O Segredo de Ella e Micha (Segredo #01) - Jessica Sorensen

22 julho, 2014


Este livro que você vai ler agora arrancou suspiros de uma legião de leitores americanos, entusiasmados com a escrita provocante de Jéssica Sorensen. O segredo de Ella e Micha trata do romance entre dois jovens, mas não é só isso. Os protagonistas vão tecendo, em primeira pessoa, uma trama complexa e ao mesmo tempo simples, que envolve temas delicados como dramas familiares, traumas psicológicos, medo do futuro e da morte, com naturalidade e sinceridade. Eis o que torna o livro tão comovente: sua realidade. Em qualquer lugar do mundo, cada jovem têm um pouco destes dois heróis paradoxalmente frágeis com seus traumas, mas fortes para enfrentar a dura realidade da existência e superar seus conflitos mais difíceis. Respire fundo, prepare-se para acompanhar uma história de amor com pitadas generosas de sensualidade e adrenalina.



Ella e Micha são melhores amigos desde crianças. Juntos eles aprenderam como driblar as dificuldades, como se adaptar em viver em um lugar cercado pela criminalidade e serem bons juntos. Um sempre completou o outro... Ella o cativou com o jeito meio moleque e muito durona, nunca deixava uma briga para depois, e não se importava em estar cercada por garotos falando de carros ao invés de ir brincar de boneca. Enquanto Micha sempre foi a imagem perfeita de um cara legal, mas com aparência perigosa, com piercings e roupa pesada.
Todos juravam que esses dois ficariam juntos, até Ella sumir sem olhar para trás.
Criada em uma família problemática, a mãe com problemas psicológicos, o pai alcoolatra, o irmão que nunca se importou muito, Ella sempre teve apenas a si mesma, até Micha conquistar sua confiança... Até o memorável dia na ponte, ela estava tão fora de si que só de pensar em olhar para Micha de novo lhe dava vergonha. Assim, ela decidiu deixar para trás o que aconteceu junto com essa personalidade que só lhe trouxe problemas.
A sua ideia é que, se for para faculdade, se vestir como uma menininha e agir de acordo, tudo vai se ajeitar. E ela esteve fazendo isso muito bem nos últimos oito meses. Suas notas subiram, seu comportamento se tornou menos agressivo, tinha até uma melhor-amiga/companheira-de-quarto.
Só que as férias chegaram e Ella não tem outra opção além de voltar para casa (sim, ela tentou de tudo para não ter que ir, mas dinheiro é sempre um problema). Voltar significa reencontrar Micha... e quando ele a vê novamente, Ella sabe que ele está disposto a tudo para ter sua melhor amiga de volta, com direito a roupas pretas, muito delineador e um comportamento nada exemplar.

Por ser um New Adult, já chamou minha atenção, mas o que me cativou mesmo foi a escrita da autora, tão despojada que flui com naturalidade, mesmo ao tratar de temas tão fortes quanto os problemas familiares. É tão cativante, que toda a ladainha de ser clichê entre melhores amigos fica para trás, assim como a personalidade típica de Micha – que acaba sendo um grande conquistador de leitoras, com toda sua devoção por Ella e seu desejo sem fim de encontrá-la e fazê-la voltar a si.
O grande ponto da história gira em torno da noite na ponte, o que a antecedeu e o que ocorreu depois de Micha tê-la buscado, o que para Ella é uma grande vergonha, mas também uma grande dor; e com seu jeito galante, Micha está encarregado de fazê-la aceitar o que aconteceu.
Grande ponto positivo na história, também, são os personagens secundários, Ethan – melhor amigo de Micha – e Lila – a melhor amiga de Ella. Eles não têm uma participação tão grandiosa, são sempre secundários, mas souberam manter o ritmo da história e apoiar os principais.
Com o ponto de vista dividido entre os dois personagens, a autora nos permite entender todos os graus e ângulos dessa história, que permeia o segredo de Ella e Micha.

A editora ganhou pontos trazendo esse livro para o Brasil, principalmente ao ter tanto cuidado na diagramação, que apesar de simples, não possui erros... Minha única dúvida é quanto a capa, sim, a versão brasileira ficou linda, mas retrata a Ella de agora – a que ela tenta insistentemente em ser – enquanto a versão americana traduz o sentimento da antiga Ella e de Micha, com cores pesadas e uma capa bem provocativa – que faz todo sentido, a partir do momento que Micha e suas provocações sem fim aparecem na história. A capa ficou bonita, e entendo que a editora não tenha querido passar um apelo mais sexual que vai além do que a história oferece (para ninguém pensar que é um sexseller, por exemplo), acho que só tenho que me acostumar. Agora é aguardar ansiosamente pelo lançamento do próximo livro da série!

4 comentários:

  1. Essa é a minha leitura do momento. Estou adorando e cada vez mais curiosa para descobrir o que aconteceu na ponte. A escrita da Jessica realmente é sensasional, não dá para parar de ler.
    Beijinhos!

    ResponderExcluir
  2. Aaah eu amei esse livro! Achei um dos melhores new adults que já li! Gosto dele exatamente por tratar de temas mais fortes e de certa maneira delicados, coisa que nçao estou acostumada a ler, principalmente em new adults (com suas exceções, claro). Mas adorei esse livro, toda a trama, os personagens, a narrativa, gostei de tudo, não consegui botar defeito em nada! Amei de verdade!
    Beijos

    ResponderExcluir
  3. Sou uma super fã deste gênero, e apesar de ainda não ter lido nada da autora e nem o livro , tenho muito interesse em realizar a leitura pois muitas pessoas já me indicaram e muitas resenhas positivas li, e recentemente comprei ele e pretendo ler em breve!!
    Abraço....

    ResponderExcluir
  4. estou super curiosa em apreciar essa leitura tem um enredo que muito me agrada, capa perfeita ...amei

    ResponderExcluir

Comentários e elogios são sempre bem-vindos. Críticas são construtivas, agora, insultos e xingamentos são falta de respeito.
Desde já, obrigada pra quem comenta.

© Coisas da Amanda Todos os direitos reservados.
Criado por: Amanda.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo