O Sonho de Eva

26 fevereiro, 2013





Dra. Eva Abelar, autoridade mundial em sonhos lúcidos, é informada de que seu filho, Joachim, uma criança autista, desaparece na mesma noite em que sua irmã, Anna, pula do 20º andar de um edifício em São Paulo. Anna era a principal cientista do projeto DreamGame, invento revolucionário que permite à pessoa jogar enquanto dorme. Eva é convidada por Yume a assumir o lugar da irmã e, à procura de respostas, se envolve em uma trama perigosa, que alcança os limites dos desejos inconscientes do homem. Enquanto usa seus conhecimentos para desvendar a morte de Anna e reencontrar Joachim, Eva descobre o quanto a sociedade está vulnerável à tecnologia e aos estímulos subliminares, e como esses estímulos podem sequestrar a liberdade e extinguir o livre-arbítrio.






Confesso que custei para começar esse livro, de certa forma ele não conseguia despertar o meu interesse – e não, não se deve ao fato de ser de um autor nacional, simplesmente não me conquistava. Até o momento que decidi lê-lo.

Nossa protagonista é a Dra. Eva Abelar, uma grande profissional no quando se fala de sonhos lúcidos, que são aqueles sonhos que a pessoa dormindo sabe que está sonhando, e por isso acaba tendo certo “poder” sobre o seu próprio sonho, por saber que é um sonho você pode alterá-lo, pausá-lo, manipulá-lo como conseguir. Ela estava fora do país quando recebeu a notícia de que seu filho, um menininho autista, havia desaparecido, e que sua irmã havia se jogado de um edifício. Isso a trás imediatamente de volta a terras brasileiras, incrédula sobre como sua vida conseguiu virar um pesadelo em um piscar de olhos, mas decidida a descobrir o que de fato aconteceu, pois, para Eva, tem de haver alguma ligação entre os dois fatos.

Seu plano? Seguir os passos da irmã, para, assim, tentar descobrir o que a fez cometer suicídio. É pensando nisso que Eva aceita continuar o trabalho que sua irmã vinha desenvolvendo, um projeto denominado DreamGame, em que é possível enquanto dorme, uma pessoa seguir jogando.

Mas ela não está sozinha. Alec, um ex-namorado que se tornou um grande amigo, acaba sendo um apoio nessa busca por seu filho, e Zed, amigo de Alec, pode ser uma peça chave na história graças as suas teorias conspiratórias.



O instigante desse livro gira mesmo em torno dos sonhos lúcidos, algo muito pouco divulgado e que eu nunca tinha lido a respeito, mas me deixou curiosa sobre o assunto, principalmente pela forma como foi tratado na história: sendo ambientado em um jogo que você poderá jogar dormindo. É nesse ponto que entram teorias conspiratórias, toda a revolução da tecnologia e o questionamento de até onde poderemos manter nosso livre arbítrio? Um tema que me instigou bastante.

Sendo desenvolvido nas empresas Yume, na China, Eva vai descobrindo cada vez mais sobre o jogo enquanto está lá isolada, e isso faz não só ela, mas como os próprios leitores questionarem o poder que a tecnologia acaba tendo sobre você, porque até no seu sonho ela será capaz de se infiltrar.

Para mim o autor só pecou em alguns pontos da narrativa, principalmente em diálogos, que acabaram usando muitas gírias. Sim, gírias são usadas no país todo, mas, para mim, elas caracterizam a fala, não a escrita; por mais que quisesse retratar o jeito que o povo daqui fala, não acho legal quando posto no livro. E, apesar de ter uma protagonista forte, teve cenas em que ela não me convenceu, que o sentimento para mim não foi aquele que estava descrito ali.

Mas, tenho que dar créditos ao Chico por toda pesquisa que ele fez para desenvolver uma história com um conteúdo tão diferente do que estamos habituados a encontrar nos livros por aqui!



4 comentários:

  1. esse livro é um daqueles que eu super quero a muito tempo e ainda naum consegui ler, é perfeito intrigante, e o kit dele perfeito

    ResponderExcluir
  2. é um livro otimo , ja li varias resenhas sobre, mas logo quero ler ele

    ResponderExcluir
  3. Não conheçia o autor, mas gostei bastante da historia, já tá na minha listinha rs 9=

    ResponderExcluir
  4. Já conhecia a obra e quero muito ler. Adorei todas resenhas que li e parece que irei gostar mt da história! :D

    ResponderExcluir

Comentários e elogios são sempre bem-vindos. Críticas são construtivas, agora, insultos e xingamentos são falta de respeito.
Desde já, obrigada pra quem comenta.

© Coisas da Amanda Todos os direitos reservados.
Criado por: Amanda.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo