Um Dia

05 julho, 2011

Sinopse: Dexter Mayhew e Emma Morley se conheceram em 1988. Ambos sabem que no dia seguinte, após a formatura na universidade, deverão trilhar caminhos diferentes. Mas, depois de apenas um dia juntos, não conseguem parar de pensar um no outro. Os anos se passam e Dex e Em levam vidas isoladas - vidas muito diferentes daquelas que eles sonhavam ter. Porém, incapazes de esquecer o sentimento muito especial que os arrebatou naquela primeira noite, surge uma extraordinária relação entre os dois. Ao longo dos vinte anos seguintes, flashes do relacionamento deles são narrados, um por ano, todos no mesmo dia: 15 de julho. Dexter e Emma enfrentam disputas e brigas, esperanças e oportunidades perdidas, risos e lágrimas. E, conforme o verdadeiro significado desse dia crucial é desvendado, eles precisam acertar contas com a essência do amor e da própria vida.

O livro começa em 15 de julho de 1988, dia que Emma e Dexter se conheceram, e um dia após a formatura deles. Ambos ainda são jovens, com seus vinte e poucos anos, e ainda pensam em mudar o mundo. Dex quer viajar, conhecer lugares novos e diferentes, e Em, tem suas ambições também. E assim, é dado o início da história. A cada capítulo, um ano se passa, continuando naquela mesma data: O “aniversário” do dia/de quando eles se conheceram, e assim, a medida que os anos vão passando, eventos vão acontecendo e mudando o rumo da vida deles.

Bom, confesso que, de início, eu estava animada, e ao mesmo tempo não estava, pra ler esse livro, porque pelo trailer do filme, já nota-se alguns acontecimentos do livro, e eu não estava bem naquele clima, pra ler esse tipo de romance, mas enfim, acabei cedendo e comecei a ler. Os primeiros anos foram mais ou menos como uma base do que ia acontecer no futuro, contando tanto da parte de Dex, quanto de Em. Ao final de cada capítulo eu ficava mais curiosa pra saber o que ia acontecer, mas, como faz parte de como o livro foi escrito, ao final de cada capítulo a história dá um salto de um ano, e ficamos meio que querendo saber o que aconteceu nesse meio tempo, que é claro, é esclarecido durante o capítulo... Ao menos os acontecimentos interessantes e importantes. E assim, a história vai se construindo, capítulo por capítulo, ano por ano.

No início do livro, tipo, a partir do segundo ou terceiro capítulo, eu meio que ficava irritada, e pensava comigo mesmo: “Poxa Em, pare de ficar parada, e faça alguma coisa da sua vida!”, ou, no caso do Dex, “Para de ser cego e idiota Dex”, porque achava que realmente parecia que ele não enxergava o que estava na frente dele, e aquilo me frustrava um pouco, mas então conforme fui chegando nas últimas páginas, percebi que aquilo que ele vivenciou foi o que fez com que ele crescesse e amadurecesse.

Enfim, pensando bem, eu não sei ao certo porque, mas não considero o livro 5 estrelas, porque, como eu já havia dito antes nas minhas resenhas, o livro tem que me surpreender, ser totalmente novo, diferente, e tudo mais, e acho que ele pecou um pouco nesse lado. Mas ainda sim achei um livro super diferente, com uma narrativa e uma estrutura também diferente das normais, além do contexto, e da história em si serem muito bons, bonito, tocante e cativante. Aquele tipo de história que você fica passando, como um filme, pela sua cabeça, sempre se lembrando das melhores partes, sendo elas divertidas/engraçadas, tristes ou românticas. Por isso indico esse livro a todos que gostam de um bom romance, incrível e emocionante.

Argh, não gostei muito da minha resenha, não sei, não parece muito positiva, mas a verdade é que eu acabei de ler o livro, e me sinto meio dividida com relação à história, e ao que eu senti lendo ela. Sinceramente, não sei se eu fico feliz, emocionada, triste, depressiva, não sei... Só sei que ela deixa aquele sentimento de vazio (talvez?), como se faltasse algo pra ter um final perfeito.

Mas é isso! Vou deixar o trailer do filme aqui em baixo pra vocês assistirem, e verem se se animam ou não a ler o livro! :)



Beijoos :*
Thayná.

“É onde tudo começa. Tudo começa aqui, hoje.”


17 comentários:

  1. Eu gostei da sua resenha apesar de ser uma opniao um pouco diferente das que eu li por aí!

    @Jennifer13d

    ResponderExcluir
  2. Ooi Thayná.... hmmm diferente a sua resenha das demais, entendo um pouco o seu lado. As vezes não estamos no nosso melhor momento para ler esse tipo de livro.

    Mas ainda assim, eu pretendo le-lo!
    XD


    beijos

    ResponderExcluir
  3. Estou louuuuuuca para ler!
    Muita mesmo!

    ResponderExcluir
  4. Nossa estou com ele aqui na estante que esta me chamando para ser lido, não vejo a hora.

    Beijocas
    Vivi

    ResponderExcluir
  5. Ahh
    eu amo esse livro!! O melhor contemporaneo do ano, para mim...
    Mas sei lá, acho que esse livro mexe tanto com as emoções que todos ficam meio confusos ao final, sem saber se achou feliz ou triste...
    Eu achei tudo!!!
    Quero ver o filme agora, pois tem cenas identicass!

    BJss
    Hey Evellyn!

    ResponderExcluir
  6. Sou louca para ler esse livro *-* Já quase comprei, mas me controlei rs

    Te entendo qd fala dos momentos de irritação com os personagens, isso costuma acontecer muito comigo tb rs

    Bjs,
    Kel - It Cultura
    www.itcultura.com

    ResponderExcluir
  7. Embora a resenha não tenha sido muito positiva, gostei da sinopse e do trailer! *-*
    Fiquei com vontade de ler...
    Bjs

    ResponderExcluir
  8. Thayná, eu adorei sua resenha!!!! Ficou boa demais \o/ Eu tenho muita vontade de ler esse livro, mesmo que ele não seja assim tão surpreendente ^^

    ResponderExcluir
  9. Só posso te dizer que esse livro me fez sentir coisas tão contraditórias. Chorei tanto que fiquei com raiva quando terminei, fiquei mal mesmo. Não consegui nem chegar perto do livro por alguns dias, depois percebi o quanto Um Dia é fenomenal, exatamente por nos fazer sentir isso. Mergulhei fundo na vida de Em e Dex que me senti meio "dona" deles e fiquei brava com o rumo que o autor deu pra história ao final porque na minha cabeça já tava tudo perfeito: um belo final feliz. Parei pra pensar, reli algumas partes e vi que se terminasse do jeito como eu imaginei, seria mais uma comédia romântica, o que torna tudo mais real em Um Dia é a coragem do autor em não ter medo de decepcionar a gente, aproximando o livro da realidade. Afinal, sabemos que raramente as coisas terminam como a gente quer, é a vida.

    Parabéns pela resenha.

    Bjs :)

    ResponderExcluir
  10. Eu comprei Um Dia, e ele já está na minha fila de leitura, depois dos livros de parceria. Acho a capa simplesmente linda, e a história também parece ser muito boa. Ah, e quero ver o filme né, mas não antes de ler o livro, rs. Adoro a Anne Hathaway, adoro todos os filmes com ela que já assisti, *-*

    Beijos,
    Samantha
    Books and Other Things

    ResponderExcluir
  11. sinceramente só me interessei por esse livro depois de ter visto o trailer do filme com a anne <3 ai ficou ler pra ler o livro e assistir o filme! mas até agora não deu :/

    ResponderExcluir
  12. Eu ja tenho esse livro ! Comentariso bons e o que não falata mas ainda não deu pa ler ! Bem acho que so vou ler depois de assistir o filme pra depois comparar ! Adoro fazer isso ! Beijos !

    ResponderExcluir
  13. Ainda não tenho esse livro, mas quando eu comprar, vou comprar com a capa do filme! AUHAUHAUHAU bem mais bonitinha.
    Adorei a resenha (;

    ResponderExcluir
  14. Quando o livro foi lançado, fui ver sobre o que se tratada e pensei que a história seria um pouco confusa, ao ler sua resenha fiquei com um pé atrás, será que é bom?? mas ainda tenho curiosidade em lê-lo...

    ResponderExcluir
  15. Tenho ele aqui em casa e tô doido pra lê-lo! Nem assisti o filme só para ler o livro.

    ResponderExcluir
  16. ja li o livro e achei super fofa a amizade entre o Dex ea Em...o livro é muito bonitinho mais achei um pouco tristinho demais...as coisas entre os dois podiam ter acontecido mais rápido...mais é bem legal...
    xoxo

    ResponderExcluir
  17. o filme é perfeito, adorei !

    ResponderExcluir

Comentários e elogios são sempre bem-vindos. Críticas são construtivas, agora, insultos e xingamentos são falta de respeito.
Desde já, obrigada pra quem comenta.

© Coisas da Amanda Todos os direitos reservados.
Criado por: Amanda.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo