A Menina que Colecionava Borboletas

20 março, 2014




Bruna Vieira está cada vez mais longe dos quinze, e sabe que crescer nunca é tão simples. Considerada uma das blogueiras mais influentes do mundo, mais uma vez ela dá vazão ao seu talento como escritora com este seu novo livro de crônicas e pensamentos, em que mostra o quanto amadurecer e conquistar a independência é maravilhoso, mas tem seus desafios e poréns. A garota do interior que usa batom vermelho e que realizou seus maiores sonhos continua inspirando adolescentes de todo o país. Para ela, as páginas deste livro significam o bater de asas das borboletas que colecionou dentro do peito por algum tempo e que agora, finalmente, pode deixar que voem livres por aí.





Esse é o segundo livro de crônicas da Bruna Vieira (ela lançou também um romance!) e a evolução pela qual a Bruna passou é quase palpável através de suas palavras. Ela continua a mesma mineira que criou o blog aos quinze anos depois de uma desilusão amorosa, mas o conteúdo e a intensidade de suas crônicas mostram que a garota de quinze anos amadureceu agora com dezenove.
Apesar de tratar dos mesmos temas, crônicas sobre amores e desamores, inícios e fins, rotina, devaneios, amizades, cotidianos, corpo, aceitação... A linguagem está mais madura e as crônicas são um pouco maiores.
Outra visível mudança é o direcionamento ao leitor, nesse livro está bem mais presente, como se a Bruna estivesse falando com você ao ler, seja com confissões ou com perguntas retóricas, ela, de certa forma, conseguiu através das palavras se fazer mais próxima.
Acabei por me identificar ainda mais com as crônicas desse livro, que são profundas e bem estruturadas, e conseguem passar todo o sentimento da autora. Acredito que por ser um pouco mais intenso, a faixa etária desse livro seja um pouco superior, afinal meninas de doze anos – sem ofensas! - não viveram tanto ainda a ponto de se identificar com crônicas sobre término de relacionamentos, mudança de cidade, morar sozinha, crescer.
Quanto a diagramação, a editora caprichou mais uma vez, não só na capa – que ficou a cara da autora e refletiu exatamente a ideia do livro – como no interior do livro, após algumas crônicas tem mensagens ilustradas, e as do miolo do livro são ilustradas! O que mostra não só o empenho da Bruna em fazer sucesso com seu livro, mas também a dedicação e o carinho da editora e de toda a equipe gráfica para ajudá-la nisso.
A leitura não foi tão ágil, não li o livro em uma tacada só, isso graças a intensidade dele que te faz pensar após cada crônica não apenas varrer com os olhos as palavras e pular para a próxima página.
Uma leitura lenta, mas muito prazerosa e que recomendo a todos – mesmo aos que não são fãs de crônicas, sua opinião pode mudar!


"Para conseguir virar a nossa página, precisamos de escolhas e atitudes."

15 comentários:

  1. É muito bom ler um livro onde percebemos o amadurecimento do autor, não é?
    Eu já li um nacional que o primeiro me deu muita raiva porque ele era tão infantil, tão fanfiction, mas ai quando li o segundo me maravilhei com o amadurecimento da autora. Ainda tinha alguns pontos negativos, mas eram pouquíssimos que com o tempo poderia ser corrigido.

    Blog: http://worldbehindmywall.fanzoom.net/
    Twitter: https://twitter.com/Blog_WBMW

    ResponderExcluir
  2. Estou louca para conferir este livro, fiquei bastante animada para realizar esta leitura, pois amo contos e apesar de não conhecer a escrita da autora, estou bastante interessada!!E sem falar desta linda capa!! Espero poder conferir em breve!!
    Beijos!!

    ResponderExcluir
  3. Nossa, não sabia que a escritora era tão novinha, Bruna tem apenas 19? Queria saber se os livros lançados por ela tem uma sequencia. '-'
    Adoro a capa desse livro e tenho interesse em ler. Gostei muito da sua resenha, fiquei apenas um pouco com o pé atrás da leitura ser um pouco lenta.

    Beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Os livros não tem sequência não, são todos independentes! ;) Se não me engano na bienal ela vai lançar o segundo romance, que aí sim será continuação do de volta aos quinze. Mas os livros de crônicas não têm continuação.
      E quanto a leitura ser um pouco lenta, é por ser contos/crônicas, então não é uma narração contínua ;)
      Beijo

      Excluir
  4. Que escritora novinha, acho muito legal quando a pessoa tem vontade de algo e segue logo o seu caminho. Que ela conquiste muitas coisas. Sobre o livro, acho a capa muito interessante e gosto de crônicas, irei tentar ler esse livro.

    Abraços.

    ResponderExcluir
  5. esta na minha lista de leituras para esse ano, parece ser incrivel, estou curiosa em conhecer mais a fundo a historia ..

    ResponderExcluir
  6. Muito interessante este novo trabalho da Bruna, espero ter a chance de ler.
    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir
  7. Li a resenha do livro em alguns blogs e sites, porém não me convenceu. Não senti atração nenhuma pela história.

    ResponderExcluir
  8. Não li nada da Bruna ainda.... mas eu quero. Para ver se é tudo isso que comentam mesmo. Mas uma coisa tenho que admitir, que capa linda dos livros dela hein?

    ResponderExcluir
  9. Sou apaixonada por esse tipo de leitura me fascina...um livro belissimo ..eu amei

    ResponderExcluir
  10. Tenho muita vontade de ler este livro também, ainda não li as outras obras da autora mas este este interessou bastante! Muito bom acompanhar o crescimento e amadurecimento da autora, ela tem conquistado cada vez mais fãs e parece ser ótima! :)
    beijos

    ResponderExcluir
  11. Já li o romance que ela escreveu, mas achei bem fraco (não gostei). Estou com vontade de ler esse, as resenhas que leio são positivas e notam a evolução da escrita da autora.

    Bjs

    ResponderExcluir
  12. Ficou lindo o livro! Ainda não li nada da Bruna, mas só tenho ouvido elogios. Também não sabia que ela era tão novinha. Desejo muito sucesso à ela!!

    Beijos

    ResponderExcluir
  13. Adoro crônicas! Fiquei curiosa a respeito do conteúdo dos dois livros da Bruna. Em especial esse, que pela resenha, parece ser intenso e reflexivo.

    ResponderExcluir
  14. Eu gosto muito de crônicas, então fiquei bem curiosa pra ler esse da Bruna. Ainda não li nada dela, mas sempre ouço falar bem, e acho que gostaria!

    ResponderExcluir

Comentários e elogios são sempre bem-vindos. Críticas são construtivas, agora, insultos e xingamentos são falta de respeito.
Desde já, obrigada pra quem comenta.

© Coisas da Amanda Todos os direitos reservados.
Criado por: Amanda.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo