Se Eu Ficar - Gayle Forman

21 outubro, 2014





Depois do acidente, ela ainda consegue ouvir a música. Ela vê o seu corpo sendo tirado dos destroços do carro de seus pais – mas não sente nada. Tudo o que ela pode fazer é assistir ao esforço dos médicos para salvar sua vida, enquanto seus amigos e parentes aguardam na sala de espera... e o seu amor luta para ficar perto dela. Pelas próximas 24 horas, Mia precisa compreender o que aconteceu antes do acidente – e também o que aconteceu depois. Ela sabe que precisa fazer a escolha mais difícil de todas.






               Era para ter sido um dia comum, um dia qualquer em que a neve, ainda que não tão forte, fez com que as aulas fossem canceladas e Mia pudesse passar o dia em família. Ela e seu irmão não teriam aula, sua mãe ligou no trabalho avisando que faltaria e seu pai, por ser professor, também não teria que trabalhar. Um perfeito dia de neve em que Mia Hall abriu mão das suas horas de treino no violoncelo para passear com a família.
               Mas um acidente arruinou esse dia perfeito.
               Um acidente que custou a vida de seus pais, feriu gravemente seu irmão e a deixou em coma. Em uma experiência fora do corpo Mia vivencia cada momento, ela vê quando o resgate chega e quando a levam ao hospital, observa quando a levam para cirurgia e quando uma enfermeira simpática lhe sussurra palavras de incentivo e força... ela vê o sofrimento de sua família, e sabe que seus pais estão mortos. Ela acompanha sua melhor amiga... e, finalmente, ela vê Adam, o seu grande amor.
               No decorrer de um dia Mia revive os melhores momentos de sua vida e acompanha a espera de todos que a amam enquanto pensa qual a decisão certa a tomar, ela pode partir, é tão mais fácil partir, deixar tudo isso para trás, abandonar toda a dor e o sofrimento e se unir aos seus pais onde quer que estejam. Mas, ao mesmo tempo, partir é tão difícil pois significa abandonar seus avós, que em algumas horas foram verdadeiros pais, significa deixar sua melhor amiga para trás, e, principalmente, significa abandonar Adam.
               No passar desse dia ela põe na balança o tamanho da dor que a espera se acordar, mas também o tamanho do amor que a aguarda, o amor de sua família, o amor de Adam. E, de qualquer forma, essa é a decisão mais difícil que Mia terá que tomar, e, independente de qual seja o resultado, terá de ser forte para aceitá-lo - e ela não sabe se tem toda a força que precisa.

               A primeira vez que li esse livro, anos atrás, ficou uma impressão, e anos depois continua a mesma. O livro me causa uma relação de amor e ódio, amor porque tem referências musicais muito boas e um enredo diferente do que vemos por aí, ademais, o romance entre Mia e Adam é tão puro e bonito e profundo que faz suspirar e torcer por eles, quanto ao ódio, acho que está relacionado a ansiedade, afinal são mais de duzentas páginas de incerteza para um final que deixa um sabor de quero mais e uma vontade de agarrar o próximo livro no mesmo instante.
               De verdade eu esperava mais, pensei que esse seria o livro que me faria chorar, mas não chegou a tanto, ainda que esteja repleto de quotes tocantes e cenas bonitas, e seja uma boa e rápida leitura, não me tocou tanto quanto eu havia esperado e isso me decepcionou um pouco.



11 comentários:

  1. Eu gostei muito do livro, mas confesso que gostei muito mais da sequência... Os quotes são muito bonitos e o livro nos trás não somente uma história de amor, mas sobre família... Gostei muito disso :)
    Bjs

    ResponderExcluir
  2. Eu to meio indecisa com esse livro ainda. Não li, mas tenho vontade de ler apenas pra saber o porque de tanto burburinho por aí. Imagino que seja uma história muito emocionante, mas já ouvi gente dizendo que não é pra tanto, é bonito mas não precisa desse exagero todo. Enfim, só lendo pra saber né! Tenho a contiuação dele em mãos, mas ainda não tenho o primeiro, hahahah. Ver se eu compro pra ler né?!
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Minha recomendação: compre o primeiro e leia para ler logo a continuação, que essa sim me agradou bastante! Beijos

      Excluir
  3. Eu o li já tem uns 2 anos, e na época me emocionei muito, principalmente no final.
    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir
  4. Eu li esse livro a pouco tempo, mas confesso que também esperava mais. É uma história bem bonita, mas a Mia me irritou muito! E eu esperava que fosse super emocionante, e eu não achei que foi. Gostei bem mais do filme que do livro. Mas estou com vontade de ler o segundo livro, e vou torcer pra seja melhor.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  5. Bom, seu "ódio" é por um bom motivo. Aliás, parece-me mais um elogio do que um ressentimento. rs
    Gosto de histórias que nos prendem e nos deixam curiosos. E concordo que a premissa da trama é diferente de muito do que vemos por aí.
    Esse é um livro que quero muito ler um dia desses.
    bjs

    ResponderExcluir
  6. Olá.

    Eu curti bastante a leitura de Se eu ficar. Mia apesar de ser um pouco anti-social é legal, gostei da criação do personagem e seu amor pela música. Adam é lindo e curti muito mais ele no filme que no livro. No total eu preferi mais o filme ao livro. Estou super curiosa com a leitura de Pra onde ela foi. Já comprei mas ainda não tive tempo de ler ele. =/

    Beijos.

    ResponderExcluir
  7. Não tenho a mínima vontade de ler este livro, mas, quero, sim, assistir ao filme. Não sou dada a dramas quando se trata de livros, mas amo o gênero quando se trata de filmes.

    ResponderExcluir
  8. Estou doida pra ler esse livro. Só tenho ouvido elogios e o fato da continuação já ter sido lançada me deixa com mais vontade ainda, já que todo mundo diz que ela é ainda melhor!! Com certeza lerei ainda esse ano.

    Beijos!!

    ResponderExcluir
  9. Minha prima tem o livro e ele é muito caprichado com as artes nas páginas, né?!
    Só por este carinho especial, já dá pra imaginar que a leitura vale a pena, apesar de eu querer conferir a adaptação cinematográfica primeiro.

    ResponderExcluir
  10. Já vi o filme e gostei bastante.
    Já tenho o livro, mas ainda não o li =( Mas pretendo esse mês de novembro.
    Espero gostar bastante, pois a história é bem emocionante.

    ResponderExcluir

Comentários e elogios são sempre bem-vindos. Críticas são construtivas, agora, insultos e xingamentos são falta de respeito.
Desde já, obrigada pra quem comenta.

© Coisas da Amanda Todos os direitos reservados.
Criado por: Amanda.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo