Destino

05 junho, 2012

Cassia tem absoluta confiança nas escolhas da Sociedade. Ter o destino definido pelo sistema é um preço pequeno a se pagar por uma vida tranquila e saudável, um emprego seguro e a certeza da escolha do companheiro perfeito para se formar uma família. Ela acaba de completar 17 anos e seu grande dia chegou: o Banquete do Par, o jantar oficial no qual será anunciado o nome de seu companheiro. Quando surge numa tela o rosto de seu amigo mais querido, Xander - bonito, inteligente, atencioso, íntimo dela há tantos anos -, tudo parece bom demais para ser verdade. Quando a tela se apaga, volta a se acender por um instante, revelando um outro rosto, e se apaga de novo, o mundo de certezas absolutas que ela conhecia parece se desfazer debaixo de seus pés. Agora, Cassia vê a Sociedade com novos olhos e é tomada por um inédito desejo de escolher. Escolher entre Xander e o sensível Ky, entre a segurança e o risco, entre a perfeição e a paixão. Entre a ordem estabelecida e a promessa de um novo mundo.
               
Num mundo anos a frente, quem controla tudo é a Sociedade. Ela lhe diz com que idade você vai começar a namorar, casar, ter filhos, que profissão seguir, que lugares ir, o que comer e até já define o dia da sua morte. Um sistema opressivo controlado pelos denominados Funcionários, pessoas cuja função é obrigar você a seguir as regras e lhe dizer que esse é o melhor, afinal a Sociedade sabe o que é melhor, não é a toa que o “mundo” anterior foi deteriorado. Até que esse controle da Sociedade teve uma falha...
Aos dezessete anos você descobre com quem vai se casar, baseada em todas as suas informações a sociedade lhe diz que é o seu par perfeito. Quando sua hora chegou, Cassia não podia se conter de ansiedade, e tamanha sua surpresa foi ao descobrir que Xander, seu melhor amigo era seu par, afinal, nunca ocorre dos pares já se conhecerem, são sempre pessoas de Sociedades distintas e distantes, que terão o início do relacionamento acompanhado pelos funcionários. Bom, Cassia parecia ser a exceção.
E de fato foi. Por um momento seu cartão que identificava seu par mostrou a foto de outra pessoa, que curiosamente ela também conhecia, Ky, um amigo não tão intimo, muito misterioso e cheio de histórias. Qual a probabilidade de dois amigos seus serem seu par? Da Sociedade errar? Qual seu verdadeiro par?
Esse erro da Sociedade foi o necessário para abrir em Cassia o ponto da dúvida, até que ponto a Sociedade estava mesmo fazendo o melhor?
Conforme conhece melhor Ky, maior fica sua dúvida. De quem ela realmente gosta?

Ambientando um novo mundo, Destino é o primeiro livro de uma trilogia distópica muito bem bolada pela Ally Condie. Distopia agora parece ser o gênero do momento, não? Mas o que vem me surpreendendo é que, a cada livro, a história vem sendo ambientada de forma distinta e criativa, nada dos mesmos clichês.
A protagonista é uma personagem forte, e os protagonistas não ficam atrás, Xander e Ky vão conquistando a cada página, fica difícil decidir entre eles! – o que, para mim, é um ponto positivo na história, afinal, deixa a rixa entre eles mais acirrada.
Uma história de rápida leitura e cenas bem desenvolvidas, Destino cria os pontos para os dois próximos livros, deixando aquela ansiedade boa ao terminar!

19 comentários:

  1. Eita parece ser bem legal. Tive que procurar aqui o que é distopia, e até gostei da ideia do livro.
    Gosto de pensar nessas coisas... Já imaginou saber com quem vai casar ( e ser obrigada a casar ) com 17 anos?
    Fiquei curiosa pra conhecer a historia

    ResponderExcluir
  2. Gostei da resenha.
    Já li destino e gostei muito da história.
    Agora quero muito ler Travessia.
    Bjins.

    ResponderExcluir
  3. acho a premissa desse livro muito legal, mas ao mesmo tempo ele não me chamou tanto a atenção. Sei lá, acho que pra eu ter vontade de ler algo que se passe num futuro distópico tem que me passar mais a impressão de opressão e de batalha, ser mais... Hunger Games que Feios, entende? :P Muita gente fala bem de "Destino", mas ainda não decidi se vou ou não dar uma chance ao livro.

    ResponderExcluir
  4. Quando Destino foi lançado nao me interessei pela historia, depois vi a capa de Travessia e me desanimei mais ainda, achei tão feinha...Mas esto com vontade de dar uma chance para a serie... Vamos ver. Bjkss

    ResponderExcluir
  5. Acho as capas interessantes, mas não me fazem ter aquela vontade avassaladora de ler esses livros não, sua resenha ta otima, mas sei lá o livro não me chama a atenção. =S

    ResponderExcluir
  6. Gostei muito deste livro e agora estou ansiosa pela continuação.
    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir
  7. Parabéns pela resenha! já tinha lido algumas sobre esse livro mas a sua conseguiu me convencer, já adicionei no meu skoob.

    Beijos :)
    http://ummundodecomentarios.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Realmente, depois de um longo tempo com "vampiros", a moda agora são as distopias. Particularmente gosto muito desse estilo, e essa trilogia da Ally Condie me parece ser bem legal. Como terminei de ler "Delírio" faz pouco tempo, as histórias me pareceram bastante parecidas. Pretendo ler me breve.
    A capa é super bonita. Gostei!!!!

    @_Dom_Dom

    ResponderExcluir
  9. Gostei da sinopse e da resenha!A protagonista parece ser bastante ativa e ousada.Ainda bem que a série já tem número determinado de livros.
    Beijos
    Fabianne

    ResponderExcluir
  10. Ai... apesar de amar distopias, não quero/posso ler essa série agora. Já tô com série demais lendo (e isso acaba com meu dinheiro), mas quando acabar com algumas dessas que estou lendo com toda certeza que quero lê-la.

    ResponderExcluir
  11. Ai, essa capa é linda. Adorei a resenha :D parece ser bem legal o livro. E ele está na minha lista de desejados.
    Espero não me decepcionar!

    ResponderExcluir
  12. Virginia de Oliveira6:51:00 PM

    Comprei nessa semana numa promoção no submarino destino e travessia, estou agora ansiosa para poder lê-los.

    ResponderExcluir
  13. E que maravilha termos tantos livros diferentes e únicos na onda das distopias, eu amo e amo ainda mais a quantidade de livros que temos e que por incrível que pareca não são copias um do outro. UFA!
    Tenho Destino aqui mas ainda nao li, e confesso que estou meio receosa com a sua sequencia *Travessia* que não esta sendo muito bem cotada... Uma pena mesmo, mas como ainda não li nem o primeiro...
    Espero que goste do segundo viu. (;
    E que eu tbm goste. =D

    Beijocas ;*
    http://macckysbookshelf.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  14. Acho super interessante distopia, que agora, digamos que virou moda no mundo literário. Tenho vontade de ler, mas não agora, esperarei um pouco.

    ResponderExcluir
  15. Quero muito ler destino, adorei sua resnha..
    Gosto muito da protagonista ela tem uma ousadia,uma garra, que falta em mim.. acho que por isso que a adimiro, e que me faz gostar do livro !!!

    ResponderExcluir
  16. Adoro distopias e essa é uma das próximas séries que comprarei!

    ResponderExcluir
  17. Hoje em dia não para de sair livros distópicos...e esse parece ser um dos que são bons...gostei bastante da resenha...é bem diferente a estoria...
    xoxo

    ResponderExcluir
  18. Adorei, estou com ele aqui é uma das minhas metas par 2013!

    ResponderExcluir
  19. Parece ser legal, mesmo sendo uma distopia! Esse livro eu leria, pois sou totalmente contra a imposição de regras. Me imagino uma revoltada em um mundo desses, rsrsrs.

    ResponderExcluir

Comentários e elogios são sempre bem-vindos. Críticas são construtivas, agora, insultos e xingamentos são falta de respeito.
Desde já, obrigada pra quem comenta.

© Coisas da Amanda Todos os direitos reservados.
Criado por: Amanda.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo