Antes que Eu Vá

22 setembro, 2011

Há tanto tempo que eu não posto, que nem sei mais como fazer uma resenha! HUAHSUAHUSUAHUSAS Brincadeirinha :p

Sinopse: “Em uma noite chuvosa de fevereiro, Sam é morta em um acidente de carro horrível. Mas em vez de se ver em um túnel de luz, ela acorda na sua própria cama, na manhã do mesmo dia. Forçada a viver com os mesmos eventos ela se esforça para alterar o resultado, mas acorda novamente no dia do acidente. O que se segue é a história de uma menina que ao longo dos dias, descobre através de insights desoladores, as conseqüências de cada ação dela. Uma menina que morreu jovem, mas no processo aprende a viver. E que se apaixona um pouco tarde demais.”

Então, Antes que eu Vá conta a história de – e é narrado por – Sam, uma garota que faz parte do grupo das garotas mais populares da escola. É o Dia do Cupido, o dia mais esperado para quase todas as pessoas do colégio, que é basicamente o dia em que a popularidade das pessoas é medida através de quantas rosas (ou namogramos) você ganha nesse dia. Tudo estava indo bem, até de noite, depois de uma festa na casa de Kent, nada saiu como planejado...

“É quando acontece. O instante da morte é cheio de calor e som, e uma dor maior do que tudo, um calor escaldante me partindo em dois, algo cauterizando, chamuscando e rasgando, e se o grito fosse uma sensação, seria esta.
Depois nada.”


Como a maioria já sabe, e se não sabe, descobre no primeiro capítulo, Sam está morta, e o livro conta a história dela, do dia da morte dela, para ser mais exata, sendo repetido de novo, e de novo, e de novo.

“Eis uma das coisas que aprendi naquela manhã: se você ultrapassa um limite e nada acontece, o limite perde o sentido.”

Eu tenho que confessar que demorei muito pra ler esse livro, mas não em função dele ser ruim, ou coisa do tipo, mas sim por causa de outros livros que eu tive que ler e dar prioridade (livros da faculdade, é claro), mas enfim, achei que o livro começou lendo, e a história, apesar de muito boa e bem desenvolvida, foi meio lenta também (pra mim! MINHA opinião). Tinha partes da história que eu avançava muito rápido, como se a cada vez eu quisesse saber mais e mais, mas tinha horas que eu não me importava em deixar o livro de lado, e continuar a leitura mais tarde, sabem? Acho que um pouco da culpa foi dos capítulo beeem extensos, que deixou um pouco a desejar, mas a histíra compensou :)

“Eis outra coisa a se lembrar: a esperança o mantém vivo. Mesmo quando você está morto, é a única coisa que o mantém vivo.”

Achei que o enredo, a história, foi muito bem desenvolvida, e com aquele toque de novo, uma história inesperada, que conta o que, querendo ou não, vários de nós tem dúvida, que é: O que acontece no momento da nossa morte? E depois dele? Será que vamos ficar revivendo nosso último dia até fazermos “a coisa certa”? Acho que são dúvidas plausíveis, que todos nós temos, e que a autora soube relacionar muito bem com o contexto da história, a adolescência, e tudo mais. Talvez eu mudaria um pouco o final, ou algum fato que ocorreu nele, mas de modo geral, acho que terminou perfeitamente. Enfim, um livro muito bom, e super indicado! :)

“Talvez para você haja mil amanhãs, ou três mil, ou dez, tanto tempo que você pode se banhar nele, girar, deixar correr como moedas entre os seus dedos. Tanto tempo que você pode desperdiçar.
Mas para alguns de nós só existe hoje. E a verdade é que nunca se sabe.”


Espero que tenham gostado da resenha, que demorou SÉCULOS pra sair, e que acabou saindo de um jeito diferente – que eu nunca tinha feito no blog – mas ainda sim, eu gostei :D

Beijos :*
Thayná.

16 comentários:

  1. é a segunda resenha que eu leio desse livro
    dá mta vontade de ler.. mas estou numa fase que ñ quero saber nada de morte.. hahahhaaha
    beijoos
    http://bichosentrelivros.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. A nova tematica agora é mortes??? Só pra eu me situar, mas parece ser bastanet interessante esse livro.

    ResponderExcluir
  3. esse livro parece ser interessante por que mostra o sentimento de querer fazer as coisas diferentes!
    adorei, quero ler :)

    ResponderExcluir
  4. Eu adoro esse livro, realmente os capítulos são um pouco extensos e a escrita 'poética' da Lauren pode desacelerar a leitura em alguns momentos, mas não tira a magia do livro *_*

    Bjs
    Mari
    Psychobooks

    ResponderExcluir
  5. Oie...
    Tudo bem?
    Então, sou nova por aqui, mas gostei bastante do blog...
    Achei muito fofo...
    E, a respeito da resenha, acho que vou amar esse livro, quero muito ler, mas o dinheiro esta pouco...rsrsrs
    Bjs.

    ResponderExcluir
  6. Apesar de que ler muito o livro, acho q vou chorar horrores com a história, vou ter q me preparar psicologicamente rsss.
    Adorei a resenha.
    bjinhos

    ResponderExcluir
  7. Eu já li outras resenhas falando desse ponto de o livro ser lento... acabar ficando repetitivo ler de novo e de novo o mesmo dia...

    ResponderExcluir
  8. gostei muito da sua resenha, principalmente pq voce colocou alguns quotes e eu adoro isso *-* a leitura deve ser bem lenta mesmo, mas acho que a historia compensa. apesar de que eu ach que é um livro triste, pq mesmo ela reconhenco seus erros e mudando-os, não ha nada que se possa fazer pq ela ja esta morta ne? :/ ta na minha lista de leitura de 2012

    ResponderExcluir
  9. Otima resenha , super bem trabalhada ! Acho que a histotia pode ser muito legal , mas ainda não tive oportunidade de ler esse livro ! Espero logo pode ter ele na minha estante ! Beijos !

    ResponderExcluir
  10. A capa desse livro realmente é linda demais
    Adorei sua resenha querida!

    ResponderExcluir
  11. Quanto mais eu leio a respeito desse livro, mais eu quero ele. Parece ser uma história muito boa; as frases da resenhas me deixaram com água na boca pra ler esse livro.
    A capa também é linda, ainda bem que mantiveram a capa original.

    ResponderExcluir
  12. Tenho esse livro aqui em casa e tô DOIDO pra ler logo, as resenhas são super positivas e a estória sempre me chamou a atenção.

    ResponderExcluir
  13. Amo a capa desse livro...Todo mundo que conheço e leu ele me falou que não era muito bom e que o outro livro da autora acho que é " Delírio" é u pouco melhor...Mais não sei sua resenha me chamou bastante atenção e agora quero muito ler esse livro que pelo ao meu ver parece fantástico...

    xoxo

    ResponderExcluir
  14. essa resenha fico bem explicativa, fiquei curiosa para ler o livro! gostei muito

    ResponderExcluir
  15. queria uma promo com esse livro

    ResponderExcluir

Comentários e elogios são sempre bem-vindos. Críticas são construtivas, agora, insultos e xingamentos são falta de respeito.
Desde já, obrigada pra quem comenta.

© Coisas da Amanda Todos os direitos reservados.
Criado por: Amanda.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo