Um Pedido às Estrelas

05 dezembro, 2013



Após um grave acidente, Elle sofre um trauma cerebral irreversível, mas em seu ventre cresce uma vida. Apesar da fragilidade da situação, há uma possibilidade de ela dar à luz o tão aguardado filho. No entanto, com a mesma força com que desejou um filho, Elle se opunha a manter uma vida artificialmente. Se ela pudesse decidir, o que falaria mais alto? Escrito com sensibilidade e compaixão, Um pedido às estrelas é uma emocionante história que levanta profundas reflexões sobre vida e morte, fé e ciência, e ilumina o poder do amor para ferir... e curar.





Elle era uma mulher impressionante. Dona de uma inteligência vasta e de um coração bom, ela sobreviveu a muitos tombos da vida e aprendeu a seguir em frente tendo apenas um único medo: postergar a morte com uso de aparelhos.
Entenda, quando ela era adolescente, sua mãe foi vítima de câncer, e por meses ficou em casa apenas postergando o inevitável, ela sentia dores e respirava com ajuda de aparelhos, mas o marido, por medo de perdê-la, a manteve nesse estado até que ela não suportasse mais. Elle acompanhou isso de perto, diariamente, enquanto enfrentava problemas pessoais, foi então que decidiu que jamais permitiria que sua vida se arrastasse de outra forma.
Esse era o seu medo.
Já o seu sonho era ser mãe. Por causa de uma síndrome autoimune, Elle teve algumas gestações interrompidas, mas seu desejo era tamanho que, apesar do sofrimento pela perda, ela nunca desistiu. Inclusive foi sobre isso que discutiu com o marido na noite anterior ao fático dia...
Dia este em que a brilhante Elle subiu em uma escada para ajudar o irmão, caiu e acertou uma pedra, que lhe causou lesões irreversíveis no cérebro. O motivo da queda? Um desmaio em decorrência da gravidez.
Agora Matt, seu marido, amante, amor e melhor amigo, tem de descobrir como seguir a vida sem tê-la ao seu lado, e como salvar o maior sonho de Elle, pois há uma chance da gravidez decorrer normalmente, mas implica em manter Elle viva através de aparelhos por meses.
Isso desencadeia uma guerra familiar, enquanto Matt e o pai de Elle querem salvar a criança, a mãe de Matt e o irmão de Elle se juntam para fazer a vontade dela e impedir que seja mantida viva através de aparelhos.
Matt sabe que salvar o bebê vai ser uma luta, há inúmeros fatores contra, as probabilidades e o histórico de Elle indicam que a criança pode não vingar, mas a questão é justamente tentar. Através das páginas do livro, Matt reconta sua história e a de Elle, mas também faz muitas descobertas sobre essa grande mulher para chegar a uma decisão: livrar Elle de seu maior medo ou lhe dar a chance de realizar seu sonho, mesmo que ela não esteja aqui para ver?

Tudo que eu posso dizer sobre esse livro é que ele é puro sentimento.
Primeiro vem a raiva e a indignação, que perduram até agora: por que diabos alguém tão inteligente foi fazer algo tão estúpido como subir em uma escada em um local não muito seguro com pedras por perto?
Fora o discurso/sermão enorme que Elle mereceria ouvir, o restante da história é capaz de deixar qualquer leitor com os nervos a flor da pele, tanto que ainda não consigo acreditar que esse foi o primeiro livro da autora!
Há o amor incondicional de Matt para com Elle, as lembranças que fazem chorar e os registros no diário de Elle que deixam o coração batendo mais forte.
Entenda que os dois estavam casados há poucos anos, mas se conhecem a vida inteira, tanto que a primeira palavra de Matt foi chamando por Elle, quando ele carinhosamente a apelidou de Pip (aqui vocês já podem entender porque essa história é puro amor, certo?). Conforme cresciam, estiveram sempre juntos, mesmo que como amigos, então veio o relacionamento e depois a fase de seguir em frente, porém sem nunca nunca nunca esquecerem um do outro. Mais que amigos, eles eram família.
Por isso ninguém a conhece mais e melhor do que Matt, e é em nome disto que ele luta durante o correr da história. Ele sabe o que Elle teria desejado, só tem de achar um meio de provar aos outros.
Com riqueza de detalhes médicos E jurídicos (sem nunca ficar chato, apenas emocionante e excitante!), a autora narra com maestria uma luta de um homem que amou intensamente a sua esposa e só gostaria de tê-la feito feliz.

Quem acompanha o blog no facebook, deve ter visto que eu defini esse livro em uma palavra: lágrimas! É sentimento puro e consistente, e mesmo agora, dias depois de ter finalizado a leitura eu me sentei para escrever a resenha, e todos os sentimentos que esse livro despertou voltaram. Por isso digo que é uma leitura que não pode faltar na sua estante, para ler e reler um milhão de vezes (e ainda não será o bastante para acalmar essa avalanche de amor e emoção que a história transmite!).

15 comentários:

  1. Bem emocionante esse livro..já quero e incluido na minha lista de 2014..adorei a capa bem simples :)

    http://livroaoavesso.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Esse livro parece ser muito emocionante! A trama é bem complexa e acho que os detalhes médicos e jurídicos em relação aos desejos contraditórios da mãe são algo a se pensar.
    Só de ler a resenha já me imagino chorando litros.
    Achei a capa linda e já coloquei o livro nos meus desejados.

    ResponderExcluir
  3. Meus Deus que decisão difícil! Eu não gostaria de viver com aparelhos, mas para salvar um filho não pensaria duas vezes. Imagino a quantidade de lágrimas derramadas.
    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir
  4. Oi Thays, tudo bem??
    Realmente estou apaixonada em conhecer este livro, um livro com uma historia encantadora e super emocionante...Com com certeza já adicionei ele na minha lista de desejados, além de falar que esta capa é linda!
    Beijos!!

    ResponderExcluir
  5. estou mais que ansiosa em ler esse livro , parece ser irresistivel, capa perfeita

    ResponderExcluir
  6. Para uma história ficar na mente mesmo tempos depois de ter lido o livro é porque a história é boa mesmo. O livro me chama bastante atenção por isso. Quero ler.

    ResponderExcluir
  7. Que livro maravilhoso deve ser este. A capa por si só já é uma maravilha.
    Quero muito ler logo esse livro e me emocionar também.

    ResponderExcluir
  8. Eu comecei a ler esse livro so que meu amigo pegou de mim :(
    Adorei ja o livo é maravilhoso!


    xx

    ResponderExcluir
  9. Emocionante parece ser pouco para ddefinir um dilema desses, quero ler com certeza.

    ResponderExcluir
  10. Nossa, deve ser linda a história!
    E já vi que irei chorar horrores! hahaha

    ResponderExcluir
  11. Não conhecia esse livro, mas sua resenha me deixou curiosa quanto ao que acontece, se ela tem o bebê mesmo não estando lá pra cuidá-lo. Quero muito ler.

    ResponderExcluir
  12. Esse livro parece ser delicioso de ler pela sua resenha. eu quero!

    ResponderExcluir
  13. Este me parece ser um livro emocionante, exatamente do tipo que eu amo e que me deixa para baixo por dias e me faz chorar como um bebê. Acho que ainda não estou preparada para lê-lo, não depois de ter terminado Dançado sobre cacos de vidro e corações feridos a tão pouco tempo, mas com toda certeza ele vai para a minha lista de futuras leituras.

    http://worldbehindmywall.fanzoom.net/

    ResponderExcluir
  14. Só por ler a resenha mesmo, já senti que é um livro bem emocionante e que irá me fazer chorar muito! Ainda não o conhecia, e não conhecia a autora mas achei o enredo deste livro bem interessante, deve ser muito emocionante acompanhar a luta de Matt para realizar o sonho de sua esposa e fiquei curiosa para saber de que forma a estória terminará. Espero ler também :)

    ResponderExcluir
  15. Parece ser um lindo livro e daqueles que fazem chorar. A capa é linda, o título, ai, tudo é lindo e eu nem sei o que comentar, só sei que ele entrou para a minha lista de livros desejados e espero ter a oportunidade de ler ele logo, pois parece ser perfeito e sei que vale a pena ler <3

    ResponderExcluir

Comentários e elogios são sempre bem-vindos. Críticas são construtivas, agora, insultos e xingamentos são falta de respeito.
Desde já, obrigada pra quem comenta.

© Coisas da Amanda Todos os direitos reservados.
Criado por: Amanda.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo