O Beijo da Meia-Noite #1

25 junho, 2011

Sinopse: Um estranho moreno e sensual a observava do outro lado da boate, e foi capaz de despertar as mais profundas fantasias em Gabrielle Maxwell. Mas nada a respeito desta noite – ou deste homem – é o que parece. Pois, quando Gabrielle presencia um assassinato nos arredores da boate, a realidade se transforma em algo obcuro e mortal. Nesse instante devastador, Gabrielle é lançada em um mundo que jamais imaginou existir – um mundo onde vampiros espreitam nas sombras e uma guerra de sangue está para começar. Lucan Thorne despreza a violência de seus irmãos sem lei. Ele próprio um vampiro, é um guerreiro de Raça, e jurou proteger sua espécie – e os humanos imprudentes com quem convivem – da ameaça crescente dos Renegados. Lucan não pode arriscar um relacionamento com uma mulher mortal, mas, quando seus inimigos escolhem Gabrielle como vítima, sua única escolha é trazê-la para o escuro submundo que comanda. Aqui, nos braços do intimidante líder da Raça, Gabrielle enfrentará um destino extraordinário, repleto de perigos, sedução, e dos mais sombrios prazeres…

Tudo começa em uma exposição de fotos, tiradas por Gabrielle Maxwell, em Boston. A exposição tinha sido um sucesso, e para comemorar, seus amigos a convenceram de ir à algum lugar. Foi então que acabaram indo ao La Notte, um novo clube/boate que tinha aberto, e várias pessoas falavam bem dele. Mas apesar de tudo, Gabrielle não estava no clima para comemorações, então, ficou um pouco lá, até arranjar uma desculpa, e ir embora. Porém na saída, ela avista alguns homens grandalhões e fortes batendo em um garoto que estava na boate à pouco tempo atrás. Ela volta para a boate para pedir ajuda, mas ninguém presta atenção nela. Quando sai novamente da boate, não vê mais nada, como se tudo o que ela havia visto e presenciado não passasse de pura imaginação. Mas então, um barulho no beco ao lado da boate chama a sua atenção, e ela vai lá, ver o que era aquilo. Lá, ela encontra os homens que havia visto, debruçados sobre o garoto que estavam brigando há pouco tempo atrás. Mas não só isso, estavam... Sugando o sangue do pobre garoto, e estraçalhando sua carne. Por puro instinto, tirou uma foto da cena, o que acabou chamando a atenção daqueles homens ferozes, mas ela continuou tirando fotos e correndo, para salvar sua vida. Aquilo parecia tão irreal, mas o fato é que não era, e ela precisava urgente ir à delegacia delatar o assassinato. Será que estava ficando louca? Ou aquilo era apenas um sonho, e quando acordasse, nada daquilo estaria acontecendo? E porque só ela havia ouvido e presenciado aquela terrível cena? Tantas perguntas, e poucas respostas...

Bom gente, muitos já vieram me perguntar o que eu achava desse livro, se eu gostava ou não, e tudo mais. A verdade é que, ele realmente é muito parecido com a história de IAN, exceto que ao mesmo tempo, eles têm suas diferenças, que faz com que consigamos diferenciar bem uma história da outra.

Em Midnight Breed, a história se passa “no mundo real”, onde uma raça desconhecida ronda pela cidades à noite. Trata-se de uma raça de vampiros, descendentes dos primeiros vampiros que vieram à Terra, e seu objetivo é proteger não só a Raça, mas também os humanos, dos renegados – vampiros que sucumbiram à sede de sangue, sendo transformados em completos viciados em sangue –.

Então, vou citar aqui apenas uma diferença, que já é uma grande diferença entre as duas histórias: Em Midnight Breed, os vampiros alimentam-se de sangue humano (ao menos até “casarem”), pois não conseguem digerir comida normal – a que nós comemos – e somente o sangue humano “vivo” (sim, pois segundo o livro, o sangue “morto”, ou seja, sangue de doação ou qualquer outro tipo que não esteja dentro de um corpo humano vivo, perde suas propriedades, não podendo mais alimentar os vampiros) tem os componentes necessários para nutri-los. Já em IAN, os vampiros alimentam-se de outros vampiros, no entanto do sexo oposto (simples assim). Além disso, podem comer alimentos normais, e não comem só por aparência.

A verdade é que as histórias são mais complexas que isso, e apesar de uma lembrar a outra, existem muitas diferenças nelas.

Agora, o que eu acho da história em si...
Bom, apesar de ir contra várias opiniões, e a história ser super parecida com IAN, eu ainda achei a história incrível. O mundo que a Lara Adrian cria, o fato de como os vampiros surgiram/apareceram na Terra, como e porque eles se alimentam, e qual a razão deles ainda existirem, mesmo após anos... Tudo isso eu acho incrível.
Confesso que no início do livro, eu demorei um pouco pra sair do lugar, mas a verdade é que eu acho isso bem normal quando é o primeiro livro de uma série, porque querendo ou não, ele é bem introdutório, e apresenta um mundo completamente novo/diferente pra gente. E, apesar de demorar pra engajar, quando parei pra ver, eu já tinha terminado o livro. É aquela história: A gente demora pra começar, mas o final chega tão rápido que a gente nem sente!

Então, em termos gerais, eu gostei bastante do livro. Acho que a história pode melhorar um pouco, mas o negócio mesmo é esperar os próximos livros e ver onde vai dar essa história toda. :)

Beijos :*
Thayná.

Parceria:

8 comentários:

  1. Thayná, adorei ler a sua resenha e ver sua opinião (que é tão diferente da minha) =D

    ResponderExcluir
  2. É este livro não me chamou muita atenção, nem mesmo pela capa. Fica pra próxima.

    Beijocas

    ResponderExcluir
  3. Thayná eu amei a sua resenha!
    Eu sou completamente fã da IAN - obcecada - e acabei me tornando uma admiradora do trabalho da Lara Adrian tbm, e mesmo com as infinitas diferenças entre as séries que são imensas e gritantes, a série Midnight Breed tem seu charme. Afinal de contas quem não gosta de um super vampirão! ahahhaha...
    Parabéns!
    bjuu

    ResponderExcluir
  4. Sou LOUCA pra ter esse livro. Eu comecei a lê-lo, mas só o comecinho.. mas já deu pra perceber que é hot! hiaueeuihe ;D
    Ótima resenha!

    bjs
    www.booksemporium.blogspot.com

    ResponderExcluir
  5. Eu to de olho nesse livro, porque a história é maravilhosa, e se lembra um pouco IAN, nossa, então é bom mesmo né! Adorei a resenha, me deixou aqui, morrendo de vontade ler! bjo!

    ResponderExcluir
  6. Esse livro tem que estra na minha coleção é o tipo de romance que eu adoro muito ! Bem adorei a resenha muito legal mesmo ! Beijos !

    ResponderExcluir
  7. Tipo, o titulo desse livro é super interessante!
    Mas meio que já ficou na cara que se trata de vampiros...
    A capa também é linda!

    ResponderExcluir
  8. pelo titulo já me interessa e com uma resenha dessa quero muito

    ResponderExcluir

Comentários e elogios são sempre bem-vindos. Críticas são construtivas, agora, insultos e xingamentos são falta de respeito.
Desde já, obrigada pra quem comenta.

© Coisas da Amanda Todos os direitos reservados.
Criado por: Amanda.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo