Eu Te Vejo

01 abril, 2014

Apesar de apaixonada pela arte e pelas cores de Veneza, cidade onde vive, a jovem restauradora Elena Volpe tem seu coração como uma tela em branco, pois nunca viveu uma grande paixão. Com 29 anos, a protagonista de Eu te vejo tem a sua vida transformada com a chegada de Leonardo Ferrante, um famoso chef de cozinha e o mais novo inquilino do palácio onde trabalha na restauração de um afresco. O encontro com Leonardo abala suas certezas, abrindo as portas de um paraíso inexplorado. O chef sabe que o prazer é uma conquista para todos os sentidos – tem uma forma, um odor, um sabor – e guiará Elena até os limites mais doces e extremos do sexo, mas sob uma condição: nunca deverá se apaixonar por ele. A jovem aceita a proposta e deixa-se seduzir por este homem de passado misterioso, que parece fugir de seu desejo de prendê-lo a ela para sempre. Em Eu te vejo, Irene Cao revela uma trama de escrita suave, como o pincelar cuidadoso de uma restauração, e saborosa, como a gastronomia italiana. Tendo como cenário a exuberante cidade de Veneza, o primeiro volume da primeira trilogia erótica italiana traz todos os sentidos envolvidos na paixão entre Elena, uma mulher que não conhece o amor, e Leonardo, um homem que só conheceu o lado mais obscuro desse sentimento. 

A bela Elena está tendo a chance da sua vida desde que saiu da Escola de Restauro: está responsável pela restauração de um afresco muito famoso cujo artista é desconhecido, na imagem está retratado o rapto de Proserpina, mas uma das figuras principais da imagem lhe dá um tremendo trabalho, trata-se apenas de uma romã, mas atingir a cor e a textura exata são um desafio para Elena.
A obra fica em um palácio antigo em um bairro pitoresco de Veneza, e o dono dela não é ninguém menos que um conde. Até então Elena não tinha problema algum com o trabalho, o restauro vinha evoluindo bem e o conde sempre a tratou com estima sem ser desrespeitoso... mas quando ele trás um convidado para se hospedar no palácio, Elena não consegue mais se concentrar.
O convidado se chama Leonardo Ferrante e é um grande chef de cozinha, a quem o conde admira muito o trabalho. A princípio ter um convidado não deveria ser um incômodo, mas a presença marcante e os traços sensuais de Leonardo começam a mexer com Elena... mais que isso, o jeito de Leonardo, sua confiança e sua liberdade dão a Elena certa inveja.
A atração é recíproca, mas desde o início Leonardo lhe deixa claro: ele não quer um relacionamento, o encontro entre eles é apenas casual, ambos continuam livres para seguirem com suas vidas sem nem dar satisfações. Para a simples e recatada Elena o acordo não parece certo, mas Leonardo tem essa aura que a atrai e cada vez que está entre seus braços, Elena não pensa em nada mais... Nem mesmo no seu melhor amigo que é visivelmente apaixonado por ela e aguarda que Elena vá visitá-lo em Roma.
Dividida entre duas espécies de amor, Elena tem de escolher entre um relacionamento sério e politicamente correto com Filippo, seu melhor amigo, ou se deixar levar pela sedução de Leonardo, que está disposto a fazê-la se livrar de todas as suas reservas sexuais, ensinando-a a adorar o sexo e o próprio corpo.

Em um primeiro momento Eu Te Vejo soa como todos os clichês eróticos que estão lotando o mercado editorial nos últimos anos, mas basta os primeiros capítulos para se dar conta de que ele é completamente oposto aos clichês. A começar pelos personagens, Elena, apesar de ser indecisa como a maioria das mocinhas, evolui gradativamente no decorrer da história e tende a só melhorar no decorrer da trilogia, já Leonardo, ele é o mocinho mais misterioso dentre as minhas últimas leituras, em algumas cenas parece até um fantasma, chega pronto para ensinar Elena algo novo na arde da sedução, a atrai e lhe ensina tudo que quer, e logo desaparece. Leonardo não fala muito sobre si, não fica todo protetor para cima dela nem a persegue o livro todo – está mais para o oposto, ele foge foge e foge.
A narrativa é em primeira pessoa e muito envolvente, principalmente quando Leonardo está envolvido! E o que mais agrada é que toda sedução entre eles, apesar de bem erótica, não é vulgar, a autora soube guiar o enredo e usar as palavras certas para criar um clima sexy sem decair na linguagem.
Um ponto que achei muito interessante foi a forma de sedução abordada pela autora, Leonardo quer fazer Elena sentir tudo, usar dos cinco sentidos para buscar prazer e satisfação.
O melhor da história é a incerteza quanto ao rumo que ela está tomando, cada capítulo é uma surpresa para chegar a um final bem surpreendente, que deixa o leitor ansioso pelo que ainda está por vir.
A leitura foi rápida e envolvente, é um livro curto (pouco mais de 200 páginas) e a diagramação da editora ficou redondinha, sem erros ou falhas. Agora é aguardar pelo que a autora preparou para o próximo livro, que será lançado em maio pela Suma de Letras!

" - Se você está buscando o amor romântico, eu não sou o cara certo.- Você não é a única, Elena, se é isso que quer saber. Não espere que eu seja fiel a você."


17 comentários:

  1. Desde que vi o book trailer notei que esse livro seria diferente de tudo o que já li.
    Não somente a capa linda, mas a sinopse, o book trailer e agora sua resenha fizeram-me encantar por este livro, preciso dele!
    É realmente surpreendente ver finalmente um personagem que não seja todo protetor para cima da mocinha e que não corra atrás dela praticamente a obrigando a ficar com ele. Eu amo 50 todos, toda sua e peça-me o que quiser, mas estou realmente de saco cheio com personagens com personalidade tão parecidas.
    Finalmente teremos algo diferente!
    Não vejo a hora de ler \O/

    Blog: http://worldbehindmywall.fanzoom.net/
    Twitter: https://twitter.com/Blog_WBMW

    ResponderExcluir
  2. É bom quando pegamos um livro e vemos o crescimentos dos protagonistas. EU já tinha interesse neste livro, agora tenho mais,
    Bjs, Rose

    ResponderExcluir
  3. Olá adorei sua resenha... Esse livro está na minha lista de desejos mas n e prioridade agora..


    Forever a Bookaholic

    ResponderExcluir
  4. Amo um romance hot e esse parece ser ótimo, estou doida pra ler!

    ResponderExcluir
  5. Até gosto um pouco de romances, mas não romances hot's, e esse livro já li milhares de resenhas, mas não mudo de ideia, simplesmente não gostei

    ResponderExcluir
  6. Eu li esse livro e amei! Achei super diferente, muito mais maduro e adulto que certos livros do mesmo gênero. Exatamente como você disse: não é vulgar. Não choca o leitor.
    A narrativa dessa autora é perfeita, gostei muito do estilo dela. Os personagens também me conquistaram bastante. Apesar de não gostar desse "triângulo amoroso", achei que super funcionou no livro, e não ficou chato. Só não gostei de ter terminado daquele jeito e eu não ter o próximo livro nas minhas mão pra matar a curiosidade! hahaha
    http://www.romanceseleituras.com/

    ResponderExcluir
  7. Até já tentei, mas não curto romances hot... Esse parece ser diferente dos outros, parece que vale a pena dar uma olhadinha, embora definitivamente não seja minha praia...

    ResponderExcluir
  8. Parece ser muito bom esse livro, sempre vejo fãs do gênero elogiando-o! Concordo que o enredo parece ser bem clichê, mas gostei de saber que os personagens são o oposto e foram muito bem construídos. Fiquei curiosa para saber como será o desenrolar deste romance, vou adicionar o livro á minha lista! :)
    beijos

    ResponderExcluir
  9. Eu li o livro em ebook, mas não achei uma maravilha. Como sou chata com as coisas irei ler os outros apenas pra saber como acaba a história, mas sinceramente não tenho grande interesse em compra-los.

    Visite: Paradise Books /+/ Participe: Top comentarista

    Beijos.

    ResponderExcluir
  10. Esse livro me atraiu por vários motivos. Gosto do gênero erótico, mas são poucas as histórias que me envolvem na leitura. Tenho a impressão de que essa seria uma dessas exceções. Começando pelas personagens, que possuem profissões interessantes e o cenário, que é um dos lugares que mais sinto vontade de visitar. Antes mesmo de ler o livro, me sinto intrigada com Leonardo, acredito que ele seria uma dos motivos que essa leitura me prenderia. O fato de ensinar coisas novas para Elena e também mostrá-la como gostar de sexo e do seu próprio corpo, é uma forma diferente de abordar o tema. Fiquei muito feliz ao saber que a autora escreve bem as cenas, isto é, sensual e não vulgar. Isso é algo extremamente importante. Sem dúvidas, está na minha lista de desejados.

    ResponderExcluir
  11. Achei a estória até legal. Mais um pouco clichê demais. O cara é safado e destruidor de corações. Ele nem merecia a tenção da personagem. Mas como não se pode mandar no coração, lá foi ela se deixar levar por ele. Espero que o segundo livro seja melhor que este. E que a estória não se perca pelo caminho, como muitos outros livros que tem continuação. Beijos.

    ResponderExcluir
  12. Eu simplesmente amei a trilogia Cinquenta Tons, porém já li vários outros livros do gênero e nenhum superou minhas expectativas. Claro que como leitora voraz darei uma chance a esta nova trilogia. Com certeza entrou para minha wishlist.

    ResponderExcluir
  13. Pelo que entendi, o livro é um "caliente" calmo... gosto mais assim.....
    Amei a resenha...
    Bjssss

    ResponderExcluir
  14. Quando comecei a ler essa resenha, pensei logo que esse livro era mais do mesmo, mas, pelo que você disse, ele foge dos clichês do gênero. Gostei de saber disso. Legal também quando rola esse emadurecimento da protagonista. Enfim, fiquei bem curioso pra ler.

    @_Dom_Dom

    ResponderExcluir
  15. Acho que estou me tornando viciada nesse gênero, ultimamente venho lendo mais livros do que esperava. Estou me cansando dessa cosia de homem obcecado e apaixonado que persegue a mocinha pela cidade e a livra de perigos. Falta uma narrativa adulta e "sexy sem ser vulgar" , as palavras usadas as vezes parecem sair de um vocabulário de uma adolescente contando sua vida sexual e suas paixões

    ResponderExcluir
  16. Amei sua resenha, super bem elaborada e nos fez ter um gostinho da história...Depois de lê-la, fiquei louca pra ter o livro e devorá-lo, ainda mais por saber que não segue os clichês do momento.

    bjs

    ResponderExcluir

Comentários e elogios são sempre bem-vindos. Críticas são construtivas, agora, insultos e xingamentos são falta de respeito.
Desde já, obrigada pra quem comenta.

© Coisas da Amanda Todos os direitos reservados.
Criado por: Amanda.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo