Alma?

28 junho, 2013


Alexia Tarabotti enfrenta uma série de atribulações sociais, quiproquós e saias justas (embora compridíssimas) em plena sociedade vitoriana. Em primeiro lugar, ela não tem alma. Em segundo, é solteirona e filha de italiano. Em terceiro, acaba sendo atacada sem a menor educação por um vampiro, o que foge a todas as regras de etiqueta.
E agora? Pelo visto, tudo vai de mal a pior, pois a srta. Tarabotti mata sem querer o vampiro ― ocasião em que a Rainha Vitória envia o assustador Lorde Maccon (temperamental, bagunceiro, lindo de morrer e lobisomem) para investigar o ocorrido.
Com vampiros inesperados aparecendo e os esperados desaparecendo, todos parecem achar que a srta. Tarabotti é a responsável. Será que ela conseguirá descobrir o que realmente está acontecendo na alta sociedade londrina? Será que seu dom de sem alma para anular poderes sobrenaturais acabará se revelando útil ou apenas constrangedor? No fim das contas, quem é o verdadeiro inimigo, e... será que vai ter torta de melado?
Uma das séries de Steampunk mais cultuada do mundo.

Alexia Tarabotti é uma solteirona morena de nariz alongado e filha de um italiano, características suficientes para despertar o desprezo de sua própria mãe, que não acredita que a filha possa ter um futuro melhor, além de se sentir envergonhada pelo jeito teimoso e autoritário de sua primogênita. Isso é o que a mãe de Alexia sabe; o que ela não sabe é que sua filha não tem alma, sendo considerada uma preternatural em uma sociedade em que criaturas sobrenaturais têm participação ativa e conhecida por todos, inclusive pela família real britânica.
A figura da preternatural é pouco conhecida e são poucos os que nascem sem alma, mas sua presença é de grande importância: essas são as pessoas que décadas atrás caçaram os sobrenaturais, pois, por não ter alma, eles são capazes de anular os poderes de um sobrenatural. Não entendeu? Alexia é capaz de fazer um vampiro voltar a ser mortal, um lobisomem transformado voltar a ser homem. Essa é a extensão, e o perigo, de seus poderes.
Mas nunca foi um risco para os seres sobrenaturais, pelo contrário, seu círculo de amizades envolve vários deles, inclusive Lorde Maccon, o alfa dos lobisomens e um homem que vive lhe desafiando. Ele parece ser o único a não se intimidar com seu gênio forte, o que acarreta diversas e divertidas discussões no decorrer da história.

A história começa envolvendo o assassinato de um vampiro solitário, algo muito raro na sociedade vampiresca, e que acarreta uma série de discussões e especulações sobre o que aquele ser fazia ali. Porém, ele não é o único. Outros vampiros e até lobisomens são encontrados pelas ruas de Londres, o que acarreta uma investigação do DAS comandada por Lorde Maccon, que seguirão caminhos perigosos e surpreendentes.

Foi o primeiro livro de steampunk que li, a princípio foi um pouco “estranho” pelas características marcantes deste gênero que não são comuns nos romances convencionais, mas logo nos primeiros capítulos a história ganhou um bom ritmo o que fez fluir muito bem.
Os personagens principais roubam a cena sempre, com diálogos fortes e grandes discussões, que tornam a história mais divertida pelo jeito machão de Lorde Maccon, as rejeições para cima de Alexia de sua própria família e o jeito independente dela.

A diagramação do livro ficou excelente, a editora manteve a capa original que é bem característica da história e não há o que reclamar da revisão. Agora é aguardar pela continuação dessa série!



6 comentários:

  1. Eu gostei muito da resenha e estou super afim de ler esse livro!!!
    O q mais me atrai na história é, sem dúvida, o sobrenatural. Parece ser bem diferente do q eu geralmente leio.

    ResponderExcluir
  2. Oiii!
    Que história interessante desse livro, uma garota sem alma?! o.o nossa...
    O livro parece ser bem legal, não sei se faz meu estilo, no entanto, gostei muito da resenha e quem sabe, talvez eu acabe comprando e me surpreendendo com a leitura. ;)
    Bjsss ;*

    ResponderExcluir
  3. A Alexia me parece ser uma personagem muito bem humorada, mas confesso que fico um pouco com um pé atrás com essas histórias meio sobrenaturais. Pra mim a história tem que ser muito bem trabalhada e de alguma forma tenho que me identificar com algum personagem. Não sei se é o caso de Ama?, mais pelo que vejo a trama parece ser bem feita.

    ResponderExcluir
  4. um otimo livro, fiquei impressionada cm o desenrrolar ada historia vele a pena conferir, sua resenha ficou otima parabens

    ResponderExcluir
  5. Acho que quando eu começar a ler esse livro, vou ficar muito vidrada pra saber o final dele, é um misterio muito bom. Gostei da capa desse livro.

    ResponderExcluir
  6. Logo que vi o livro não me interessei por ele. Mas depois lendo as resenhas acabei gostando da história! E estou bem ansiosa para lê-lo para conhecer esse estilo, já que nunca li nada do gênero. ^^

    ResponderExcluir

Comentários e elogios são sempre bem-vindos. Críticas são construtivas, agora, insultos e xingamentos são falta de respeito.
Desde já, obrigada pra quem comenta.

© Coisas da Amanda Todos os direitos reservados.
Criado por: Amanda.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo