Eu Me Chamo Antônio

08 janeiro, 2014

Antônio é o personagem de um romance que está sendo escrito e vivido. Frequentador assíduo de bares, ele despeja comentários sobre a vida — suas alegrias e tristezas — em desenhos e frases escritas em guardanapos, com grandes doses de irreverência e pitadas de poesia. Antônio é perito nas artes do amor, está sempre atento aos detalhes dos encontros e desencontros do coração. Quando está apaixonado, se sente nas nuvens e nada parece ter maior importância, e, quando as coisas não saem como esperado, é capaz de enxergar nas decepções um aprendizado para seguir adiante. Do balcão do bar, onde Antônio se apoia para escrever e desenhar, ele vê tudo acontecer, observa os passantes, aceita conversas despretensiosas por aí e atrai olhares de curiosos. Caso falte alguém especial a seu lado (situação bastante comum), Antônio sempre se acomoda na companhia dos muitos chopes pela madrugada. A mente por trás de Antônio é Pedro Gabriel. Em outubro de 2012, ele inaugurou a página Eu me chamo Antônio no Facebook para compartilhar o que rabiscava com caneta hidrográfica em guardanapos nas noites em que batia ponto no Café Lamas, um dos mais tradicionais bares do Rio de Janeiro. Em seu primeiro livro, Pedro apresenta histórias vividas por seu alter ego, desde a cuidadosa aproximação da pessoa desejada, o encantamento e a paixão, até o sofrimento provocado pela ausência e a dor da perda. Os guardanapos que inspiram milhares de pessoas na internet agora estão reunidos numa caprichada edição, novo lançamento da Intrínseca.

Já conhecido nas redes sociais, o sucesso veio antes mesmo do lançamento do livro, e sim no facebook na página Eu me chamo Antônio, que tem centenas de milhares de pessoas curtindo e está sempre sendo atualizada.
A grande marca do autor é fazer arte e poesia de forma inusitada, seja em guardanapos ou pedaços de papel, ele dá um jeito de deixar a sua mensagem. Algumas são pensamentos, outras são tiradas sarcásticas ou uma forma distorcida de algum ditado. Com desenhos e letras bem trabalhadas, o rabisco no guardanapo vira arte.
E essa arte agora está reunida em um livro!
E eu aposto (e torço!) que venham muitos outros, porque nesse exemplar apenas uma parte da arte está reunida.

Ficou um livro curto, mas com a diagramação impecável. Todas as páginas foram bem trabalhadas e os poemas foram divididos em sessões. Por ser curto é um livro rápido de ler, mas eu recomendo que você o deguste, um poema ou uma sessão de cada vez, porque poesia é assim, você lê e tem que absorver, tem que sentir, não apenas ler para passar as páginas e concluir logo.

E com um trabalho tão bem feito, é mais do que merecido ter o devido apreço!






10 comentários:

  1. Estou louca por esse livro. As poesias tem uma leveza, as sacadas do autor causam impacto no leitor. Os desenhos e os textos se completam, simplesmente incrível. Esse foi o primeiro livro da minha wishlist desse ano.

    ResponderExcluir
  2. Confesso que nunca tive interesse por esse livro. Via a capa dele por aí, gente falando que era bom e tal, mas nunca nem quis ler a sinopse. Mas só de olhar essas fotos que você colocou já adorei! Achei tão legal e tão bem feito, que fiquei com vontade de ter!

    Beijos
    http://www.romanceseleituras.com/

    ResponderExcluir
  3. Eu não conhecia este livro, achei bem legal a ideia, gostei e vou querer ler.
    BJs, Rose.

    ResponderExcluir
  4. não conhecia o livro, mas achei uma proosta interessante e bem diferente.. gostei bastante

    ResponderExcluir
  5. Não conhecia o livro. Vou procurar saber mais sobre ele.
    Adorei a arte do autor =)

    ResponderExcluir
  6. Não sou muito fã de poesias, mas esse livro está com trabalho gráfico tão bonito, que acabou me deixando bem curioso pra ler. Como você disse, ele deve ser um daqueles livros que se lê rápido, mas se passa dias refletindo sobre ele.

    @_Dom_Dom

    ResponderExcluir
  7. ganei esse livro e realmente é uma delicia de se ler, agradavel... não conhecia o autor até então e adorei

    ResponderExcluir
  8. Acho que esse livro é uma graça.
    Nossa.... aquela leitura mega agradável. Sem contar que você deve ler com um sorrisão no rosto \o/

    ResponderExcluir
  9. Já conhecia do Facebook. Mai do que merecido um livro para o trabalho maravilhoso que ele faz!

    Beijos

    ResponderExcluir
  10. Adoro poemas e fiquei muito interessada nesta obra! As ilustrações parecem ser lindas e achei muito interessante a criatividade do autor em fazer arte em qualquer lugar, muito lindos os desenhos e mensagens nos guardanapos. Deve ser um livro ótimo para ler e se inspirar! :)
    beijos

    ResponderExcluir

Comentários e elogios são sempre bem-vindos. Críticas são construtivas, agora, insultos e xingamentos são falta de respeito.
Desde já, obrigada pra quem comenta.

© Coisas da Amanda Todos os direitos reservados.
Criado por: Amanda.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo