Fade (Wake #02)

21 março, 2013





Para Janie e Cabel a vida real está se tornando mais difícil do que os sonhos. Eles estão tentando (em segredo) passar um tempo juntos, mas ainda não tiveram esta sorte. Coisas perturbadoras estão acontecendo em Fieldridge High, mas ninguém quer falar a respeito. Quando Janie penetra os pesadelos violentos de um colega de classe, o caso finalmente se torna claro, mas nada sai como planejado. A cabeça confusa de Janie e o comportamento chocante de Cabe têm graves consequências para ambos. Pior ainda. Janie Descobre a verdade sobre si mesma e sua habilidade. E é desolador. Realmente desolador. Não só o seu destino está selado, como o que está por vir é muito mais sombrio do que seu pior pesadelo...




                Nesse segundo volume da trilogia, a história ganha outro ritmo e muito mais tensão.
                Quando Janie finalmente acha que pode lidar com seu dom e usá-lo para o bem, uma missão vem para desafiá-la e ver até que ponto Janie consegue ir, até que ponto ela está disposta a se arriscar e se submeter por um motivo maior.
                O caso?
                Um possível caso de abuso sexual ronda os corredores do colégio, mas, curiosamente, todos que poderiam ser considerados testemunhas não se lembram de nada do que aconteceu. Agora Janie tem que mergulhar no sonhos desses amigos para buscar uma pista que leve ao responsável por isso... Mas os pesadelos em que Janie se vê presa são muito mais intensos do que ela poderia imaginar.
                Não o bastante, uma senhora que tem o mesmo dom de entrar nos sonhos deixa para Janie um diário em que relata tudo sobre sua vida com esse “dom” e as consequências que usá-lo pode trazer, bem como não usá-lo. Cada pesquisa que Janie descobre, a cada página, vai ficando mais desolada. Não há uma alternativa aceitável. De nenhuma forma isso acabará bem... A questão é como lidar com isso. E como as pessoas que Janie ama conseguirão lidar com isso.

                Apesar de continuar com um tipo diferente de narração, é como se um fosse um teatro, em que o narrador conta exatamente o que cada personagem faz. É diferente essa narração, mas é fácil se acostumar com ela, ainda mais quando as páginas vão ganhando cada vez mais a sua atenção.
                Um livro rápido de ler, na verdade depois de algumas páginas você passa a devorá-lo, exatamente como aconteceu com o primeiro livro e como espero que aconteça com o próximo. Ainda mais sendo um livro fininho, com espaçamento grande e fonte muito visível.
                É o tipo de livro que reúne tudo que você pode gostar: um tema diferente, uma narrativa ágil e fluída, com capítulos de um tamanho razoável (nada muito extenso) e personagens que conseguem te cativar. Ou seja, não tem motivo para não ler.

3 comentários:

  1. Eu adoro essa trilogia ^^
    e achei Fade o melhor de todos!!

    Adorei conhecer seu blog ;)

    ResponderExcluir
  2. esse livro parece ser fabuloso, não conheço a trilogia , mas pelo que acabei de ler é daquele tipo de vicia rsrs

    ResponderExcluir
  3. a capa desse livro ta forte e linda adorei , quero demais ler, a rese nha fico massa demais, parabens

    ResponderExcluir

Comentários e elogios são sempre bem-vindos. Críticas são construtivas, agora, insultos e xingamentos são falta de respeito.
Desde já, obrigada pra quem comenta.

© Coisas da Amanda Todos os direitos reservados.
Criado por: Amanda.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo