Primeiro Amor - James Patterson

27 janeiro, 2015


Axi Moore é uma garota certinha, estudiosa, bem comportada e boa filha. Mas o que ela mais quer é fugir de tudo isso e deixar para trás as lembranças tristes de um lar despedaçado. A única pessoa em quem ela pode confiar é seu melhor amigo, Robinson. Ele é também o grande amor de sua vida, só que ainda não sabe disso. Quando Axi convida Robinson para fazer uma viagem pelo país, está quebrando as regras pela primeira vez. Uma jornada que parecia prometer apenas diversão e cumplicidade aos poucos transforma a vida dos dois jovens para sempre. De aventureiros, eles se tornam fugitivos. De amigos, se tornam namorados. Cada um deles, em silêncio, sabe que sua primeira viagem pode ser também a última, e Axi precisa aceitar que de certas coisas, como do destino, não há como fugir. Comovente e baseado na própria vida do autor, este livro mostra que, por mais puro e inocente que seja, o primeiro amor pode mudar o resto de nossas vidas.


               Axi Moore é um exemplo de garota e de filha, ela é uma boa menina, tem notas boas e segue todas as regras, mas isso é uma espécie de máscara, de disfarce, pois por mais que haja como uma garota exemplar, tudo que Axi deseja é fugir de tudo isso, fugir das tristes lembranças de seu lar despedaçado, das obrigações de cuidar de tudo desde tão nova e impedir que o pouco que resta de sua família se parta em um milhão de pequenos pedacinhos.
               A única pessoa que sabe disso e em quem ela pode confiar é Robinson. Ele é mais que isso. Ele é o seu grande amor, ainda que não saiba disso. Robinson, seu fiel e inseparável melhor amigo, é claro que aceita quando ela lhe diz que quer viajar, fugir dali, viajar sem rumo para os lugares que eles sempre quiseram conhecer.
               Essa é a grande aventura deles, horas na estrada, carros diferentes, caminhos que passam a conhecer juntos, uma viagem para lhes mudar a vida. E literalmente muda. Percorrendo quilômetros e mais quilômetros juntos sua amizade se torna ainda mais forte, até confissão do amor que nutriam um pelo outro; suas atitudes que começaram como uma rebeldia para se livrar da monotonia logo os converte em criminosos, mas desde que estejam juntos, nada mais importa..
               Mas o destino é uma coisa engraçada que gosta de brincar com esses protagonistas. Agora que finalmente estão como sempre quiseram estar, no seu íntimo eles sabem que pode ser a última vez que fazem isso; com o passar dos dias o motivo fica claro, o que os une ainda mais, e pode partir seus corações.

               James Patterson é famoso por seus livros de suspense, mas depois que li O Diário de Suzana para Nicolas me convenci que o forte dele, de verdade, é o romance. E Primeiro Amor me comprovou isso. Mesmo escrevendo a resenha meses depois de ler o livro cada capítulo ficou gravado, cada cena e o desenrolar desse livro ficaram marcados.
               Poderia ser uma história engraçada, uma aventura de melhores amigos que resolvem cruzar o país em uma viagem de carro e conhecer os lugares que sempre quiseram antes de ir para faculdade, por exemplo, mas com James Patterson a história nunca é só isso. Conforme ganham a estrada e percorrem milhares de quilômetros, o amor cria coragem e se sobressai, e então vem o golpe final.
               A história me encantou por ter sido muito bem estruturada, o passado é tão importante quanto o futuro, mas só aos poucos ele vai sendo relembrado e trás segredos que mudam o rumo de tudo.

               Ainda hoje me faltam palavras para descrever o tanto que essa história me tocou e me encantou, só sei que deve ser lida por todos que amam um bom romance - sem importar que seus protagonistas sejam meros adolescentes.


4 comentários:

  1. Gostei, quero ler, ainda mais sendo baseado na vida do próprio autor, acredito que assim o livro ganhe uma profundidade e uma sinceridade maior.

    ResponderExcluir
  2. Esse livro foge um pouco do que to acostumada a ler do James Patterson. To acostumada aos livros policiais e qdo vejo histórias simples assim até me assusto.
    Eu tenho uma certa birra com essa avalanche de livros adolescentes que estão por aí pq tudo pra eles tende a ser um drama sem fim, mas me surpreendi com a sua resenha.

    ResponderExcluir
  3. Já li o "O Diário de Suzana Para Nicolas" e gostei bastante também. Li também os dois primeiros volumes da série "Bruxos e Bruxas" e não gostei. Ou seja, estou no meio termo em relação ao autor. Então preciso ler mais um pra desempatar essa parada. Pelo que vi, acho que vou gostar desse também, mesmo sendo um romance com protagonistas adolescentes.

    @_Dom_Dom

    ResponderExcluir
  4. Não sabia que o James Patterson também escrevia romances! A sinopse é bem promissora e adorei essa questão de sair de viagem, mas eu sinto que o final vai ser triste por alguma razão.

    ResponderExcluir

Comentários e elogios são sempre bem-vindos. Críticas são construtivas, agora, insultos e xingamentos são falta de respeito.
Desde já, obrigada pra quem comenta.

© Coisas da Amanda Todos os direitos reservados.
Criado por: Amanda.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo