Palavras Envenenadas

12 abril, 2011



Às vezes, a verdade permanece oculta na escuridão e só aparece ao se abrir uma janela. O que aconteceu com Bárbara Molina? Seu corpo nunca foi encontrado e nunca conseguiram provas para deter nenhum culpado. Uma ligação, para um celular, coloca o destino de muitas pessoas de cabeça para baixo: um policial que está para se aposentar, uma mãe que perdeu a esperança de encontrar sua filha desaparecida, e uma garota que traiu sua melhor amiga. Palavras Envenenadas é a crônica de um dia que passa rapidamente, lutando contra o tempo e protagonizado por três pessoas próximas a Bárbara Molina, que desapareceu misteriosa e violentamente quando tinha 15 anos. Um enigma que, depois de 4 anos, sem ser resolvido, começa a ser desvendado com novas provas. Uma história de suspense e mentiras, segredos, enganos e falsas aparências que aponta alguns mitos inquestionáveis.

Pela segunda vez nesse ano, a Novo Conceito me enviou um livro que eu ficava de pé atrás, e lendo me surpreendi muito, o primeiro foi Devoção, e agora Palavras Envenenadas! No início relutei para lê-lo até porque tinha acabado de ler 3096 dias quando este chegou, e tratando os dois de temas parecidos e tendo uma carga emocional pesada, deixei ele um pouquinho de lado, li um e outro livro e me deparei de volta com este, e minha surpresa não poderia ser maior.
Ele é diferente dos que costumo ler, é mais policial, e deixa o leitor numa agonia e ansiedade até chegar ao último capítulo.
Palavras Envenenadas conta a história de Barbara Molina, uma garota que sempre foi considerada má, que se achava má, e agora está sequestrada – e para o sequestrador, foi isso que ela mereceu. Há quatro anos ela desapareceu deixando poucas pistas, nenhuma que pudesse levar a polícia a descobrir o responsável por tal crime, nenhuma que pudesse ajudar a encontrá-la.
Agora, quatro anos depois do início do caso, o subinspetor Lozano está para se aposentar, e é com grande lamento que ele deixa o caso Molina para trás, aberto. É graças a ele que o caso vai sendo relatado, pondo em cheque para o leitor o sobre os dois principais suspeitos, e fazendo o subinspetor repensar junto com seu substituto o que pode ter corrido errado.
Nesse mesmo dia o sequestrador esquece o celular e Barbara faz uma ligação, dura poucos segundos, mas é o suficiente para sua amiga Eva ter certeza de que ela está viva... Dando assim novas pistas para o caso, e uma esperança que para muitos já havia se apagado, afinal, depois de quatro anos se imaginava que ela estava morta.
É o tipo de livro que faz você ter certeza de que sabe quem sequestrou Barbara, para então mudar toda a história e surpreender com um final inesperado!
Tendo o ponto de vista de quatro personagens diferentes, a história vai guiando você para cada momento da vida de Barbara, de forma atemporal, mas que mostram como ela realmente era: uma garota que há quatro era totalmente diferente, e que em várias ocasiões pensa que foi certo o seu destino, ela era má.
Realmente um livro diferente, que faz você ficar grudada nas páginas até acabar de ler! Ideal para quem gosta de um suspenzinho policial.


12 comentários:

  1. Sabe que eu estou super curiosa para ler esse livro. A capa não me chama nada a atenção, mas tenho lido ótimas resenhas.
    Agora lendo a sua só aumentou minha vontade.
    Será minha próxima leitura da Novo Conceito!
    Beijinhos!

    ResponderExcluir
  2. eu não tenho pé atrás com esse livro, mas particularmente não é o tipo de livro que realmente me interessa. me parece tão denso e tão forte :S

    ResponderExcluir
  3. Ju
    Esse era o meu problema com o livro também, a editora manteve a original, mas não me chamou a atenção.
    Mas a história é muito boa!


    Lady
    Realmente é mais denso e forte, mas eu curti a história
    :)



    Beijooos :*

    ResponderExcluir
  4. Quando vi esse livro pela primeira vez eu fiquei com o pé atrás tb, mas não pelo seu conteúdo mas pela capa e título, mas assim que eu soube do que se tratava eu quis ler.
    Acho que parece um tema forte e adoro um suspense. Quero ler em breve.
    Ótima resenha, muito bom saber que o livro surpreendeu.

    Bjs.
    The Lost Girl
    Leituras&Fofuras

    ResponderExcluir
  5. Eu li e gostei, mas achei que pecou em alguns aspectos, senti falta de mais ação...rs. Mas é um livro bom, beijos. :*

    ResponderExcluir
  6. Adoro livros policiais *-* Esse livro parece incrível \o/

    ResponderExcluir
  7. Adoroo livros policiais, até estou com Palvras Envenenadas na estante para ler, mas cadê tempo?
    Também fiquei com um pé atrás com Devoção, mas quebrei a cara, muitoo bom.

    Beijos
    :)

    ResponderExcluir
  8. Virginia de Oliveira8:20:00 PM

    Terminei de ler esse livro agora, ganhei ele aqui no blog e gostaria de agradecer pela oportunidade de poder ler esse livro. Gostei muito da história, fiquei trocando de suspeito o tempo inteiro e o final foi realmente inesperado.

    ResponderExcluir
  9. A historia parece ser legal , mas a capa não é la aquelas coisas ! Bem acho que eu vou tenatra ler esse livro ! otima resenha !

    ResponderExcluir
  10. Não me interessou muito, principalmente pelo titulo e pela capa =/

    ResponderExcluir
  11. Confesso que a capa não tem nenhum atrativo mais o titulo por outro lado chama bastante a atenção...
    Me interessei bastante espero poder ler em breve a historia parece ser muito boa.
    ótima resenha..
    xoxo

    ResponderExcluir
  12. sua resenha so fez aumenta minha vontade de ler esse livro, pareceser muito bom !

    ResponderExcluir

Comentários e elogios são sempre bem-vindos. Críticas são construtivas, agora, insultos e xingamentos são falta de respeito.
Desde já, obrigada pra quem comenta.

© Coisas da Amanda Todos os direitos reservados.
Criado por: Amanda.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo