O Amor nos Tempos do Blog

28 março, 2013

          
          Ariza tem treze anos, acabou de chegar à nova escola e já está perdidamente apaixonado. Para expressar o seu amor, além de tudo o que vive e sente, ele decide escrever um blog, “porque escrever [...] é a única maneira que encontrou para fazer com que os outros o escutem”. Lá, ele pode falar livremente sobre a garota de sorriso encantador que encontrou na biblioteca da escola, quando ia devolver O amor nos tempos do cólera, sua leitura de férias de que tanto gostou. Assim começa a trama de O amor nos tempos do blog, um romance que se constrói de blog em blog, em que, depois de muitos desencontros, três histórias se cruzam, culminando em um final surpreendente. Além do blog de Ariza, há também o da Deusa Cibernética, uma garota que, segundo sua própria descrição, é divina, divertida e popular, gosta de frequentar o shopping com as amigas e está sempre de olho no menino mais gato do momento, e o de Cinderela Virtual, “uma adolescente que acredita no amor”, não liga para a aparência e espera encontrar o seu príncipe encantado. É a linguagem rápida e dinâmica da internet que une os três personagens desta história e vai aos poucos revelando semelhanças e ligações inesperadas entre estes três adolescentes aparentemente tão diferentes, com características muitas vezes opostas e particularidades que se revelarão só ao fim da narrativa.

Um livro curtinho, com título bem bolado e uma crítica positiva. Óbvio que chamaria a minha atenção! Mas, o problema quando se vê muitos elogios é que você acaba criando muita expectativa e no fim pode se decepcionar.
Ok. Eu não diria decepção, mas o livro não foi tudo aquilo que eu esperava.

Com as páginas e o texto formatado para o modelo de um blog mesmo nós vamos conhecendo a história de Ariza, um garoto de treze anos que está em uma escola nova, os pais estão se separando e ele acaba de conhecer o amor da vida dele – o problema é que ela nem sabe que ele existe, nem que ele gosta tanto assim dela. Assim, sob um pseudônimo ele conta o que acontece no seu dia a dia.
E é através de comentários que surge uma personagem muito ansiosa por notícias de Ariza, e assim, comentário após comentário, fica clara a função dela na história – que era exatamente o que eu imaginava.
Apesar desse fato previsível, o desenvolver da história me surpreendeu, para chegar a um final que todo mundo já sabe como vai acabar. Ainda assim, tem cenas bonitinhas e um clima de romance leve... mas não para treze anos. O romance é superficial, mas a cabeça dos personagens faz com que eles pareçam muito mais velhos, o que dá um ar de nada infantil. Isso foi o que me desagradou, por ser uma história de crianças imaginava que seria mais tranquila, bem mais leve, não um garoto cheio de dúvidas inclusive quanto a ex-namoradas!
Fora isso o trabalho ficou muito bom, teve todo um cuidado especial do próprio autor, que se baseou no romance “O amor nos tempos do cólera”; uma leitura e leve, o tipo de livro que você devora em uma pegada só e deixa uma mensagem bonita no final.

7 comentários:

  1. Vi o próprio autor comentando sobre esse livro em um programa de tv, e fiquei com muita vontade de ler. Mas parece um pouco dramático demais, e pelo que você disse, não está de acordo com a idade dos personagens. Gosto quando são personagens mais novos, porque a narrativa fica mais leve e não aprofunda muito os relacionamentos estabelecidos. Mas se a "leveza" e inocência dos treze anos não está presente, então as coisas ficam um pouco mais confusas.
    Ainda assim, espero um dia ter o prazer dessa leitura. Parabéns pela resenha, ficou muito boa.

    Abraços, Mallú Ferreira,
    semclichesporfavor.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. É uma pena o livro não ser assim tão bom,achei a sinopse super interessante e imaginei que fosse um livro ótimo !
    Enfim,acho que vou dar uma chance a ele,de qualquer forma.Gosto muito desse tipo de historia...
    beijos :)

    ResponderExcluir
  3. Eu adorei o que o blog passa para a gente, bem complexo, apenas a capa que não me conquistou.

    ResponderExcluir
  4. Passo por problemas parecidos, sempre crio expectativa demais pra alguns livros e acabo me decepcionando.

    Ah, tô seguindo você. Um beijo!
    http://geekdebatom.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  5. Oi!!
    Que coincidência estou lendo O Amor em tempos de Cólera do Gabo!
    Que interessante um livro ser baseado na obra dele, sempre é maravilhoso ver ótimas inspirações para novos livros.
    Abraços
    Melissa Padilha
    decoisasporai.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  6. eu gostei muito da resenha desse livro, achei bem diferente e sem duvida deixou curiosa.. mas tenho medo de ler e me decepcionar

    ResponderExcluir
  7. a resenha fico bem legal, eu gostei muito! vou procurar ler ele logo

    ResponderExcluir

Comentários e elogios são sempre bem-vindos. Críticas são construtivas, agora, insultos e xingamentos são falta de respeito.
Desde já, obrigada pra quem comenta.

© Coisas da Amanda Todos os direitos reservados.
Criado por: Amanda.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo