Desastre Iminente (Belo Desastre #02) - Jamie McGuire

29 agosto, 2013

ATENÇÃO! Pode conter spoilers de Belo Desastre.



Travis perdeu a mãe muito cedo, mas, antes de morrer, ela lhe ensinou duas regras de vida - ame muito, lute mais ainda. Tendo crescido em uma família de homens que gostam de jogos e lutas, Travis Maddox é um cara durão. Musculoso e tatuado, bad boy até o último fio de cabelo, ele leva uma mulher diferente para casa a cada noite. Até conhecer Abby Abernathy. Determinada a se manter longe de problemas, Abby resiste com todas as forças ao charme de Travis, sem saber que assim só o deixa mais determinado a conquistá-la. Será que o invencível Travis 'Cachorro Louco' Maddox vai ser derrotado por uma garota?





Travis Maddox tem motivos para ter esse temperamento e saber brigar tão bem, ele perdeu a mãe quando criança, ficando então ao encargo do pai – que por meses só soube lamentar a perda da esposa – e dos quatro irmãos mais velhos, naturalmente muitas brigas ocorreram conforme os garotos iam crescendo, e assim Travis se tornou “um lutador”. Típico bad-boy na faculdade, ele é o tipo de cara que sai cada noite com uma garota, a leva para o apartamento, transa com ela no sofá e depois a dispensa sem ficar com peso na consciência muito menos interessado em pegar seu número de telefone. Ele zoa os rapazes que se apaixonam, isso inclui Shepley, seu primo-e-colega-de-apartamento... Até o dia em que ele se apaixona.

Ele pode não lembrar muito bem, mas quando pequeno, antes de morrer sua mãe lhe deu dois conselhos: ame muito, lute mais ainda. A parte de lutar ele tem feito diariamente há anos, não só por sair no soco e ganhar dinheiro com isso, mas por lutar para ser alguém na vida, apoiar o pai, os irmãos. Ser alguém. Agora a parte de amar muito até então lhe era desconhecida, mas a partir do momento que Abby Abernathy entra em sua vida, tudo muda de figura.

Começa como uma amizade, ela é a melhor amiga da namorada de Shepley, é inteligente e parece já ter sofrido na vida, ele consegue perceber que ela esconde algo, mas o que distingue Abby de todas as demais garotas é: ela não quer ir para cama com Travis. Ela não está interessada nele e pronto, o que, obviamente o motiva ainda mais, até o ponto dele ser capaz de tudo para continuar passando algum tempo ao lado dela. Pelo menos até o momento em que tenha coragem de revelar os seus sentimentos.



Essa é a versão de Belo Desastre contada pelo ponto de vista de Travis, e digo que foi ainda melhor que o primeiro livro! A beleza dessa história não está no romance, que beira o doentio, mas sim na essência dos personagens, tanto Abby quanto Travis já se ferraram bastante na vida e estão dispostos a serem novas pessoas, essa é a evolução que acompanhamos, principalmente em Desastre Iminente, onde Travis mostra que por amor é capaz de deixar de ser aquele canalha de todo dia, e se tornar um homem decente; a estrada é longa e árdua, com altos e baixos, mas juntos vão conhecendo ao outro e a si mesmo.

O diferencial é, justamente, o ponto de vista de Travis, que nos deixa ver conversas que no primeiro livro eram só mencionadas, e há mais a presença da família de Travis, que tem um papel importante no desenvolver da relação de Travis com Abby e com o resto do mundo.

Li o livro em um dia só de tanto que gostei de ler a história pelo ponto de vista de Travis. E o melhor de tudo foi o final: Desastre Iminente veio justamente completar o final meio abstrato de Belo Desastre. Os últimos capítulos me deixaram toda sorridente...

Não achei que foi uma transformação perfeita de um ponto de vista para o outro, pois houve pontos em que no primeiro livro foi bem explorado e nesse só mencionado, mas tratado com intimidade, do tipo “o que aconteceu aquele dia...”, e você só sabe se ler o primeiro livro. Não é nada gritante, nada que interfira em qualquer parte da história nem no seu desenrolar, só penso que poderia ter sido um pouquinho mais explorado nesse quesito.

Mas no geral foi um livro que me agradou bastante – mais que o primeiro! – e esclareceu algumas coisas, é bom para tirar de cima do Travis a fachada de “doentio” e por algumas coisas no seu devido lugar.

11 comentários:

  1. ficou incrivel essa resenha gostei muito da sua opinião, gosto bastan te desse tipo de leitura, a capa esta linda

    ResponderExcluir
  2. Amei a resenha, com certeza vou comprar esse livro!

    ResponderExcluir
  3. eu ameeeei esse livro, eu estava tão ansiosa por ele, que li em inglês mesmo e quero comprar em português também *-*
    Adorei sua resenha!
    Beijos

    ResponderExcluir
  4. Nem li Belo Desastre ainda =(
    Atrasadíssima!
    Beijinhos
    Rizia - Livroterapias

    ResponderExcluir
  5. Não li a resenha por causa dos spoilers e tals, mas eu quero muito ler Belo desastre :D

    Beijo

    ResponderExcluir
  6. AIMEUDEUS! To tão louca pra ler esse livro!! Já li Belo Desastre umas mil vezes e não me canso! To muito ansiosa por ele, louca pra comprar! Mal posso esperar para estar na cabeça do Travis e ver as coisas pelo ponto de vista dele! Acho que vai ser melhor ainda que o primeiro!

    ResponderExcluir
  7. Eu quero! Eu quero! Eu queroooooO!!! Ansiosa demais pra ler esse livro!!! Amei Belo Desastre!!! Aaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaah!!!

    ResponderExcluir
  8. Oi Thays, nem li ainda Belo Desastre. Tenho tanto livro atrasado e tantos que quero ler que nem sei...
    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir
  9. belissimo, o post ficou demais, gostei demais da capa e do que vc falou..desejado já

    ResponderExcluir
  10. Eu amei o livro!!!
    Já amei Belo Desastre e conhecendo a versão do Travis ficou ainda mais perfeito!!

    ResponderExcluir
  11. Eu ainda não li Belo Desastre :/
    Com o lançamento de Desastre Iminente tenho ouvido maravilhas dessa história.
    Estou com muita vontade de ler, e achei bem bacana esse lance de ver a história por outro ponto de vista.
    Gostei da resenha, já quero meu exemplar *-*

    ResponderExcluir

Comentários e elogios são sempre bem-vindos. Críticas são construtivas, agora, insultos e xingamentos são falta de respeito.
Desde já, obrigada pra quem comenta.

© Coisas da Amanda Todos os direitos reservados.
Criado por: Amanda.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo