Dia de Banca #20 - Esposa Decidida

05 março, 2015


Dia de Banca é uma coluna destinada a esse outro "gênero" da literatura, que muitas gostam e acompanham e agora está ganhando um espacinho aqui no blog!

 


Nove meses para salvar seu casamento!


Nik Christakis já tinha sido seu príncipe encantado. O indecentemente rico e belo magnata havia tirado Betsy de sua vida simples de garçonete e feito o inimaginável casou-se com ela! Mas a vida de casada não era bem o que ela fantasiava. Enquanto sua mão deslizava sobre os papeis do divórcio, Betsy viu algo nos olhos de seu marido... Um lampejo do homem pelo qual ela havia se apaixonado. Quando esse encontro termina em uma paixão impetuosa, Betsy se depara com duas consequências bastante inesperadas e que irão uni-la para sempre ao homem que estava determinada a esquecer.






Depois de ter uma infância turbulenta, Betsy seguiu sua vida com humildade, trabalhava como garçonete durante o dia e estudava durante a noite, isso até Nik Christakis entrar em sua vida. Conheceram-se no café em que ela trabalhava, Nik se mostrou interessado, mas Betsy sabia sua posição e estava decidida a não se deixar iludir pelo magnata, mas Nik soube como insistir na medida certa para quebrar suas reservas.
Príncipe Encantado. Era isso que Nik era e representava para Betsy, ao se casar com ele, foi como se um real conto de fadas estivesse acontecendo e justamente com ela, a jovem disléxica sem ambições.
Mas a fantasia não durou muito. Ainda que, ao conhecer Nik, Betsy estivesse decidida a não ter filhos, conforme os meses de casada foram passando, a vida se tornou solitária, ela acabou por abandonar os estudos porque Nik requeria sua atenção, mas, por outro lado, ele passava muito tempo em viagens a trabalho, deixando-a sozinha e solitária.
Um bebê poderia suprir essa ausência. No entanto, imagine sua surpresa ao descobrir que seu marido voluntariamente não poderia ter filhos! Nik se submeteu a uma vasectomia no início de sua vida adulta, e jamais lhe contou que a havia feito e porquê. Essa foi a ruína do casamento deles, depois de meses tentando engravidar em vão, o irmão de Nik lhe contou esse segredo.
Traída e decepcionada por Nik tê-la iludido todos esses meses, Betsy o colocou para fora de casa. Agora eles têm de tratar dos papéis do divórcio, e Betsy quer sua vingança ao atingir Nik no que lhe dói mais: seu dinheiro. Decidido a conversar com ela, Nik a visita em sua casa, e esse encontro comprova que o motivo do divórcio jamais seria falta de química ou de atração.
Poucas semanas depois ela se vê sozinha e grávida, e Nik tem de saber.
Romances de banca são tipicamente conhecidos pelo enredo “água com açúcar” e por seus clichês, mas Lynne Graham sempre consegue ir além para que suas obras não se tornem só mais um romance.
A típica mocinha tem um passado humilde, mas tem também um problema de dislexia, junto com muita vontade de trabalhar e uma grande capacidade para os negócios. Enquanto Nik, o típico mocinho magnata, tem uma conta bancária bem gorda, mas continua se esforçando para que esse dinheiro sempre se multiplique, ao mesmo tempo em que lida com seus traumas do passado graças a uma mãe violenta e abusiva, que destruiu qualquer esperança que ele tinha de amar e, um dia, ser amado.
O enredo é rápido, mas foi bem construído na medida que os capítulos avançaram. Esse é o segundo livro da série Heranças do Poder, mas não há problema não ter lido o primeiro – eu mesma ainda não li!
O papel de jornal deixa o livro leve e como as páginas são escurecidas, não cansa a vista como páginas brancas, ainda que tenha um ou outro erro de digitação, em momento algum influenciou no correr da história.
 


10 comentários:

  1. Gostei bastante de ter uma coluna só com livros de banca ^^
    Bem bacana!
    Abs

    ResponderExcluir
  2. Grávida de quem? o.O Legal essa variação da personagem típica do gênero, com dislexia e que apesar de humilde também parece ser ambiciosa.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Faz parte da trama da história, como ela engravidou! :D

      Excluir
  3. Eita que não fico sem estes livros de banca!
    Este eu não li ainda, anotado.
    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir
  4. Romances de banca são uma delícia pra se ler nos fins de semana preguiçosos! Muito legal encontrar uma protagonista que tenha dislexia, acho que ainda não li nenhum livro em que isso acontecesse. Fiquei curiosa em relação à gravidez da mocinha, será que o irmão mentiu sobre a vasectomia do marido??

    ResponderExcluir
  5. Não curto esses livros de banca. :/
    Interessante a personagem ter dislexia.

    ResponderExcluir
  6. Oiiiii, adorei a premissa desse livro mas nunca fui fã dos livros
    dessa editora, mas adoro conferir os lançamentos dela são mesmo incríveis as capas
    Abçs

    ResponderExcluir
  7. Hoje em dia, quase tudo se tornou um clichê. E falo em relação a todos os gêneros.
    O que me chama a atenção é que, mesmo sendo considerados livros com enredos "água com açúcar", eles tem seu charme e seu público fiel. As autoras sabem cativar quem lê suas tramas por mais batidas que sejam.

    @_Dom_Dom

    ResponderExcluir
  8. Adoro Lynne, mas confesso que tava uma pouco saturada da fórmula dela tanto que há uns 3 anos não leio nada dela. Bom, a moça pobre não pode faltar em livros dela e como essas moças são férteis... todas as mocinhas da Lynne engravidam hahahahahaha
    Gostei bastante da resenha ;)

    ResponderExcluir
  9. Ficou a curiosidade de saber quem é o pai do bebê.....Fiquei bastante interessada no livro, apesar de há tempos não ler nada do gênero. me pareceu uma historia com drama, amor, e fiquei curiosa para saber o final. Dica anotada.

    ResponderExcluir

Comentários e elogios são sempre bem-vindos. Críticas são construtivas, agora, insultos e xingamentos são falta de respeito.
Desde já, obrigada pra quem comenta.

© Coisas da Amanda Todos os direitos reservados.
Criado por: Amanda.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo