Sempre Foi Você - Carrie Elks

24 fevereiro, 2015





Richard, nós tivemos um bebê. Londres, 31 de dezembro de 1999. Aos 17 anos, a britânica Hanna Vincent conhece o americano Richard Larsen: um estudante rico, encantador e sedutor que vai virar seu mundo de ponta-cabeça. Um relacionamento entre eles é improvável, já que vivem em mundos completamente diferentes. Mas aos poucos uma grande amizade vai surgindo e leva os dois a uma relação explosiva, cheia de paixão, amor e aventura. Emocionante e comovente, Sempre Foi Você é uma genuína história de amor. Você daria uma segunda chance ao amor da sua vida?





               Hanna Vincent conheceu o amor de sua vida aos dezessete anos, quando ela ajudava a mãe a servir um buffet em uma grande festa de fim de ano, e seu amor não era ninguém menos que Richard Larsen, filho do anfitrião da festa. O que seria muito improvável se tornou real: apesar das diferenças, a afinidade entre eles falou mais alto, unindo-os em uma grande amizade - o fato de Hanna ser babá de Rudy, a irmã mais nova de Richard, apenas contou pontos a favor, assim como o fato da família Larsen adorá-la.
               Hanna é britânica, e Richard americano. Ele logo retorna aos Estados Unidos, mas o contato entre eles permanece, assim como a amizade, e quando as férias chegam, os dois podem se reencontrar - mantendo apenas a amizade. Com o passar dos anos ambos amadurecem, a amizade se torna mais forte até o inevitável acontecer: um relacionamento. Apesar da distância, ambos conseguiram manejar bem o relacionamento, voando a cada folga ou feriado, aproveitando todo o tempo que tinham juntos...
               Até uma doença voraz atingir a mãe de Hanna, que de forma alguma a deixaria de lado para ir visitar Richard do outro lado do oceano. Esse foi apenas o primeiro dos empecilhos em sua relação. Richard soube como ser compreensivo, dar a Hanna o suporte que ela precisava, mas ao perder a mãe, Hanna perde parte de si mesma.
               Essa é a primeira etapa em uma história cheia de amor, de contratempos e de paixão...

               Desde que soube do lançamento estive louca para ler esse livro, e assim que pus as mãos nele, devorei a história. A história é puro romance, e isso me encantou. Hanna e Richard são protagonistas únicos a sua própria maneira, ela cheia de ideias e atitude, sabe o que quer e não se deixa subjugar, enquanto Richard é um perfeito cavalheiro, mas que foge do estigma que carrega por seu dinheiro e sobrenome, cheio de ideias ele quer seguir seu próprio caminho, mas sabe quando parar e fazer o certo, o melhor para todos.
               A beleza no romance deles é que não acontece do dia para noite, apesar de ter uma grande atração já no princípio, a amizade se solidifica e então o amor ganha espaço. Cheia de idas e vindas, a história acompanha anos da vida de ambos, todos os passos errados, mas também os certos, os contratempos e as desavenças, tudo para levá-los a viverem o que sentem, e quando isso acontece, a autora mantém o realismo de que nada é perfeito, de que não é fácil, mas é possível.

               Com pouco mais de trezentas páginas, a história voa pelas páginas, trazendo dias e anos da vida desses dois protagonistas, e também sentimentos contraditórios de amor e ódio em relação a suas vidas e suas escolhas, na torcida para que tudo dê certo - não é um percurso fácil, mas vale a pena cada palavra.

5 comentários:

  1. Bem, gosto de tramas em que o amor não surge como um passe de mágica ou um amor à primeira vista. Nesse caso foi tudo muito bem construído. Mas, confesso que esse livro não me chamou a atenção. Talvez seja porque não seja fã de romances.

    @_Dom_Dom

    ResponderExcluir
  2. Me chamou atenção, também, que o livro mostra a vida como ela é, definida pelas escolhas que fazemos, que nem sempre conseguimos o que queremos e que nem sempre o que queremos é o que precisamos.

    ResponderExcluir
  3. Não conhecia o livro, é a primeira resenha que leio dele.
    Você falou de primeira etapa, tem mais livros?
    Bjs, Rose

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É livro único, mas a história entre Richard e Hanna começa anos antes do romance, com idas e vindas, contratempos e tudo mais que tem direito. Então primeira etapa foi uma forma de colocar que era o início, o primeiro dos obstáculos que eles têm de enfrentar.

      Excluir
  4. Estou doida pra ler esse livro e cada resenha que leio dele me deixa ainda mais ansiosa em conferi essa história que parece ser ótima.

    ResponderExcluir

Comentários e elogios são sempre bem-vindos. Críticas são construtivas, agora, insultos e xingamentos são falta de respeito.
Desde já, obrigada pra quem comenta.

© Coisas da Amanda Todos os direitos reservados.
Criado por: Amanda.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo