Eu Sou o Número Quatro

03 maio, 2011


Sinopse: Nove bebês aliens estão se escondendo entre os seres humanos, eles fugiram de seu planeta natal, Lorien, para se esconder na Terra. Uma espécie invasora, os Mogadorians, destruíram seu planeta, e seguiram eles a Terra para caçá-los. Cada um dos nove aliens é dado a um tutor para desenvolver seus poderes sobre-humanos enquanto se tornam adultos e lhes são atribuídos números. Estas últimas crianças de Lorien só pode ser mortas na sequência de seus números.

Tudo começa na Flórida, onde "Daniel"e Henri moram, até que Daniel começa a sentir um ardor na perna, e já sabe. Uma nova cicatriz surge, indicando que o número três havia morrido.
Ele vai correndo para casa, onde, em pouco tempo, Henri empacota tudo que eles tinham, faz novas identidades, e começam o seu trajeto para uma nova cidade, como sempre faziam.
Daniel, agora chamando-se John, é uma das 9 crianças que vieram para a Terra, quando Lorien, seu planeta, estava em guerra, e aqui, todos eles foram separados, de modo que, enquanto separados, só poderiam ser mortos "em ordem", ou seja, começando pelo 1 e assim por diante até o 9. Três já foram mortos, e John é o quarto.
Como sempre, Henri decide que eles deveriam se mudar para uma cidade pequena, e eles acabam em Paradise, uma cidadezinha em Ohio, com menos de cinco mil habitantes. Lá eles se instalam, e John começa a frequentar a escola, onde conhece Sarah, a garota que rouba seu coração. É nesse período também, que seus legados começam a se desenvolver.
É, nada é fácil na vida desse alien adolescente com seus poderes a flor da pele.


Então gente, tenho que confessar que eu esperava mais do livro. Não sei se é por causa do filme, ou por ter ouvido muita gente falando bem dele, e tudo mais. Confesso que quando li a resenha da Lívia, do Wishing a Book, ela meio que já cortou minhas expectativas pela metade, mas ainda sim, mesmo depois de ler o livro, não entendi a febre que foi causada...

Primeiro de tudo, já tinha falado aqui que acho super estranho quando o livro é narrado, ou seja, a partir do ponto de vista de um garoto... O porque, eu não consigo definir muito bem, apenas não gosto, e ponto final. Apesar de que, não alterou muito na minha percepção final, sobre se eu gostei ou não do livro.
Segundo, geeeente do céu, não é por nada não, nem por despeito (apesar de que, né, Alex Pettyfer *-*), mas a Sarah é muito chatinha, insonsa. Acho que podiam ter explorado mais a personalidade dela, e o relacionamento dela com o John.
E terceiro, achei que o livro demorou um pouco pra engrenar. Passaram mais ou menos 150 páginas, até que realmente acontecesse algo de interessante que me fizesse ficar "pregada" ao livro. Sem contar que a descrissão e tudo mais durante a parte do colégio meio que me deixavam com sono...

Mas, num sentido geral e amplo, achei que a história foi bem estruturada, criativa, e de certo modo, inovadora. Principalmente por se tratar de aliens, que vêm de um planeta próximo ao planeta Terra, porém, que não "aparece" no nosso Sistema Solar.
Além do mais, adorei os personagens "Seis" e o "Henri", mesmo sendo que o foco do livro não tenha sido neles (principalmente porque a Seis aparece só mais pro final).
Então, não posso dizer que é um livro terrível, mas eu realmente esperava um pouquinho mais dele, por isso, daria umas 3 estrelas e meia.
Mas acho que esse livro deve interessar bastante aos garotos - sem preconceito nenhum, ok? Só acho que eles gostariam mais do que as meninas - e de qualquer modo, se você está em dúvida se deve ou não ler ele, acho que só você mesmo pode decidir, e nesse caso, acho que vale a pena ler pra tirar a dúvida ;)

"É a última coisa que se vai - diz Henri. - Quando você perde a esperança, já perdeu tudo. E quando você pensa que tudo está perdido, quando tudo é sombrio e sinistro, sempre há esperança."

Espero que tenham gostado! ^-^
Beijos :*
Thayná.

10 comentários:

  1. Estou louca pra ler esse livro, espero poder ter um tempinho pra ler ele, muito boa a resenha!!!

    valeu pela dica!


    xeru se Aju!

    ResponderExcluir
  2. Concordo, deixou a desejar mesmo...

    ResponderExcluir
  3. Estou pensando se leio ou não, não sei se é muito meu estilo...

    ResponderExcluir
  4. Eu estou doida por esse livro, Thayná... Sua resenha agora me deixou menos interessada >< Mas, de qualquer forma, eu não quero comprar com essa capa do filme não... quero com a capa normal =D

    ResponderExcluir
  5. Concordo com tudo o que foi escrito nesta resenha, eu esperava MUITO deste livro, mas ao mesmo tempo eu sabia que ele não iria me agradar. Por que? Não sei.
    Eu achei o livro parado, chato e cansativo, e amei os mesmos personagens que vocês gostaram, e fiquei mais feliz ainda de ver a Six aparecendo mais no filme, acho que ela salvou o filme, na verdade.
    Mas meu personagem favorito mesmo ficou para o Bernie Kosar :-D.

    Beijocas

    Vivi
    Filmes, livros & séries.
    www.filmeslivroseseries.con

    ResponderExcluir
  6. Virginia de Oliveira6:20:00 PM

    Já assisti o filme e estava bem curiosa sobre o livro mais não estou mais tão cheia de expectativas depois que li essa resenha.

    ResponderExcluir
  7. nunca tinha me interessado por esse livro até minha amiga ver o filme e falar que era muito bom! comprei e agora ele ta ali esperando na pilha, acho que vai ser o proximo lido pra eu pode assistir ao filme. tbm não gosto mt quando o livro é narrado do ponto de vista de um garoto

    ResponderExcluir
  8. Eu adorei o livro , tipo surtei quando vi ele na livraria ! Mas eu assisti o filme e me decepcionei um pouo , primeiro tudo deirente e dois estragaram a histroi do livro ! Sinceremante foi uma decepção pra mim ! Bem mas o livro é bom ! BEIJOS !

    ResponderExcluir
  9. Todo mundo fala bem desse livro... E agora que sairam bastante resenhas de O poder dos Seis me deu mais vontade de ler, a estória parece ser daquela que te prende, que não te deixa largar o livro até você terminar, até você descobrir o desfecho!
    Adorei sua resenha!
    Alyne,
    www.livrosedesejos.blogspot.com

    ResponderExcluir
  10. Eu gosto do livro e acho que o livro pode ser ótimo! Todos falam super bem, está na minha wish list!

    ResponderExcluir

Comentários e elogios são sempre bem-vindos. Críticas são construtivas, agora, insultos e xingamentos são falta de respeito.
Desde já, obrigada pra quem comenta.

© Coisas da Amanda Todos os direitos reservados.
Criado por: Amanda.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo