Toda Sua (Crossfire #01) - Sylvia Day

23 outubro, 2012




Eva Tramell tem 24 anos e acaba de conseguir um emprego em uma das maiores agências de publicidade dos Estados Unidos. Tudo parece correr de acordo com o plano, até que ela conhece o jovem bilionário Gideon Cross, o homem mais sexy que ela — e provavelmente qualquer outra pessoa — já viu. Gideon imediatamente se interessa por Eva, que faz tudo o que pode para resistir à tentação. Mas ele é lindo, forte, rico, bem-sucedido, poderoso e sempre consegue o que quer — e é claro que Eva acaba se entregando.
Uma relação intensa começa. O sexo é incrível. Capaz de levar os dois a extremos a que jamais tinham chegado. E, então, eles se apaixonam — o que pode ser tanto a chave para um futuro feliz quanto a faísca que trará de volta os traumas do passado.

Eva acaba de se mudar para Nova York, tudo que ela queria: uma mudança de vida, e já tem um apartamento ótimo para ficar, seu melhor amigo para dividir o apartamento e um emprego em uma das maiores agências de publicidade do país. Perfeito, certo? E tudo corre dessa forma, até ela encontrar com Gideon Cross antes mesmo de começar a trabalhar na agência, ela havia ido até lá apenas para cronometrar quanto tempo levaria para chegar caminhando e acabou dando de cara com um dos homens mais ricos da cidade e, claro, dono de todo o prédio em que Eva agora trabalha, o Crossfire.
Mais relacionamento não é o que Eva procura, pelo contrário, ela estava bem assim, mas o insistente Gideon não vai sossegar até seduzi-la, e depois que ele o faz, é Eva que não consegue mais se afastar.
Um sexo incrível, excitação de forma que Eva nunca antes havia sentido e, mais do que isso, segurança. Ela se sente segura ao lado de Gideon. Mas toda exposição que vem junto com Gideon, afinal ele é uma figura pública, pode acabar com essa relação antes mesmo de começar. Eva guarda um segredo, e agora se vê obrigada a compartilhá-lo com Gideon antes que algum jornal o faça e piore tudo, agora só resta a ela torcer para que o seu passado não se ponha entre eles.
Até descobrir que Gideon pode entendê-la muito melhor do que ela pensa.

                No próprio livro já vem escrito que é muito melhor escrito que cinquenta tons de cinza, o que torna a comparação inevitável! E, de fato, Toda Sua é uma trama muito melhor desenvolvida, os personagens tem uma carga emocional e sexual muito forte, mas, principalmente, tem conteúdo. O drama que Eva já viveu no passado dá gás a história, a forma como ela vem superando, um dia após o outro, a transforma em uma mulher forte e decidida, e por mais que ela sempre acabe cedendo a Gideon, gostei das convicções dela. Agora quanto ao Gideon, ele é dominador e misterioso, do tipo que quer saber todos os seus segredos, mas não se dispõe a contar um “a” sobre si mesmo, o que é irritante, mas ao mesmo tempo dá para compreender. O único problema é que ele tem umas ideias meio retorcidas do que define como romantismo, e algumas coisas que ele encara como românticas são creepys!
                Mas a questão da submissão foi o que mais me agradou, a forma como ela foi abordada que, na minha opinião, condiz mais com a realidade. Gideon é dominador, Eva é submissa, mas isso não ocorre de maneira contratual nem nada definido expressamente que diga que ele vai ser dominador e ela vai ser sua submissa para o que ele bem entender, não, ela se vê dependente dele, daí parte sua submissão.
                Quanto a questão da escrita não há o que comparar, cinquenta tons foi o primeiro livro da autora enquanto Sylvia Day tem uma carreira mais extensa com diversos pseudônimos e, como dizem, quanto mais se pratica melhor fica.
                A história é relativamente curta, tem pouco mais de 250 páginas, então foi uma leitura rápida e que fluiu bem. Resumindo: agradou!

11 comentários:

  1. Encontrar com um dos homens mais ricos da cidade, assim do nada, é muita sorte de Eva.
    Anteriormente, já tinha visto resenhas sobre o livro e a maioria fala do quanto ele é bom mesmo.
    Ótima resenha!

    Beijos!
    http://beyondofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Todos comparam esse livro com 50 Tons e dizem que esse é bem melhor. Não costumo dar muito crédito muito nessas comparações mas, creio que essa vez eu tenho de dar o braço a torcer.
    Gostei muito da resenha. Parabéns!

    Luiza Helena Vieira
    Obsession Valley

    ResponderExcluir
  3. Eu também já vi várias pessoas comparando Toda Sua com 50 Tons de cinza, a maioria disse que Toda Sua é muito melhor. Bom, eu não estou louca para lê-lo, mas tenho um certo interesse. É um livro que está na minha lista de leitura, espero chegar até ele o mais rápido possível. A sua resenha fez com que despertar um pouco mais de vontade para ler o livro, espero não me decepcionar.

    ResponderExcluir
  4. Quando vi esse livro a primeira vez achei que fosse relacionado aos 50 tons, depois que li as resenhas vi que esse livro é melhor que os 50 tons.

    ResponderExcluir
  5. Pela sinopse e pela resenha é muito parecido mesmo com cinquenta tons de cinza..É incrível como esse gênero conquistou o mundo...
    Gostei muito da resenha...parece ser um ótimo livro...
    xoxo

    ResponderExcluir
  6. Parece muito com cinquenta tons, até a capa. Acho que está virando uma moda, o que acaba se tornando um tema meio batido, porém gostei muito do livro.

    ResponderExcluir
  7. Quero ler esse livro! Apesar de ter lido comentarios BEM negativos dele ainda tenho esperança com esta autora, e sua narrativa.

    ResponderExcluir
  8. pelas resenhas que li parece ser muito bom, bem picante!

    ResponderExcluir
  9. Sylvia Day escreveu a série Crossfire. Que série é essa? Vocês conhecem?

    ResponderExcluir
  10. Lais
    Esse é o primeiro livro da série Crossfire :)

    ResponderExcluir
  11. interessante , a capa chama minha atenção paree ser bom demais

    ResponderExcluir

Comentários e elogios são sempre bem-vindos. Críticas são construtivas, agora, insultos e xingamentos são falta de respeito.
Desde já, obrigada pra quem comenta.

© Coisas da Amanda Todos os direitos reservados.
Criado por: Amanda.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo