Se eu ficar

27 dezembro, 2010




Mia tem uma linda família, amigos, um grande amor e um incrível talento. De repente, tudo muda. Agora ela terá que fazer a escolha mais importante de todas.





Mia podia se dizer uma garota de sorte, ela tinha um irmão mais novo que adorava, um talento incrível para música clássica e um namorado que a venerava, além de pais perfeitos a sua maneira. Mas ela tinha isso.
Numa história meio a lá “E Se Fosse Verade”, tudo ia bem até um dia de neve, que significa não ir para escola, não ir trabalhar, então um ótimo dia para sair em família e fazer algumas visitas, exceto pelo detalhe de que a viagem nunca foi concluída. No meio do caminho a Sonata para violoncelo nº 3 ainda está tocando, e, no início, parece que não aconteceu nada. Mia se olha fora do carro, julgando ter sido lançada assim como os demais, mas tem o pequeno detalhe de que não há nenhum ferimento, sua roupa parece nem sequer ter amassado, a música continua tocando e tudo deveria estar certo, mas não está. Não está porque ela não sente nada. Não está porque ela nem sequer está ali. Seu corpo está dentro do carro, ferido e correndo perigo, e agora ela faz a menor ideia do que aconteceu.
Nada é como nos filmes, ela não pode atravessar paredes, e não há ninguém que possa vê-la. Ela está sozinha em algum lugar entre a vida e a morte, observando o que se passa com seu corpo naquele hospital, enquanto nem sequer pode saber o que houve com seus pais. Eles estão mortos? E Teddy, seu irmão mais novo, como ele está?
Presa ali, Mia vê os médicos lutarem para mantê-la viva, vê seus familiares chegando e se amontoando para esperar por ela, vê Kim, sua melhor amiga, vir correndo e se mantendo firme, e vê Adam, seu amor, tentando achar um modo de poder vê-la, ficar com ela e segurar sua mão.
E ela não consegue, não há como decidir. E quando pensa que a decisão está tomada, Mia pode perceber que não é tão simples decidir se quer ficar ou não... Enquanto alguns entendem a dor que poderia fazê-la querer partir, outros seguram sua mão implorando para que ela decida ficar. Mas Mia nem sequer pode tomar essa decisão, e como ela deveria? Ela acaba de perder os pais, ela está ferida e não faz ideia de como será depois do acidente... Mas ainda assim, há motivos mais fortes que lutam para fazê-la ficar, há Adam, há os seus familiares e amigos, há a sua música.

Esse livro é basicamente guiado pela música, sendo Mia uma violoncelista, seus pais roqueiros, seu namorado que tem uma banda... É uma história bonita, mas triste, nostálgica, e a cada pessoa que vem vê-la, lança Mia em uma viagem de lembranças, como a primeira vez que se encontrou com Adam, ou as mudanças de seu pai de quando era roqueiro até se tornar um professor, ou o nascimento de seu irmão, são lembranças que levam os leitores a conhecê-la e torcer para que ela resolva ficar, até outras palavras fazerem você dar o braço a torcer, talvez seja melhor partir. Durante as 186 páginas do livro, a grande questão é: ela vai ficar? O que você acha?
Sinceramente é um livro lindo, mas eu odiei o final. Parece que faltou algo sabe? Então me disseram que vai ter continuação, e aqui vai a minha opinião, seria muito melhor ela ter incrementado o primeiro livro a fazer uma continuação, mas, de todo jeito, estou a espera!

13 comentários:

  1. Eu adorei o livro *-* Sério... mesmo com o final meio repentino, eu gostei! E fiquei um pouco receosa com uma continuação... acho que, no final das contas, uma continuação só vai estragar tudo... às vezes tenho muito medo de continuações...

    ResponderExcluir
  2. Concordo com você quanto ao final, seria muito melhor ela ter incrementado o primeiro livro a fazer uma continuação [2]

    Eu não consigo imaginar esse segundo livro. Para mim, a grande graça do livro é toda a coisa da quase morte da Mia, e ela ter que escolher entre ficar ou ir. Daí penso no segundo livro e fico: ela vai ter que escolher de novo? haha Uma continuação trabalhando só o drama sem essa questão do "If I Stay" vai ser meio estranho...

    ResponderExcluir
  3. odeio livros curtinhos, mas também ninguém merece aqueles livros que passam 100 páginas só enchendo linguiça.

    parece bem interessante a história, de livro triste acho que só li nicholas sparks.

    J.
    -theeaterofbooks.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. Sempre quis ler esse livro mas nunca tinha lido uma resenha dele, acredita? hahahaha
    E agora que li, adorei! Parece ser bem triste e cheio de drama, mas uma história muito bonita!
    Gostei bastante! \o/

    ResponderExcluir
  5. Livro parece interessante, mas é chorante?? ultimamente só tenho lido livros chorantes hahah

    Anotarei pra ler depois. ^^

    ResponderExcluir
  6. Nanie
    Também acho que uma continuação só vai estragar! por isso era a favor dela ter feito a história um pouco mais longa, com epílogo, sei lá, mas sem precisar de um segundo livro

    Patricia
    isso ai! o que ela vai ter de escolher? a história era sobre isso e ela já escolheu, fim.

    João
    ai tem horas que tudo que eu quero é uma história curtinha 'hihi é bom de ler, e não tem muito risco de enrolarem muito na história

    Mariana
    sério? eu não vi muitas resenhas dele, mas já vi sim 'hihi que bom que gostou! o livro é mesmo triste e cheio de drama, mas bem bonitinho :)

    Mary
    eu não costumo chorar em livros, mas provavelmente várias pessoas choraram com esse!
    :D



    Beijoooos :*

    ResponderExcluir
  7. Então eu li esse livro nas minhas férias em julho, fui com muiiiita sede ao pote, comecei a ler e a história não desenrolava quando começou a ficar bom a dinâmica para e fica naquele vai e vem vai e vem e pronto acabou o livro..
    Esse foi um livro legalzinho de ler.. agora me animei com a história da continuação.. \o/

    Bjokas
    Grazi
    pinksheepland.wordpress.com

    ResponderExcluir
  8. TALVEZ EU LEIA MAS PARCE SER BOA A HISTORIA ! Otima resenha ! BEIJOS !

    ResponderExcluir
  9. Achei a capa meio clichê, e a sinopse não me interessou! #Comofaz?
    HAUHAUHAUHAU

    ResponderExcluir
  10. Ohh o livro parece ser lindo... adorei a história, mesmo sabendo que o final não é dos melhores, vou queres ler esse livro na mesma.

    ResponderExcluir
  11. Adorei sua resenha! Esse livro já está na wish list há bastante tempo. Todos falam do final, uns gostam e outro não, quero muito ler!

    ResponderExcluir
  12. Que triste...Gostei muito da historia apesar de parecer bem trágica...

    ps;amei a capa

    xoxo

    ResponderExcluir
  13. aaah que capa linda me deixou muito interessada, essa resenha tambem me desperto interesse

    ResponderExcluir

Comentários e elogios são sempre bem-vindos. Críticas são construtivas, agora, insultos e xingamentos são falta de respeito.
Desde já, obrigada pra quem comenta.

© Coisas da Amanda Todos os direitos reservados.
Criado por: Amanda.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo