Como Falar Dragonês #3

22 dezembro, 2010

Oi genteee! :)

Então, acabei de terminar mais um livro da série “Como Treinar o Seu Dragão”, e tenho que admitir, acho que foi o melhor dos três livros.

Sinopse: “Soluço Spantosicus Strondus III foi o mais grandioso herói já visto em todo o território viking. Ele era bravo, impetuoso e muitíssimo inteligente. Mas até mesmo os grandes heróis podem ter dificuldades no começo. Principalmente se têm como companheiro um dragãozinho teimoso e mal-educado. Nessa nova aventura da série, o dragão Banguela foi capturado, um nanodragão está prestes a virar refeição e Dragões-tubarões estão à solta. Mais uma vez, os vikings precisam de um salvador... Soluço! Com aventura, ação, muito humor e ilustrações divertidíssimas, a receita do sucesso de Como treinar o seu dragão é seguida à risca no terceiro lançamento da série escrita e ilustrada pela inglesa Cressida Cowell, autora premiada de obras infantis e infantojuvenis. Crianças, jovens e adultos que já conhecem Soluço e o dragão Banguela, seja das páginas dos livros, seja das telas de cinema, não vão perder essa nova história.”

Dessa vez a história começa quando Bocão dá uma tarefa aos meninos – alunos do Programa de Treinamento de Piratas – sobre como abordar uma Nau Inimiga. Primeiro, teriam que se separar em grupos, construierem um barco/navio, e abordar uma nau inimiga, que no caso seriam pescadores pacíficos, trazendo de volta, como prova da abordagem, o elmo de um dos pescadores.
Acontece que o Papagaio-do-mar Esperançoso, nome do barco de Soluço e Perna-de-Peixe, era um tanto quanto pequeno, e além disso, também era redondo. E no meio da neblina, e tudo mais, que dificultava a visão deles, eles –Soluço e Perna-de-peixe – acabaram se perdendo dos outros barcos, e entrando em águas mais perigosas. Os dois estavam muito assustados, até que, avistaram uma embarcação, e Perna-de-Peixe, desesperado por completar a missão, foi “correndo” abordar a nau inimiga... Mal sabia ele que a embarcação não era de pescadores pacíficos, mas sim, de romanos ladrões de dragões, que planejavam uma bela emboscada para a tribo dos Hooligans.
Apesar de tudo isso, eles tentam fugir, e assim, Soluço pede ajuda à seu pequenino dragão Banguela, que mesmo estando “de greve”, resolve ajudar. Os dois meninos conseguem fugir, mas Banguela é apanhado e preso pelos romanos. E agora, o que acontecerá com Banguela? Será que Soluço voltará para buscá-lo, arriscando assim, a própria vida?
Pra saber, vocês têm que ler o livro, né galerê! :p

Então, como eu tinha dito lá em cima, na minha opinião, o “Como Falar Dragonês” é o melhor dos três livros, principalmente porque FINALMENTE aparece uma menina na história! (AEEE \o/)
Sim, ainda fico admirada com a imaginação da autora, pra escrever uma história dessas, com tanta aventura e tudo mais. Acho que é uma série super válida, principalmente para meninos na faixa de 11-12 anos. Na verdade, acho que até mais velhos gostariam, mas enfim, acho que é super interessante e fascinante a história, porque ela não procura passar a mensagem de tipo: Só os mais fortes, ricos e poderosos vencem, mas sim, que se deve respeitar à todos, independente de tamanho, gênero, etc, e acho que isso é super válido, na questão de criar uma mente sem preconceitos para a sociedade, e pra vida.
Por isso, super indico essa série! E além do mais né gente, o Banguela é muito fofinho, né gente? *O*
AHH! E outra coisa! Sabe, eu até cheguei a assistir o filme, e me encontro "perdida" no livro, tentando achar semelhanças com o filme, mas sério, é bemmm diferente, começando pelo dragão que já não é o mesmo. Então, quem quiser ler a série, recomendo ler desde o início, sabe, do livro um, e não só assistir o filme, e "pular" direto pro livro dois... Se bem que eu li o 2º livro antes do 1º e gostei, mas enfim, fica a dica aqui. ^-^

“Mesmo pequenos, sempre devemos lutar por aquilo que consideramos certo. [...] Eu me refiro ao poder do cérebro, dos pensamentos e dos sonhos”. COWELL, Cressida. Como Falar Dragonês. 2010.

Espero que tenham gostado! ^-^
Beijoos :*
Thayná



OBS: Você pode conferir a resenha do primeiro livro da série, Como Treinar o Seu Dragão, clicando aqui.
E aqui, você confere a resenha do segundo livro da série: Como Ser Um Pirata! :)

6 comentários:

  1. Olá!

    Ah, que livro fofinho! Fiquei apaixonada pelo Banguela. Com certeza tem um cantinho guardado no meu coração. Ah, e sua resenha está muito boa!

    Abraço,
    Ana Nonato
    http://odesafiodecadadia.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Acho fofinho mas é infantil demais pra mim. Os desenhos são legais, e as falas também, mas...

    ResponderExcluir
  3. Adorei a resenha!
    Awn, eu adoro o filme, mesmo sendo diferente haha, me derreto toda com a maioria das cenas do Banguela.

    Acho essa série uma coisinha linda, mas sempre deixo pra comprar depois :(
    Comprei o livro 1 pra o meu primo, no amigo secreto da família, se deixar, vou acabar ficando pra mim XD

    ResponderExcluir
  4. Esses livrinhos são fofinhos na minha opinião, eu acho UHAUAHUAHUAHAU

    ResponderExcluir
  5. Esse capa e tão fofinha ! Me lembra aquelas historias que o papai contava pra mim quando era criança ! Muito boa a resenha !

    ResponderExcluir
  6. Sou louca para ler esta série, e a cada resenha que leio fico mais boba ainda.
    Apesar de ser um livro mais infantil e tal, eu acho ele mt fofinho, não li ainda pq a série mt grande.

    Se o mundo não acabar, vou dar um jeito de comprar tds os livros

    ResponderExcluir

Comentários e elogios são sempre bem-vindos. Críticas são construtivas, agora, insultos e xingamentos são falta de respeito.
Desde já, obrigada pra quem comenta.

© Coisas da Amanda Todos os direitos reservados.
Criado por: Amanda.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo