A Filha da Minha Mãe e Eu

09 agosto, 2012



Sensível e tão real a ponto de fazer você se sentir parte da família, A filha da minha mãe e eu conta a história do difícil relacionamento entre Helena e sua filha, Mariana. A história começa quando Mariana descobre que está grávida e se dá conta de que, antes de se tornar mãe, é preciso rever seu papel como filha, tentar compreender o de Helena e, principalmente, perdoar a ambas. Inicia-se, então, uma revisão do passado – processo doloroso, mas imensamente revelador, pautado por situações comoventes, personagens complexos e pequenas verdades que contêm a história de cada um. 



Mariana é a filha mais nova de Helena, e agora que descobriu que está grávida percebeu que antes de ser mãe, ela tem de ser filha e se entender com a sua própria mãe, com quem sempre teve uma convivência difícil por inúmeras razões, buscando entender onde foi que alguma coisa saiu errado, ela retrata sua história desde menina até o dia em que descobriu estar grávida, contando cada pequeno e revelador detalhe de sua vida, da infância a idade adulta, e no que cada momento acabou afetando.
Por um lado é exatamente o tipo de história que faz você se identificar, afinal, quem nunca se desentendeu com a mãe e quis saber o que deu errado? Faz parte de nós esses pequenos desentendimentos, e essa abordagem na história a tornou muito real, quase palpável; mas por outro, parece que aconteceu tanta coisa, mais tanta coisa, na vida da protagonista e de todos ao seu redor, que tudo virou uma bola de neve cheia de altos e baixos, em um momento a Mariana era assim, na página seguinte já se transformou em alguém totalmente oposta.
Sim, todos temos altos e baixos, mas acredito que nessa história acabou sendo incluído fatos demais com a personagem, e o que no início parecia o retrato de qualquer jovem brasileira, se tornou alguém carregada demais. Não tiro a força da personagem, porque com tudo que deu errado na vida dela, ela foi bem longe; mas o fato de sempre algo dar errado acabou me desanimando um pouco em relação a história, a parte principal que, para mim, seria ela num frente a frente com a mãe tratando dessa questão da gravidez, nunca aconteceu; outra que não foi bem descrita (como eu esperava, achei que merecia mais páginas!) foi a relação da Mariana com o marido, e até com o irmão “atualmente”, pois grande parte do que aconteceu teve ele envolvido.
Por isso mesmo acabei demorando mais do que gostaria para concluir a leitura, o que foi uma pena.

Fora essa parte de ser muito carregada, achei muito bem escrita, ainda mais sendo seu romance de estreia, gostei principalmente do jeito brasileiro na história, com elementos típicos e direito até a algumas gírias, achei curioso porque normalmente isso me incomoda, excesso de gírias e expressões típicas que parecem querer forçar, mas como o livro tem bastante diálogo, acabou encaixando muito bem!
E vou te contar: o mãezinha difícil de lidar essa Helena!

11 comentários:

  1. Vou confessar que esse livro nunca me atraiu.. Não sei porque, mas acho que é justamente por imaginar que seria como você falou: tudo que pode dar errado na vida dela, vai dar. Esse tipo de história não me agrada muito! E não sei também se sou muito fã desses dramas familiares, onde há esses conflitos muito fortes, porque dificilmente eu me identifico. ahhaha :(
    Uma pena, mas esse livro com certeza ainda não é prioridade!

    Beijão, Gabi

    ResponderExcluir
  2. Só o título já tinha me despertado o interesse, já sentia um "cheiro" de drama no ar, rsrs.

    Bjoo.
    Nome de seguidora: Gladys Freitas.

    ResponderExcluir
  3. Parece ser bom, mas não é algo muito atrativo por assim dizer, o dramalhão todo sabe??

    ResponderExcluir
  4. Eu adoro dramas, mas no início o titulo e a capa não tinham me atraído não. Mas vendo as resenhas sobre esse livro fiquei doida para ler. Próximo livro da minha listinha...rsrs A cada resenha do seu blog eu adiciono mais um livro a minha listinha de livros, assim eu vou falir...

    Beijos

    ResponderExcluir
  5. Adorei a resenha!
    Eu tenho esse livro aqui em casa e logo o lerei!
    OBS: Autores brasileiros dando muito orgulho!

    ResponderExcluir
  6. Depois de um tempo comecei a achar interessante, mas já peguei o livro e larguei. É mais um que tenho e deixei de lado. :(

    ResponderExcluir
  7. Essa historia parece ser o tipo que te emociona adoro esse tipo de livro...e esse parece ser muito bom...

    xoxo

    ResponderExcluir
  8. Tenho esse livro mas nunca li :((
    Mas agora fiquei curioso, acho que vou dar uma chance pra ele'

    ResponderExcluir
  9. gostei muito bem interessante, gostei !

    ResponderExcluir
  10. O livro parece ser interessante. Gosto daqueles que abordam relações principalmente entre familia. Com certeza, lerei um dia. :)

    ResponderExcluir

Comentários e elogios são sempre bem-vindos. Críticas são construtivas, agora, insultos e xingamentos são falta de respeito.
Desde já, obrigada pra quem comenta.

© Coisas da Amanda Todos os direitos reservados.
Criado por: Amanda.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo