O Melhor de Mim

10 abril, 2012

Na primavera de 1984, os estudantes Amanda Collier e Dawson Cole se apaixonaram perdidamente. Embora vivessem em mundos muito diferentes, o amor que sentiam um pelo outro parecia forte o bastante para desafiar todas as convenções de Oriental, a pequena cidade em que moravam. Nascido em uma família de criminosos, o solitário Dawson acreditava que seu sentimento por Amanda lhe daria a força necessária para fugir do destino sombrio que parecia traçado para ele. Amanda, uma garota bonita e de família tradicional, que sonhava entrar para uma universidade de renome, via no namorado um porto seguro para toda a sua paixão e seu espírito livre. Quando o verão do último ano de escola chegou ao fim, a realidade os separou de maneira cruel e implacável. Vinte e cinco anos depois, eles estão de volta a Oriental para o velório de Tuck Hostetler, o homem que um dia abrigou Dawson, acobertou o namoro do casal e acabou se tornando o melhor amigo dos dois. Seguindo as instruções de cartas deixadas por Tuck, o casal redescobrirá sentimentos sufocados há décadas.

25 anos atrás Dawson Cole e Amanda Collier viveram um intenso amor, durou apenas um ano, mas nenhum dos dois pôde esquecer... Cada um seguiu em frente a seu modo, Amanda foi para faculdade e formou sua própria família, Dawson afastou-se o máximo possível de Oriental, a pequena cidade em que moravam, onde a família Cole era conhecida por seu alto grau de periculosidade, e se empenhou em ser sempre melhor, total oposto do sobrenome que carregava.
Esse foi o rumo que a vida levou, mas sempre pensaram um no outro, sempre pensaram no “e se?”, em como seria se estivessem juntos, como seriam se encontrassem um ao outro novamente. Desta vez alguém resolveu intervir e fazer acontecer. Tuck, um senhor calado que acolheu Dawson há 25 anos atrás faleceu e seu último pedido: que Amanda e Dawson providenciassem algumas coisas...
Guiados por sentimentos opostos, ou nem tanto, naquele final de semana Amanda e Dawson estavam de volta a Oriental com um sentimento de que a sua história finalmente teria o desfecho final, o que de fato aconteceu... Tuck deixou três cartas, que devem ser lidas no momento certo e que fizeram toda a história valer a pena.

Por mais que eu diga que não vou mais ler livros do Nicholas e blablabla, é inevitável, sempre me atraem e me encantam! Apesar que desta vez eu esperava mais dos acontecimentos do final do semana... Mas vamos ao inicio: ela rica, ele pobre, um clichê que se encontra em qualquer livro, mas que nas mãos do Nicholas se tornou uma história bonita, tratando muito mais do caráter e dos ensinamentos que cada um recebe durante seu crescimento, que propriamente do dinheiro que parecia criar uma ponte entre eles, afinal, Amanda tinha toda uma perspectiva de futuro brilhante, enquanto a família de Dawson estava no aguardo dele sair da linha e ser preso, pois esse era o destino de todos os Cole.
E o reencontro trouxe uma carga sentimental intensa, cada um com os seus próprios fantasmas, mas com sentimentos tão puros e claros que os atraiam a todo instante.
Nessa história ficou claro o quanto cada ação e cada escolha nos transforma, e como isso sempre vai ser levado com você.
Agora a problemática: em outras histórias o autor já misturou diversos pontos de vista, nesta não foi diferente, porém foi mais, foi demais até, eu diria. Ver tudo sob cada perspectiva de cada um dos envolvidos faz você se identificar com o personagem, torcer por ele ou odiá-lo, mas desta vez apenas fatos contados e explicados já supririam a necessidade de mostrar o que aconteceu com cada um dos envolvidos. Achei que, principalmente no final, acabou dedicado a tantos pontos de vistas que, o que efetivamente importava, não foi tão bem descrito quanto eu esperava.
O que mais me encantou foi o modo calado do Tuck e a intensidade de seus sentimentos, que arrancaram suspiros a cada frase!

11 comentários:

  1. Li apenas um livro desse autor e eu gostei muito do jeito que ele conta a história. Pela resenha parece que esse livro dele segue o clichê de personagens de diferentes classes sociais que se paixonam. Quero muito ler, não só esse como outros dele também.

    ResponderExcluir
  2. Aii Nicholas Sparks, não tem como não gostar dos livros dele, pois tem sempre emoção e algo a nos ensinar .
    Conheci os livros do Nicholas através do filme baseado no seu livro (Um amor para recordar), um dos poucos filmes que me fizeram chorar...a partir dai comecei a me interessar cada vez mais por seus livros.
    Agora este "O Melhor de mim", OMG quero quero quero.. parece ser uma história linda,com aquela essencia dos livros do Nicholas que eu adoro :)

    ResponderExcluir
  3. Ainda não li nenhum livro do Nicholas )=
    Ouço dizer que alguns são bem cliches HAUAH
    Mas as capas são lindas (=

    ResponderExcluir
  4. Nem gosto do Sparks. :O
    Ok não me mate, li quase todos os livros dele e A Ultima Musica foi o único que eu REALMENTE gostei. ;P
    Tirando um amor para recordar, que eu AMO o filme e gosto mais ou menos do livro, o resto nao conseguiu me conquistar. :////

    MAS eu ainda assim quero muito ler este livro, quem sabe e funciona para mim. (yn)

    ADOREI a resenha, não me deixou OMG EU PRECISO DESTE LIVRO, mas nenhuma resenha me deixa assim quando se trata do Sparks. :s

    Beijos ;**

    ResponderExcluir
  5. Ai ai ai, deve ser lindo.


    Selene Blanchard
    Blanc – ModaeEu.blogspot.com – TEM PROMOÇÃO COM BlackBerry,e outras duas especiais.
    Espero sua visita!

    ResponderExcluir
  6. Nunca li um livro de autor ! Mas muita gente me fala dos livros desse autor ! Um dia vou ler um livro dele ! Gostei muito da resenha ! Ta na minha lista de espera !! kkkkkk beijos ! Ja tinha comentado nesse posta mas quando vi rever a resenha tava tudo errado o que eu escrivi ! hihihihhi Otima resenha !

    ResponderExcluir
  7. Quero muito ler esse livro... Adoro o Nicholas mas ainda não li esse... mas pretendo! Em breve.

    ResponderExcluir
  8. Admito que já cansei dos livros de Nicholas Sparks...acho todos muito clichê.
    Beijos
    Fabianne

    ResponderExcluir
  9. Nicholas é o Nicholas né, quero ver você assistir algum filme baseado em livros dele e não chorar uma piscina olimpica.
    Esse livro deve ser otimo e ainda tem o Zac tudo de bom Efron na capa *---*

    ResponderExcluir
  10. Virginia de Oliveira10:28:00 AM

    Comprei esse livro e agora estou terminando de ler os livros que comecei para poder lê-lo.

    ResponderExcluir
  11. Tio Nicholas em todos seus livros faz seus leitores se emocionarem com sua narrativa, amo ele, um lindo.

    ResponderExcluir

Comentários e elogios são sempre bem-vindos. Críticas são construtivas, agora, insultos e xingamentos são falta de respeito.
Desde já, obrigada pra quem comenta.

© Coisas da Amanda Todos os direitos reservados.
Criado por: Amanda.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo