Quem vai dormir com Quem?

21 agosto, 2012



Chloe precisa de férias. Philip, seu marido, está obcecado com a possibilidade de ser demitido. Hugh não é um homem satisfeito. Amanda, sua mulher aparentemente perfeita, parece se importar mais com a reforma da casa que com ele. Talvez uma semana de férias possa mudar isso... As duas famílias levam um susto quando se veem juntas numa casa no sul da Espanha, emprestada por um amigo em comum. A primeira questão a ser resolvida é a divisão de quartos. O que Philip e Amanda não sabem, no entanto, é que Chloe e Hugh foram apaixonados um pelo outro no passado – e que talvez essa confusão não tenha sido uma simples coincidência.



 

Nesse livro de Sophie Kinsella, a história de duas famílias se une por uma estranha coincidência. Ou talvez não tenha sido ao acaso... Chloe e Philip precisam de férias, os últimos meses têm sido de pura tensão dentro de casa e ambos precisam de uma semana de descanso e paz, nada de telefones, nada de notícias do trabalho, só uma semana em família na casa de Gerard, um amigo de Chloe, que fica na Espanha. Uma muito aguardada semana de férias.
Do outro lado temos Hugh e Amanda, que aparentam ser o casal perfeito com as filhinhas perfeitas, mas tudo não passa de uma fachada para disfarçar a frustração que ambos sentem em suas vidas, por isso a ideia de passar uma semana de férias parece tão boa, a casa que Gerard lhes ofereceu é a promessa do paraíso. Até terem de dividi-la.
O que Chloe encara como uma brincadeira de mal gosto, Philip e Amanda não veem nada além de uma confusão de um homem que já é conhecido por suas distrações, afinal, nunca se viram, como poderia não ser uma coincidência? Assim as prometidas férias no paraíso se convertem em dias de tensão para todos.

Confesso que estava bem ansiosa por ler essa história, foi escrita na década de 90 pela Madeleine Wickham que hoje é conhecida por seu pseudônimo: Sophie Kinsella, e ao ler a história percebi que há mesmo uma grande diferença entre suas histórias, mesmo sendo da mesma pessoa. Enquanto os livros de Sophie Kinsella tem um humor – que eu confesso que esperava encontrar, mas não houve – que nos diverte do início ao fim, neste livro a história é um pouco mais carregada tanto emocionalmente quanto nos fatos e atos, são duas famílias com seus passados e  seus medos presentes, convivendo em uma mesma casa, ou seja, tensão pura.
Mas apesar da ausência do humor que é o que tanto me atrai nas histórias da autora, pois não é aquele humor forçado, apenas flui com atos e falas ocasionais, tenho que dizer que a trama foi bem bolada, uma ligação entre os personagens que pega o leitor de surpresa fez a história valer a pena. Parece aquele tipo de romance que você lê pensando já saber o final, tudo parece claro e óbvio, chega até a dar raiva de alguns personagens que simplesmente não se dão conta disso até que boom, tudo muda, faz mais sentido ainda e te deixa sorridente pensando que a autora te pegou. Adorei isso!


8 comentários:

  1. Quero muito ler o livro. Adoro a Sophie Kinsella! Apesar de esse não ser minha prioridade da autora.

    ResponderExcluir
  2. Maryzlane Sarah6:22:00 PM

    hmm vou ler, tava com ele aqui mas tava precisando de um incentivo pra ler, e sua resenha me deu o empurrão necessario. =)

    ResponderExcluir
  3. Fiquei curiosa demais com o que você falou na Bienal e comprei no último dia (colocaram em promoção). Acho que vou gostar!

    ResponderExcluir
  4. Já li livros da Sophie Kinsella,não sabia que esse tinha sido escrito na década de 90,já li algumas resenhas que a historia não erra muito boa,mas esse e o tipo de livro que quero ler para tirar as minhas próprias duvidas.

    ResponderExcluir
  5. Achei que esse livro não fosse nada, mas até é interessante. :)

    ResponderExcluir
  6. deve ser bom , naum conhecia mais gostei de ler a resenha!

    ResponderExcluir
  7. o que me chamou primeiro atenção foi a capa a histria parece ser boa

    ResponderExcluir
  8. Não tinha ouvido falar desse pseudônimo! Com certeza irei ler, sua fã de Sophie de carteirinha!

    ResponderExcluir

Comentários e elogios são sempre bem-vindos. Críticas são construtivas, agora, insultos e xingamentos são falta de respeito.
Desde já, obrigada pra quem comenta.

© Coisas da Amanda Todos os direitos reservados.
Criado por: Amanda.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo