Enroscado (Tangled #02) - Emma Chase

14 outubro, 2014

ATENÇÃO! Pode conter spoilers do primeiro livro da série Atraído


Quando espontaneidade e tranquilidade se juntam com prudência e responsabilidade, apaixonar-se pode se tornar algo um pouco... Enroscado. Katherine Brooks era o tipo de pessoa planejada, cautelosa. Até conhecer Drew Evans, seu namorado persistente e seguro de si. Juntos, eles formam um casal que se jogam no trabalho e nas aventuras da vida a dois. Até que uma notícia (ou um possível mal-entendido) chega para abalar essa relação. Enquanto seus familiares e amigos acham que eles estavam vivendo o “felizes para sempre”, Kate e Drew entram numa crise. Ela vai para a casa de sua mãe em Greenville. Ele encontra na bebida uma forma de entender o que acontece com seu amor. Enroscado é uma história engraçada e sexy de um casal que não se cansa de desfazer velhos hábitos e busca sempre se reinventar. Nesse segundo volume, será que eles vão conseguir superar as surpresas que a vida a dois proporcionou ao longo do namoro? 


               Em Atraído conhecemos o egocêntrico Drew Evans, ele, o filhinho preferido da mamãe, o irmãozinho mais novo, o que sempre foi cuidado e protegido e não se importava com os sentimentos das mulheres, o que era muito bom no seu trabalho e nunca se cansava de se gabar disso. Esse era o Drew Evans até Katherine Brooks aparecer em sua vida. Ela, uma versão feminina e muito melhorada dele, fez sua rivalidade crescer dentro da empresa, mas também abriu seus olhos para outros sentimentos, como o amor.
               Katherine Brooks conseguiu fazer Drew Evans se apaixonar, e quase o destruiu quando ele pensou que ela ficaria com o ex ao invés de escolhê-lo... Mas isso foi antes, agora eles têm outra história para contar.
               Por que ressaltar as características mais marcantes de Drew mesmo que elas não sejam positivas? Porque no segundo livro da série fica claro que ele não aprendeu tão bem assim a ser um homem melhor, a respeitar e também não amadureceu tanto quanto julgava... Isso porque imprevistos surgiram na vida de Katherine, e enquanto buscava uma forma de solucioná-los sozinha, Drew tomou outras conclusões e resolveu utilizar dos seus próprios meios: ele pensou que Katherine o estava traindo, e resolveu pagar na mesma moeda.
               Consequência? Dois corações partidos e Katherine voltando para a cidade onde foi criada, para buscar consolo nos braços da mãe. Alguns meses atrás, voltar a Greenville seria assumir uma derrota, mas Katherine está tão devastada que não lhe resta outra opção nem outro desejo, assim que seu plano é passar alguns dias com a mãe enquanto tenta descobrir o que fazer do resto da sua vida, já que esquecer Drew ela sabe que não será possível.
               Enquanto isso Drew se encontra em um estado tão deplorável quanto ela, enterrando-se na bebida para não sofrer mais.
               Até que uma hora o orgulho precisa ser posto de lado, para que a situação se resolva, mesmo que isso signifique que Drew tem de se arrastar e suplicar, ele não está disposto a perdê-la.

               Com a narração intercalada entre Katherine e Drew, a narrativa bem humorada e despojada em que os personagens interagem com o leitor permanece nesse segundo livro da série, cuja história é ainda mais intensa. Sentimentos estão a flor da pele, não apenas no relacionamento dos dois, mas em relação a todos os demais, e quando Katherine retorna a sua cidade, muitas lembranças voltam junto e a fazem repensar o caminho que trilhou até ali.
               E outra coisa permanece igual: Drew. Ainda que ele tenha todos os defeitos do mundo, e ainda que ele mereça sofrer, em alguns momentos é apenas impossível resistir ao seu carisma, seu charme e, principalmente, sua sedução.

               O enredo progrediu muito bem, a história continua evoluindo sem perder os elementos que conquistaram os leitores desde as primeiras páginas, e promete ainda ter continuações tão incríveis quanto!

10 comentários:

  1. Tanto esse livro como o primeiro são maravilhosooos!! Nunca gostei tanto de um livro desse gênero! O Drew é simplesmente muuito carismático, é impossível não amá-lo e não morrer de rir com suas tiradas e constatações! Acho que a autora soube muito bem conduzir a história, sem deixar se repetir e ser chata, amo demais esse livro, é do tipo que eu releria 100 vezes!

    ResponderExcluir
  2. Não li ainda o primeiro volume, só tenho acompanhado por resenhas... Mas gosto deste gênero e pretendo ler, além do que, a capa é um bom incentivo!
    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir
  3. Bom, tenho os livros aqui, mas ainda não os li. Sempre que leio as resenhas fico imaginando que seja algo parecido com a série do Cretino Irresistível... as características do Drew lembram demais Bennett ♥

    ResponderExcluir
  4. Eu já li o primeiro e me apaixonei pelo Drew. >.< Tão fofo ele no começo, me deixaria seduzir por ele toda hora. Uma coisa que curti e que o livro é narrado por ele no primeiro, nesse segundo fiquei sabendo que é pela Katie e na verdade não curti muito isso. Dei uma lida por cima na resenha que não queria pegar spoiler. >.<
    Comprei ele na Bienal de SP e ainda não animei ler. Vou colocar ele na pilha do mês que vem.

    Visite: http://paradisebooksbr.blogspot.com.br/

    Beijos.

    ResponderExcluir
  5. Gosto muito da maneira como a autora escreve essa serie... A tornando tão divertida... Me faz sentir como em um filme de comedia... Amei os dois livros da série e espero que logo traduzam o terceiro :)
    Bjs

    ResponderExcluir
  6. Eu li o primeiro livro em inglês, e gostei tanto que estou querendo reler ele. Estou doida pra ler o segundo livro! Parece ser ainda melhor que o primeiro. E já estou morrendo de saudades do Drew, e não importa o que ele faça, realmente não dá pra resistir a ele *u*
    Beijos!

    ResponderExcluir
  7. Gostei do título e da premissa da história. Também curto muito esses livros narrados por mais de um personagem. Acho bacana poder conhecer vários pontos de vista e, principalmente, o que se passa da cabeça deles.
    obs: O Drew deve ser super carismático mesmo! rs
    bjs

    ResponderExcluir
  8. Repetitivo, porém sincero: não curto este tipo de literatura.
    Vou ali no cantinho ser hater sozinha :/

    ResponderExcluir
  9. Outro livro do gênero kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
    realmente vocês gostam, hein?
    Como falei, o gênero ficou cansativo para mim e não me agrada.... então, infelizmente não tenho interesse em adquirir essa obra =(

    ResponderExcluir
  10. Não li o primeiro e também não pretendo ler o segundo... por mais comentários positivos que eu leio, não consigo superar a aversão que tenho a esse gênero.

    Beijos!

    ResponderExcluir

Comentários e elogios são sempre bem-vindos. Críticas são construtivas, agora, insultos e xingamentos são falta de respeito.
Desde já, obrigada pra quem comenta.

© Coisas da Amanda Todos os direitos reservados.
Criado por: Amanda.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo