Sedução ao Amanhecer (Os Hathaways #02)

06 agosto, 2013

ATENÇÃO! Pode conter spoiler do primeiro livro da série: Desejo à Meia-Noite.



O cigano Kev Merripen é apaixonado pela bela e bem-educada Win Hathaway desde que a família dela o salvou da morte e o acolheu, quando era apenas um menino. Com o tempo, Kev se tornou um homem forte e atraente, mas ainda se recusa a assumir seus sentimentos por medo de que sua origem obscura e seus instintos selvagens prejudiquem a delicada Win. Ela tem a saúde fragilizada desde que contraiu escarlatina, num surto que varreu a cidade. Sua única chance de recuperação é ir à Franca, para um tratamento com o famoso e bem-sucedido Dr. Harrow. Enquanto Win está fora, Kev se dedica a coordenar os trabalhos de reconstrução da propriedade da família, em Hampshire, transformando-se num respeitável administrador, mas também num homem ainda mais contido e severo. Anos depois, Win retorna, restabelecida, mais bonita do que nunca... e acompanhada por seu médico, um cavalheiro sedutor que demonstra um óbvio interesse por ela e desperta o ciúme arrebatado de Kev. Será que Win conseguirá enxergar por baixo da couraça de Kev o homem que um dia conheceu e tanto admirou? E será que o teimoso cigano terá coragem de confrontar um perigoso segredo do passado para não perder a mulher da sua vida?




Quando criança, Merripen foi maltratado pelo tio, era obrigado a fazer o que não gostava até o dia em que foi largado para morrer, algo absurdo para os ciganos, mas, ainda assim, fizeram isso com ele. A família Hathaway o encontrou e tratou de seus ferimentos, abrigou-o e alimentaram Merripen, sempre deixando claro que ele poderia partir a hora que quisessem, pois sabiam dos costumes ciganos de não se afeiçoar a bens materiais, não ter residência fixa e estar em contato com o mundo externo.

Essa era a sua ideia, partir assim que se sentisse melhor, até conhecer a doce, mas teimosa Win. Uma jovem delicada e tão bonita que o deixou sem reação, mas também muito decidida quando se tratava de Merripen e de cuidar dele. Ela lhe fez companhia por dias até que estivesse melhor...

Mas hoje quem está com problemas é ela. Anos mais tarde, depois de sobreviver a uma grave doença, Win tem os pulmões fracos e se cansa facilmente, para se recuperar ela vai a França com o irmão, e cada dia sem Win é um tormento para Merripen.

O problema é que estar relacionada a um cigano não é algo bem visto na sociedade, e crente de que Win é capaz de encontrar um homem melhor e que lhe seja digno, Merripen prefere ficar afastado, apesar de sempre por perto. Até ela viajar.

Sem Win por perto, Merripen se transforma em uma máquina de trabalhar, encarregando-se de tudo que precisa ser feito, administrando o que for preciso. Até o dia em que Win retorna, ela está ainda mais bela e está curada. Ela já demonstrou interesse por ele, mas será que Merripen vai conseguir superar seus próprios traumas até se achar digno o suficiente de uma mulher como Win?



Depois do primeiro livro da série, em que Merripen ficava sempre pelas beiradas, essa história foi uma delícia de se ler. Além de se aprofundar na história, nos medos e traumas de Merripen, há o desenrolar da história de Cam Rohan – o cigano atraído por Amelia no primeiro livro – e Merripen, o mistério que ronda a tatuagem que ambos possuem. Bem como o desenvolver de WIn, a forma como a personagem cresce e aparece cada vez mais, para mostrar que não é mais aquela jovem que esteve presa a cama por anos por problemas de saúde. Ela é sedutora e sensual, e está disposta a ir aonde for preciso para mostrar a Merripen quão bom homem ele se tornou.

O gostoso da história é a interação entre todos os personagens, que une um livro ao outro, não vemos apenas o relacionamento do casal principal, mas sim o desenrolar dos demais irmãos Hathaways, que serão protagonistas nos próximos livros.

Com sua escrita precisa e bem desenvolvida, Lisa Kleyoas nos leva ao ano de 1848 e narra com perfeição o modo de ser da época, os costumes, conforme constrói cada um de seus personagens. Uma ótima escrita aliada a uma capa linda, é o segredo para o sucesso desse livro, merecidamente!


7 comentários:

  1. Amo esse livro, a Lisa Kleypas desenvolve muito bem a história. Concordo com você quando disse que ela desenvolve todos os personagens, não só os principais, todo mundo tem uma participação no livro, e isso é bem interessante. A história é muito boa, e eu adoro um romance de época!

    ResponderExcluir
  2. eu adoro a capa desse livro e todos da Lisa!
    Eu preciso urgentemente ler este livro! rs
    beijos!

    http://tamigarotaindecisa.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Estou amanda esta série, e este segundo livro para mim foi melhor ainda que o primeiro!
    Não vejo a hora de ler o terceiro, vai ser interessante e logo quero o do Leo e a governanta, esse aí vai pegar fogo e vai ser bem engraçado! rrsrss

    ResponderExcluir
  4. Eu não gosto muito de romance de época mas essa série me encantou!!!
    Não li o primeiro volume mas espero ler em breve!! Parabéns pela linda resenha!!!

    ResponderExcluir
  5. nossa, amei de paixão a capa desse livro, linda e chamativa, gostei tbm da sinopse, chama bem atenção e despertou a curiosidade

    ResponderExcluir
  6. adorei , a capa desse livro é simplismente incrivel, uma capa incrivele uma sinopse mara

    ResponderExcluir
  7. Bem ainda tenho duvida se irei gostar de ler esse livro, pois romance de epoca nao é muito meu estilo.


    xx

    ResponderExcluir

Comentários e elogios são sempre bem-vindos. Críticas são construtivas, agora, insultos e xingamentos são falta de respeito.
Desde já, obrigada pra quem comenta.

© Coisas da Amanda Todos os direitos reservados.
Criado por: Amanda.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo