Lua de Mel

11 abril, 2013






Nora Sinclair é linda, rica, sedutora e acaba de se tornar viúva pela segunda vez. Mas sua vida é repleta de acontecimentos misteriosos, que levantam a suspeita do FBI. Para se aproximar de Nora, o agente John O’Hara finge ser um corretor de seguros com uma oferta tentadora: um seguro de vida no valor de 1,9 milhão de dólares. O plano funciona, mas à medida que passa a conhecer a viúva, ele começa a se perguntar se está atrás de justiça ou diante de uma paixão avassaladora.









Nora Sinclair é o tipo de mulher que todas as outras têm inveja: é uma mulher estonteante e bem sucedida em sua profissão de decoradora – cá entre nós, profissão em que ela se deleita rearranjando casas e apartamentos, tudo com o dinheiro dos clientes! – e com um ótimo relacionamento com um homem podre de rico que a adora. O que mais Nora poderia pedir?

O problema é que por trás dessa mulher invejável há uma ambição sem tamanho, uma sede por sempre ter mais e mais, custe o que custar. E foi assim que Nora acabou viúva pela segunda vez, ou quase se considerarmos que eles recém haviam noivado. Uma morte impecável, por assim dizer, levou seu noivo dessa para melhor, um ataque cardíaco comprovado pela autópsia.

Mas para John O’Hara algo parece não estar se encaixando, e, sendo agente do FBI, ele certamente vai dar um jeito de descobrir o que mais envolveu a morte do noivo de Nora, para isso ele tem o disfarce perfeito: um corretor de seguros que afirma que Nora era a única beneficiária na apólice que havia sido feita por seu noivo, mas, por questões de precaução – e por se tratar de uma seguradora – sempre há burocracias a serem seguidas, e essa é a deixa que John precisa para se aproximar de Nora, conquistar sua confiança e desvendar essas armações.

Só que sendo ela uma mulher tão bonita e que não tem vergonha de flertar com homens que se aproximam, cada momento próximo dela pode se tornar arriscado e por tudo a perder – até o momento que tudo que John deseja é se perder no corpo desta mulher. Mal sabendo ele que está no caminho certo para atingir seus objetivos. A questão é até que ponto uma mulher tão astuta quanto Nora se deixará levar, e o quanto isso pode custar para John.



Outro livro de mistérios de James Patterson, o que significa que não há como se decepcionar. Pelo contrário, Nora chega quase a ser brilhante de tão astuta, uma pena que essa inteligência seja direcionada apenas para ambição material.

O que conquista na personagem é que ela não é só um corpo bonito, além de ser bem sucedida, há toda uma história envolvendo seu passado e sua família, que dão um quê de sensibilidade a história – porém, foi também a causa da minha frustração com o final do livro, pois esperava todo um desenrolar diferente quanto a situação de Nora e sua mãe, uma situação que teve início em um dos capítulos, mas que correu totalmente o contrário do que eu queria. Achei que era um momento pertinente, mas os autores resolveram cortar essa parte, uma pena.

No mais, a história é muito bem escrita e desenvolvida com pertinência e coerência, os capítulos curtos dão agilidade a história, revezando do ponto de vista de um observador, e do próprio John. Esse é o primeiro livro de outra série de James Patterson que promete dar o que falar!


6 comentários:

  1. Os livros dele sempre dão o que falar!
    Estou louca para ler!
    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir
  2. esse livro é incrivel, vale a pena ..uma leitura intrigante e forte!

    ResponderExcluir
  3. Nunca li James, mas esse tem uma cara tão boa. Quem sabe não me arrisco nesse.

    ResponderExcluir
  4. O livro é uma novidade para mim, eu gostei. . Apesar de nunca ter lido um livro do James Patterson fiquei curiosa.

    ResponderExcluir
  5. Pela capa jamais diria q a história é um suspense, parece algo mais erótico. Gostei bastante da resenha, nunca li nada do autor então acho a Lua De Mel vai ser o primeiro.

    ResponderExcluir
  6. não gosto muito desse livro, achei muito forte!

    ResponderExcluir

Comentários e elogios são sempre bem-vindos. Críticas são construtivas, agora, insultos e xingamentos são falta de respeito.
Desde já, obrigada pra quem comenta.

© Coisas da Amanda Todos os direitos reservados.
Criado por: Amanda.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo