanPage

    ResponderExcluir
  7. A série GG nunca me atraiu, nem em livros nem na tv.
    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir
  8. Tentei assistir ao seriado, mas não deu. Achei a história boba, um bando de egoístas... enfim, passando bem longe dos livros.

    ResponderExcluir
  9. Olá, tudo bem??
    Confesso que nunca realizei a leitura dos livros, ou vi alguns dos episódios do seriado. Creio que sua temática não me chama a atenção. Mas se um dia surgir a oportunidade lerei,mas por enquanto não tenho interesse.

    ResponderExcluir
  10. Pelo que vi, um dos raros casos em que o livro não é tão bom quanto a série. O que eu gostei nessa série, foi mostrar esse lado fútil e competitivo de aborrescentes mimados e que se acham os donos do mundo. A minha torcida é para que cada um quebre a cara.

    @_Dom_Dom

    ResponderExcluir
  11. Oi! Já ouvi falarem sobre o seriado, mas nunca dei a devida atenção para ele. Não sei se o leria, parece ter um ambiente meio fútil e isso pode me irritar durante a leitura. Dá para perceber que a trama é mais voltada para o público jovem, que talvez se identifiquem, pois até hoje tem os populares do colégio e a guerra entre eles.
    Percebi que tem muitos personagens, acho que deve ter dificultado a construção de cada um, precisaria de uma boa quantidade de páginas para desenvolver.

    ResponderExcluir

Comentários e elogios são sempre bem-vindos. Críticas são construtivas, agora, insultos e xingamentos são falta de respeito.
Desde já, obrigada pra quem comenta.

© Coisas da Amanda Todos os direitos reservados.
Criado por: Amanda.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo