A Primeira Regra do Mago

03 março, 2011

Sinopse: "Richard Cypher vivia tranqüilamente na floresta até salvar uma bela desconhecida das garras de seus perseguidores. Ela só consentira em lhe dizer o próprio nome, Kahlan. Apesar disso, o primeiro olhar foi suficiente para ele saber que não conseguiria mais abandoná-la. Até porque o perigo rondava todos os cantos daquela terra, e criaturas monstruosas seguiam cada passo de Kahlan. Só Zedd, o último grande mago, poderia ajudar. E assim foi feito. Richard, entretanto, precisaria levar a lendária Espada da Verdade e enfrentar as tropas de Darken Rahl, o feiticeiro déspota, para finalmente livrar todo o povo de Westland do inferno da degradação. Começa assim, em nome do amor e a qualquer preço, uma incessante busca através das trevas."

Oi genteee!
Então, acabei de ler o livro A Primeira Regra do Mago, e tenho que dizer, o livro é ÓTIMO!

Tudo começa na Floresta Vem, em Westland, uma cidade normal, como qualquer outra... Ao menos era isso que todos, incluindo Richard, acreditavam. Ele, como de costume, passava vários dias na floresta, mas dessa vez não estava lá apenas para “apreciar a natureza”, ou a trabalho como guia florestal. Há mais ou menos três semanas atrás, seu pai havia sido brutalmente assassinado, por que ou por quem, ele não sabia ao certo, mas estava disposto a descobrir. Foi então, quando estava dentro da casa de seu pai, o lugar onde o crime havia sido cometido, que ele achou um pequeno broto de uma trepadeira não muito conhecida nem muito encontrada na região. Ele mesmo a tinha visto apenas uma vez. Muitas pessoas da cidade “sabiam” o que havia acontecido, e até algumas comentavam que era “coisa da fronteira”, magia.
Então, lá estava ele, em busca de justiça; vingança à morte de seu pai. Pensava que quando achasse a trepadeira, poderia ter uma pista, um sinal, qualquer coisa que indicasse o caminho certo a seguir, mas quando ele finalmente achou, nada disso aconteceu. Na verdade, o oposto do que pensava que podia acontecer aconteceu. Ele queria destruir a trepadeira, para que ela não pudesse fazer mal a mais ninguém, quando a própria o picou (irônico, não? :D). Foi então, olhando a seu redor, que viu um vulto, uma sombra percorrendo a floresta. Achou que era seu amigo Chase, mas como não tinha certeza, e não havia conseguido ver direito, resolveu se aproximar e ver quem era. Foi ai que ele a viu: uma mulher em um vestido branco. Que mulher iria a uma floresta tão distante, de vestido? Ele a viu seguindo para outra trilha. Não parecia estar com pressa, mas também não estava a passeio. E então, outro movimento na floresta chamou sua atenção. Quatro homens, usando mantos e capuz, seguiam-na. O que poderia estar acontecendo ali? Quem era aquela mulher? E porque aqueles homens estavam a seguindo?

Bom gente, esse foi o máximo que eu consegui contar do livro sem revelar detalhes super importantes. O negócio é que, como vocês já me conhecem, quando eu gosto de um livro, bate aquele bloqueio mental, que a resenha não sai bem de jeito algum, mas ok, né...

Enfim, eu decidi ler o livro porque, primeiro, eu comecei a série de TV (Legend Of The Seeker), e me apaixonei pela história em si, e pelo romance com direito a tudo mais. Então, depois de terminar de assistir a 1ª temporada, eu descobri que a série tinha sido cancelada, tendo somente duas temporadas completas. Não queria acreditar, né, mas ao menos tinha mais uma para assistir. Mas então, a 2ª temporada, ao mesmo tempo que finalizou bem a história, também deixou um cliff-hanging e tanto (Sister Nicci + Darken Rahl), e daí eu fiquei curiosa demais, e não teve jeito, comecei a ler o livro!

O que eu achei que, com certeza é melhor no livro, é que o Richard não é só sortudo (não que ele só tenha sorte na série, mas digamos que 50% do que acontece de positivo com ele, é “sorte”), mas também é inteligente. Quando você pensa que ele não vai ter como escapar de uma situação, do nada, ele acha uma saída que faz todo sentido. Achei isso bem legal.

Outro aspecto positivo do livro é que, o Darken Rahl é MUITO mau mesmo. Tipo, se você, que assistiu a série, e achou ele mais ou menos, no livro ele é um pouco pior. E falando em pior, nem preciso mencionar as Mord-Sith, né? Na série, uma Mord-Sith tortura o Richard por pouco tempo, enquanto no livro, essa tortura é detalhadamente contada em umas 30 páginas, no mínimo. Eu chegava a pensar assim “Poxa, essa tortura não vai acabar nunca?”, sério, já estava doendo até em mim, mas nem por isso, o livro deixava a desejar, na verdade, é bem ao contrário. Achei a escrita do autor muito boa, e detalhada, principalmente as cenas de luta e ação. Quem gosta desse tipo de livro, esse é um prato cheio! A única coisa que não me agradou muito foi as cenas de violência, que são bem fortes mesmo, principalmente pelo fato de serem bem detalhadas, e o linguajar meio forte, pesado. Mas posso dizer que isso, ao mesmo tempo que não foi aquilo tudo, foi o que deu um toque a mais no final do livro, e acho que se no livro não tivesse essas cenas, o final ia ficar meio fraco, e não impactante do jeito que ficou.

E por último, uma última comparação do livro com a série, que, nesse caso, achei melhor na série do que no livro foi a personagem Kahlan. Na série ela é aquela mulher brava, destemida, segura de si mesmo, e não aquela mocinha indefesa, mas no livro, mesmo ela “lutando”, sabendo se defender e tudo mais, ela tem um aspecto muito inseguro de si mesma, o que deixou um pouco a desejar... Mas eu acredito que isso vai mudar com o andamento da história nos próximos livros.
Então, já sabem, né? Esse é um livro SUPER recomendado, e MUST READ! Com certeza! Mal posso esperar pra começar a ler o segundo! *-*

Espero que vocês tenham gostado da resenha! ^-^
Beijoos :*
Thayná.

14 comentários:

  1. Thayná, você é malvada e eu te odeio >.< Sério, como você pôde fazer essa resenha?! Agora tenha mais um livro da Rocco (olha a facada) na minha lista de Top Wanted *-* Vou cobrar de você por fazer uma resenha tão maravilhosa... e a dona Thais também não precisa ficar só rindo não, tá?! Ela também faz ótimas resenhas e, portanto, também vou começar a cobrar >.< kakkakakakakakkkkkkk
    Agora, falando sério, quero muito esse livro *-*

    ResponderExcluir
  2. PS: Tive que voltar aqui... esse livro custa R$ 75 O.o Como assim?! Thayná, agora mesmo é que eu vou te matar por me deixar com vontade de ler um livro caro assim >.<

    ResponderExcluir
  3. Que legal! Que ótima dica! Vou dar uma olhada nesse seriado também!!!

    Bjus
    Gisele

    Olha só, o meu blog mudou de endereço e está de cara nova, passa lá!
    http://dicasdelivrosefilmes.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Só olhando para capa e sinopse não é um livro que me atraía tanto. Mas pela sua resenha, ele parece ser bastante interessante e legal, nos deixou com vontade de ler *___*
    Enfim, adorei!

    beeeijos
    Jéssica

    ResponderExcluir
  5. Amo, AMOOOO histórias assim, pra mim são as melhores.. Nem sei porque, mas adoro tanto! E sua resenha me deixou mais curiosa ainda, rs. Enfim, primeira vez que venho aqui, já to seguindo. Beijão

    Luiza,
    Express Coffee

    ResponderExcluir
  6. Nanie: Que nada! Custa "só" R$50 no submarino! HAUHSUAHUSHUAS Mas eu me atrevo a dizer que vale a pena! :) E realmente, livro da rocco é o que eu mais tenho nas minhas wishlist, porque sabe né, dinheiro ainda não dá em árvore, nem cai do céu...

    Gisele: Isso mesmo! É muito legal! *----*

    Jéssica: Ah! Obrigada! *-* Tipo, vou confessar que antes de assistir a série, nem sabia que esse livro existia, e na verdade, até no assistir a série, já ficava em dúvida, com um pézinho atrás, mas a verdade é que Legend of The Seeker me conquistou, então, vou indicar sempre (ou ao menos, até onde a história continuar boa! HUAHSUAHUSHUAS)

    Lu: Eu não era AQUELA fã, mas gosto sim, de séries/livros de época, então meio que eu tava no mood, e acabou dando certo! :D HAUHSUHAUS

    ResponderExcluir
  7. Precisa dizer que eu adoro medieval?! huhauahuahauhauah
    Vou entar ler, ok!?!?!? Brigadao pela dica!

    ResponderExcluir
  8. Não conhecia esse seriado, tão pouco o livro, mas essa sua euforia ao falar do livro me contagiou um pouco haha
    Amo histórias nesse estilo, ou seja, mais um livro pra minha lista!!!

    chris
    leiobooks.blogspot.com

    ResponderExcluir
  9. Livia: Eu confesso que não era tão fã assim, mas você com as suas resenhas, acabaram me convencendo! HAUSUAHUSHUAHUSAS :)

    Chris: Eu tava bem eufórica mesmo quando escrevi a resenha, mas não achei que a resenha em si ia transparecer minha euforia! HAUSHUAUS

    ResponderExcluir
  10. Ai gente amo livros assim ! A resenha me conquistou , um livro de romance e de aventura e tudo o quue eu preciso pra uma tarde completa ! Vou procurar pra comprar pra mim ! Tomara que eu ache ! *O* Beijos !

    ResponderExcluir
  11. Adoro livros com aventuras, a capa é bem fofinha também!

    ResponderExcluir
  12. Apesar de ter adorado sua resenha e adorar livros de aventura, esse não me chamou a atenção D:

    ResponderExcluir
  13. Adorei parece ser um livro bem legal adoraria lê-lo...

    xoxo

    ResponderExcluir
  14. parece ser muito interessante, fiquei com vontade de ler..

    ResponderExcluir

Comentários e elogios são sempre bem-vindos. Críticas são construtivas, agora, insultos e xingamentos são falta de respeito.
Desde já, obrigada pra quem comenta.

© Coisas da Amanda Todos os direitos reservados.
Criado por: Amanda.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo