Os Irmãos Sister

06 setembro, 2013





Em Os irmãos Sister, Patrick deWitt faz uma homenagem ao universo clássico do Velho Oeste, transformando o cenário comum em uma inesquecível viagem cômica com personagens marcantes – perdedores, trapaceiros, românticos, confusos – e uma narrativa empolgante. Uma ficção histórica sobre os anos 1850 que mostra dois irmãos unidos pelo sangue, a violência e o amor. O Velho Oeste não foi mais o mesmo depois que eles chegaram. Será que você conseguirá acompanhar o gatilho desses dois irmãos? Cuidado! Você está na mira deles!








Os Irmãos Sister são Charlie e Eli, que não poderiam ser mais opostos! Enquanto Charlie é do tipo violento, Eli é calmo e mais pacifista. Eles vivem no Velho Oeste bem na época em que a Febre do Ouro atingiu a Califórnia, apesar desse não ser o objetivo deles. Eles não saem correndo de casa para se juntar a tantos outros em uma busca alucinada por uma pepita de ouro, o trabalho deles é diferente: são matadores de aluguel.

Obedecendo ao chefe Comodoro, os Irmãos Sister fazem o que lhes é pedido, extraem uma informação da vítima e depois o matam. E a história do livro é exatamente a respeito de sua mais nova vítima: Warn na Califórnia. Eles têm um longo caminho a percorrer, e a cada cidade que passam, algo vai acontecendo, mesmo que seja um simples diálogo, que nos permite entender um pouco mais a respeito desses irmãos.

A narração do autor é uma delícia e os capítulos fluem rapidamente enquanto Eli vai nos contando a história pelo seu ponto de vista. Ele pensa que, de certa forma, a hora de parar já chegou e anda meio desgostoso com a vida... Apesar de ser uma boa narração, acho que se intercalasse os pontos de vista poderia ter agregado mais informações a história, já que a mesma é sobre ambos.

Mas no geral foi um livro muito divertido de se ler, que retrata bem essa época de Velho Oeste e acabou se tornando uma leitura bem diferente da que estamos acostumadas a ver por ai. A começar pela capa, que retrata e-x-a-t-a-m-e-n-t-e a história. Achei genial! Por isso digo que esse é um livro que merece ser lido.


7 comentários:

  1. Não conhecia o livro e normalmente não me interesso muito por este tema. Mas eu gostei da premissa da história, parece inteligente e cheia de referências e humor. Não sei se sairia correndo para comprar, mas se tiver a oportunidade, com certeza vou ler.
    bjs

    ResponderExcluir
  2. Não conhecia o livro, nem o autor, e não é meu gênero favorito de livros, mas lendo a sua resenha até que pareceu interessante, divertido. Concordo com a Ana Paula, eu até leria se tivesse a chance, mas não estou morrendo pra ler também..

    ResponderExcluir
  3. Primeira resenha que leio e foi ótimo, pois estava em dúvida se deveria ler ou não!
    Você me convenceu!
    Beijos!
    Rizia - Livroterapias - Promoção Marcadores Personalizados

    ResponderExcluir
  4. Adoeri a ideia da capa muito legal!
    A sinopse também é ;otima, tem tudo para ser umlivro incrível, a ideia do velho Oeste me chamou a atenção também (:

    Beijos
    http://tamigarotaindecisa.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Nunca tinha ouvido falar do livro, mas você me deixou com bastante vontade :D (só não curti a capa :S)...
    Adorei a resenha

    Beijo

    ResponderExcluir
  6. curiosissima, parece ser bom demais, adorei o post

    ResponderExcluir
  7. não con hecia o livro, mas parece ser um livro bem intrigante e curioso , daqueles que desperta muito in teresse...
    gostei bastante da capa , diferente e ousado ..

    ResponderExcluir

Comentários e elogios são sempre bem-vindos. Críticas são construtivas, agora, insultos e xingamentos são falta de respeito.
Desde já, obrigada pra quem comenta.

© Coisas da Amanda Todos os direitos reservados.
Criado por: Amanda.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo