Um Dia de Cada Vez - Courtney C. Stevens

16 dezembro, 2014

Alexi Littrell era uma adolescente normal até que, em uma noite de verão, sua vida é devastada. Envergonhada, a menina começa a se arranhar e a contar compulsivamente uma tentativa de fazer a dor física se sobrepor ao sofrimento que passou a esconder de todos. Ela só consegue sobreviver ao terceiro ano do ensino médio graças às letras de música que um desconhecido escreve em sua carteira. As canções parecem adivinhar o que o coração de Alexi está sentindo. Bodee Lennox nunca foi um adolescente normal, mas agora é o menino que teve a mãe assassinada pelo pai. Em seguida, ele vai morar com os Littrell, e Alexi acaba descobrindo que o Garoto Ki-Suco, o quieto e desajeitado menino de cabelos coloridos, pode ser um ótimo amigo. Em Um dia de cada vez, Alexi e Bodee, ao mesmo tempo em que fingem para o resto do mundo que está tudo bem, passam a apoiar um ao outro, tentando viver um dia de cada vez.


               Alexi é a  prova de que em um único dia toda vida que se conhece pode mudar. Ela era uma garota normal, até uma noite de verão com amigas e garotos do futebol sair um pouco de controle, desde então ela não sorri, tampouco dorme bem, tem uma fixação por contar compulsivamente e se tranca em seu closet por horas, rasgando figurinhas e arranhando o pescoço. A ironia? Ninguém parece notar. Claro, porque a vida dela foi a única afetada e tudo ainda é um segredo.
               Mas Bodee Lennox, o garoto cujo pai matou a mãe, o garoto que pinta o cabelo naturalmente loiro com sucos coloridos, o garoto que, ainda assim, ninguém parece notar a presença, ironicamente, é o único que percebe o que passa com Alexi. Depois do assassinato de sua mãe, ele vai viver com a família Littrell, um ato de compaixão por parte da mãe de Alexi que era uma grande amiga da mãe de Bodee, e, sem Alexi se dar conta, Bodee se transforma justamente na salvação que ela precisava.
               Junto com Bodee, que calado a sua maneira oferece a Alexi o conforto que ela precisa, há um Capitão Letra de Música, cuja identidade ela desconhece, mas faz parte do que o torna tão interessante - junto com seu gosto musical e sua capacidade de sempre acertar o que Alexi precisa - são o que fazem Alexi levantar todos os dias, enquanto ainda aprende como lidar com o que passou.

               Antes de iniciar a leitura desse livro, li diversas resenhas, e a opinião geral é de que esse livro é ótimo, e realmente foi! Fora o péssimo nome do protagonista, a autora soube desde o início como alimentar a curiosidade do leitor para nos deixar presos ao enredo e, aos poucos, revelar o que realmente aconteceu.
               Mas mais que esse mistério, a beleza da história está na simplicidade dos personagens. A princípio Bodee e Alexi seriam completamente opostos, ele com uma vida sofrida enquanto ela sempre foi bem tratada e cuidada em casa; engraçado como uma tragédia é capaz de aproximar as pessoas, e parece que apenas depois da morte de sua mãe foi que Bodee passou a existir para as demais pessoas, enquanto Alexi se tornou outra pessoa depois do que aconteceu no verão. Nesse momento nenhum dos dois tem uma vida fácil, e em meio a essa dor, eles se completam.
               Com uma narrativa fluída e envolvente, um enredo diferente do que tenho visto no mercado e personagens carregados de sentimentos, a leitura de Um Dia de Cada Vez me fez pensar na história mesmo dias depois de conclui-la, um livro que ficou marcado e que não vou esquecer tão cedo, de tanto que me impressionou.



5 comentários:

  1. Não li este livro ainda, mas tenho interesse nele. Não para ler agora, mas para uma leitura um pouco mais para frente.
    Bjs, Rose

    ResponderExcluir
  2. Não gosto de livros com temas "pesados". LI Garotas de Vidro e fiquei impressionadíssima pelas passagens fortes... quem leu vai saber do que to falando.
    Por mais que digam que o livro é bom, fujo de livros assim... prefiro mais uma comédia.

    ResponderExcluir
  3. Fiquei interessa, pois a história aparenta ser bem legal.



    Acompanhando seu blog e sua página. bjs
    Blog http://cantinhodacarolll.blogspot.com.br/2014/12/lola-e-o-garoto-da-casa-ao-lado-resenha.html
    Página https://www.facebook.com/pages/Luxuoso-Estilo/175631289312048?ref=bookmarks

    ResponderExcluir
  4. Muito bem ler livros assim, que, mesmo depois de acabados, ainda mantém vivas suas reflexões em nossas vidas. Ainda não li, mas pelo que sua resenha me passou, esse casal se complementa em tudo. Tem uma química perfeita.

    @_Dom_Dom

    ResponderExcluir
  5. Livros que nos marcam assim são fascinantes. Espero ter a oportunidade de ler.
    Que bom que li a resenha, do contrário, continuaria com uma má impressão do livro.

    ResponderExcluir

Comentários e elogios são sempre bem-vindos. Críticas são construtivas, agora, insultos e xingamentos são falta de respeito.
Desde já, obrigada pra quem comenta.

© Coisas da Amanda Todos os direitos reservados.
Criado por: Amanda.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo