O Poder do Súcubo - Georgina Kincaid #2

19 agosto, 2011

ATENÇÃO! Contem spoiler do primeiro livro A Canção do Súcubo
!


O amor machuca, e ninguém sabe disso melhor que Georgina Kincaid, uma verdadeira deusa, ou melhor, demônio em forma de mulher. Seth Mortensen era tudo o que ela podia querer e tudo o que não podia ter. De que adiantou ter conquistado o namorado amoroso e estável que buscou durante séculos se o máximo que poderia fazer com ele era... ficar de mãos dadas?! Qualquer coisa menos inocente abreviaria a vida de seu amado. Afinal, Georgina é um súcubo! Como se não bastasse ter uma vida amorosa desastrosa, seus dias no trabalho estão, sem trocadilhos, infernais. Seu colega Doug passa a ter um comportamento no mínimo estranho, e Georgina desconfia que seja efeito de algo mais poderoso que uma overdose de café. Para complicar, seu melhor amigo imortal, um íncubo tão irresistível para as mulheres como ela é para os homens, precisa de sua ajuda numa missão politicamente... sedutora.

Georgina está de volta, e desta vez acompanhada. Depois dos últimos ocorridos no primeiro livro, ela engatou em um romance com Seth Mortensen, mas que tem algumas condições: nada mais que beijos rápidos, contato íntimo nem pensar, e o relacionamento deles é um segredo! Não que várias pessoas já não desconfiem, ainda mais depois de um novo conto de Seth ser lançado sobre uma mulher dominadora no sexo e que em muito se assemelha a Georgina.
Mas não é só de Seth que Georgina está acompanhada. Bastien, um íncubo – que seria um súcubo do sexo masculino – está de volta a cidade, e com uma missão que pode lhe custar muito caso não consiga cumpri-la. Ele é um velho amigo de Georgina, e agora é a vez dela se por no papel de irmãzinha dele para solucionar o caso... Só que talvez as artimanhas de Bastien não estejam surtindo o efeito que ele esperava, e é então que a situação começa a complicar pro lado dele.
É claro que isso não seria o suficiente, então para complicar a vida de Georgina, Doug, seu amigo e colega de trabalho e futuro rock star, está numa vibe diferente, ele sempre foi bom no Tetris, mas agora ele é o melhor, as música que ele compõe estão saindo numa velocidade incrível, a banda nunca fez tanto sucesso e ele nunca esteve tão inquieto... Até tudo desmoronar e ele estar depressivo. E depois inquieto e inabalável novamente. Num ciclo vicioso que chama a atenção dela e faz Georgina ir atrás do que afinal está acontecendo, principalmente depois de Doug não parecer ser o único afetado por isso.

A Canção do Súcubo foi um livro muito bom. Mas esse é ainda melhor. A presença de Seth é mais constante, as tiradas irônicas e sarcásticas da Georgina continuam com tudo, Doug também nos diverte com sua super autoestima e esse livro vem com um quê de agilidade e mistério que faz você ler e ler sem querer parar até que acabe. Além do mais a presença de Bastien foi boa e marcante, conduzindo a história pelo real papel de um íncubo – que Georgina nos últimos tempos não fazia questão de desempenhar com louvor – e junto dele algumas lembranças das antigas vidas dela veem para nos fazer entender seus sentimentos, afinal faz séculos que Bastien e Georgina se conhecem.


4 comentários:

  1. Nunca tive muito interesse nessa série, mas depois dessa resenha até bateu uma vontade de ler. Acho que vou dar uma chance!

    Beijos xx
    http://sunriseshere.com

    ResponderExcluir
  2. Anônimo6:53:00 PM

    Essa série é realmente MUITO BOA, na verdade, todas as da Richelle são, mas depois de VK, é minha preferida, sempre consegue me prender e não parar até terminar, e a cada livro vai melhorando, e mal posso esperar pelo próximo *-*

    ResponderExcluir
  3. A capa é linda , resenha de abalar ! Gostei , mais um livro pra minha lista de compras ! Vou falir com esses livros e series ! Nossa ! Preciso desse livro na minha estante urgente ! Beijos !

    ResponderExcluir
  4. Achei a capa meia forçada e a sinopse não me interessou =/

    ResponderExcluir

Comentários e elogios são sempre bem-vindos. Críticas são construtivas, agora, insultos e xingamentos são falta de respeito.
Desde já, obrigada pra quem comenta.

© Coisas da Amanda Todos os direitos reservados.
Criado por: Amanda.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo