Release: Puros

15 agosto, 2012



Puros
Julianna Baf

““Baggott não imita ninguém; com sucesso, cria e povoa todo um novo universo.” Kirkus Reviews

“Baggott combina brutalidade, diálogos fortes e toques de humor irônico.” Publishers Weekly 

“Reserve espaço na sua estante.” Library Journal

Título: Puros
Autora: Julianna Baggott
Tradutora: Flavia Souto Maior
Editora: Intrínseca
 Número de Páginas: 386
Lançamento: 6 de agosto de 2012
Gênero: Ficção
Formato: 16 x 23cm
ISBN 978-85-7765-8057-232-2
Tiragem: 8.000
Categoria: Literatura Estrangeria
Sub-Categoria: Romance
Preço: R$ 29,90

E-book
E-ISBN: 978-85-8057-232-2
Preço: R$19,90


“Queime um Puro e respire as cinzas.
De suas entranhas, faça umas cintas.
Com seus cabelos, teça um cordão.
E de seus ossos faça um Puro sabão.”

Pressia pouco se lembra das Explosões ou de sua vida no Antes. Deitada no armário de dormir, nos fundos de uma antiga barbearia em ruínas onde se esconde com o avô, ela pensa em tudo o que foi perdido — como um mundo com parques incríveis, cinemas, festas de aniversário, pais e mães foi reduzido a somente cinzas e poeira, cicatrizes, queimaduras, corpos mutilados e fundidos. Agora, em uma época em que todos os jovens são obrigados a se entregar às milícias para, com sorte, serem treinados ou, se tiverem azar, abatidos, Pressia não pode mais fingir que ainda é uma criança. Sua única saída é fugir. Houve, porém, quem escapasse ileso do Apocalipse. Esses são os Puros, mantidos a salvo das cinzas pelo Domo, que protege seus corpos saudáveis e superiores. Partridge é um desses privilegiados, mas não se sente assim. Filho de um dos homens mais influentes do Domo, ele, assim como Pressia, pensa nas perdas. Talvez porque sua própria família se desfez: o pai é emocionalmente distante, o irmão cometeu o suicídio e a mãe não conseguiu chegar ao abrigo do Domo. Ou talvez seja a claustrofobia, a sensação de que o Domo se transformou em uma prisão de regras extremamente rígidas. Quando uma frase dita sem querer dá a entender que sua mãe pode estar viva, ele arrisca tudo e sai à sua procura. Dois universos opostos se chocam quando Pressia e Partridge se encontram. Porém, eles logo percebem que para alcançarem o que desejam — e continuar vivos — precisarão unir suas forças.


8 comentários:

  1. Essa sinopse não me chamou muita atenção. Esperarei sair algumas resenhas do livro.
    A capa é linda, né?

    ResponderExcluir
  2. Não curto distopias e elas estão em alta no momento, livros e mais livros distópicos...

    Bjoo.
    Nome de seguidora: Gladys Freitas.

    ResponderExcluir
  3. Adorei a capa e as resenhas que tenho lido estão me conquistando.
    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir
  4. Maryzlane Sarah11:43:00 AM

    A capa é legal a sinopse nem tanto, eu achei encheção de linguiça, fala fala e não fala nada.

    ResponderExcluir
  5. Gostei muito da capa, mas a sinopse não me chamou tanto a atenção. Vou esperar para ler várias resenhas e decidir.

    ResponderExcluir
  6. nao me atrai por esse livro

    ResponderExcluir
  7. a capa é legal so que o livro nao me atraiu

    ResponderExcluir
  8. A capa é bem chamativa, eu tenho um fascinio sobre borboletas e o livro não me parece de todo um mal, além do preço super legal.

    ResponderExcluir

Comentários e elogios são sempre bem-vindos. Críticas são construtivas, agora, insultos e xingamentos são falta de respeito.
Desde já, obrigada pra quem comenta.

© Coisas da Amanda Todos os direitos reservados.
Criado por: Amanda.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo