A Pirâmide Vermelha

05 janeiro, 2011

Sinopse: “Desde a morte de sua mãe, Carter e Sadie viveram perto de estranhos. Quando Sadie viveu com os avós, em Londres, seu irmão tem viajado o mundo com seu pai, o egiptólogo brilhante, Dr. Júlio Kane.

Uma noite, o Dr. Kane traz os irmãos juntos para uma experiência de “pesquisa” no Museu Britânico, onde ele espera para acertar as coisas para sua família. Ao contrário, ele liberta o deus egípcio Set, que expulsa-lo ao esquecimento e forças das crianças a fugir para salvar suas vidas.

Logo, Sadie e Carter descobre que os deuses do Egito estão acordando e, o pior deles – Set – tem a sua visão sobre o Kanes. Para detê-lo, os irmãos embarcam em uma perigosa viagem em todo o mundo – uma busca que traz os cada vez mais perto da verdade sobre sua família e seus vínculos com uma ordem secreta que existiu desde o tempo dos faraós.”


O livro conta a história de Sadie e Carter, irmãos, que foram criados separadamente após a morte da mãe deles; Carter foi “criado” pelo pai – arqueólogo –, e consequentemente viajando constantemente por causa desse trabalho, enquanto Sadie foi criada em Londres pelos avós. Mesmo crescendo separados, ele se viam duas vezes por ano, sendo uma delas, no Natal. Até que, no Natal desse ano, algo diferente acontece.
Julius, o pai deles, que estava agindo de um jeito estranho há alguns dias, insiste para eles irem visitar o British Museum, onde ele veria uma peça na ala egípcia que tinha acabado de chegar, e era muito rara. Era a Pedra de Rosetta, e depois de encontrarem ela, vários eventos estranhos começam a acontecer: Seu pai é “capturado” por Set – um deus, o pior de todos (mau) – ; a pedra acaba explodindo em milhares de pedaços, e a polícia inglesa acaba culpando eles pelo tal feitio. Por causa do acontecido, eles são “expulsos”(fugiu a palavra agora gente... deportados? Maybe :S) da Inglaterra, e um tio que eles nem lembravam aparece de repente, e os leva para os EUA. Lá eles descobrem algo sobre sua família que definitivamente mudará a vida deles. E isso é só o começo...

Olha gente, acho que isso é o máximo que eu posso falar da história, sem dar spoilers, porque sinceramente, a história é cheia de mistérios, aventura, e tudo mais.

O que eu mais gostei foi que o livro é em 1ª pessoa, “dividido” em narrações entre Sadie e Carter, os dois irmãos e consequentemente, os personagens principais. Apesar de ter gostado das duas narrações, confesso que gostei mais quando era a Sadie que narrava, porque ela era mais espontânea, sarcástica, engraçada e tudo mais; enquanto Carter tentava contar a história com mais detalhes, mas sempre com aquela postura de irmão mais velho, sabe? Não que a narração dele não tenha sido boa, mas a da Sadie com certeza foi melhor e mais engraçada.

Achei interessante que o livro parte de toda aquela história e cultura egípcia, politeísmo, mas ao mesmo tempo da luta entre os humanos e os deuses, o que sinceramente, é complicada pra caramba, mas ao mesmo tempo, compreensível. Só não concordei muito com a idade que eles deram pra Sadie... Achei ela muito matura pra 12 anos, sabe? Já o Carter, achei 14 anos uma boa idade.

Pela criatividade, e com certeza pelo fato de que o autor deve ter pesquisado ao menos um pouquinho para escrever essa história (se bem que ele já devia saber bastante, né? Já que ele era professor de história...), eu daria 5 estrelas, mas eu sinceramente não achei um MUST READ daqueles que você perde noites de sono pra conseguir terminar de ler, sabe? Então, eu resolvi dar 4 estrelas. :)

Sei que não foi lá AQUELA review, mas espero que tenha dado uma noção mais ou menos de como é a história, e do que eu achei.

Beijoos :*

Thayná.

10 comentários:

  1. gostei bastante desse livro, já que eu adoro o egito e nunca tinha lido nada com essa temática.

    também achei ela madura demais para essa idade, mas tudo bem, nada é perfeito.

    J.
    -theeaterofbooks.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Esse livro parece ser tão bom *-* Eu adorei a série Percy Jackson e o estilo de Rick Riordan escrever!!! Agora aliado à mitologia egípicia, não tem como não ficar perfeito!!
    Eu quero muito ler esse livro!!!

    Beijos,

    Nanie
    @naniedias
    http://naniedias.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Senti que eh o mesmo Nivel de Percy Jackson, pq eu nunca perdi noite de sono p/ terminar! hahhaah Era so gostosinho de ler, nada espetacular.

    ResponderExcluir
  4. Anônimo2:08:00 AM

    Nome: Russara

    OBS.: TENHO PROBLEMAS COM AS MINHAS CONTAS, POR ISSO LHE ESCREVO "ANÔNIMAMENTE". ME DESCULPE.

    Comentário: bom, acho que esse blog está me conquistando aos pouquinhos. são pequenas coisas (resenhas) que me deixam LOUCA cada vez mais pelos livros, independente de lançamento ou não. Meu parabéns, meninas. o Blog de vocês é uma coisa extraordinária de se ver todos os dias !

    ResponderExcluir
  5. Adoro quando o livro é narrado por mais de um personagem, é mt bom saber saber o ponto de vista dos outros, é um ponto a mais pra historia ja! Nunca li Rick Riordan, mas me parece mt bom o livro por falar sobre o egito, e eu amo esse tipo de coisa

    ResponderExcluir
  6. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  7. eu amo os livro do Rick ! A saga do semideuses é meu mundo encantado ! Esse livro e´um dos meus preferidos , nunca esqueço as aventuras que Karte e Sadie aprontaram ! Sem falar que eu amo mitologia ggrega , tem coisa melhor !? Bem eu amo essa serie e é um bobo quem não gostar ! Beijos !

    ResponderExcluir
  8. Deu uma vontade de ler esse livro *-*
    Parece ter bastante ação, curti (=

    ResponderExcluir
  9. Assim como tudo que o Rick escreve tenho certeza de que esse livro é divertido e bem engraçado....
    Parece ser incrível...

    xoxo

    ResponderExcluir
  10. gostei bastante, a resenha ficou muito boa!

    ResponderExcluir

Comentários e elogios são sempre bem-vindos. Críticas são construtivas, agora, insultos e xingamentos são falta de respeito.
Desde já, obrigada pra quem comenta.

© Coisas da Amanda Todos os direitos reservados.
Criado por: Amanda.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo